archive-br.com » BR » A » ABRAFRIGO.COM.BR

Total: 460

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 117 DE 24 DE SETEMBRO DE 2015 | Abrafrigo
    Dólar a R 4 ajuda exportação de carne bovina A indústria exportadora de carne bovina no Brasil deve ser beneficiada pela alta do dólar em termos de maior competitividade e geração de receitas em moeda doméstica Na terça feira 22 a moeda norte americana fechou em R 4 05 alta de 1 84 e o maior valor desde que o real foi adotado no País em 1º de julho de 1994 Entretanto para o analista Hyberville Neto da Scot Consultoria o dólar à vista nesses patamares tem reflexo negativo sobre o endividamento da cadeia frigorífica que por natureza opera alto nível de alavancagem Ele diz que os efeitos macroeconômicos do câmbio também devem afetar negativamente o segmento Para Neto o cenário no Brasil já é de aperto monetário em 2015 e fatores que reforcem o movimento dos juros são desfavoráveis para a saúde financeira da cadeia produtiva O dólar acima de R 4 também deve afetar diretamente os custos dos produtores Neto prevê que os confinadores sejam os mais afetados já que utilizam insumos cujos preços estão atrelados ao dólar Já os produtores de perfil mais extensivo devem ser pouco influenciados Estadão Conteúdo Venda de sêmen Angus cresce 180 em seis anos Números foram revelados pela Associação Brasileira de Inseminação Artificial Lastreada pela expansão do cruzamento industrial no Brasil Central a venda de sêmen Angus disparou nos últimos anos Levantamento divulgado recentemente pela Associação Brasileira de Inseminação Artificial Asbia indica que a comercialização da raça aumentou de 1 317 805 doses em 2009 para 3 697 501 em 2014 um avanço de 180 em seis anos O crescimento é diferenciado em relação às demais raças de corte que em sua maioria mantêm um ganho mais modesto Na média geral das raças a Asbia indica avanço de 58 em seis anos com queda de 7 em 2014 em relação a 2013 A Angus veio para ficar quando falamos em cruzamento industrial com os zebuínos É uma raça que agrega valor à pecuária porque nos garante um acabamento de carcaça diferenciado A Angus permite ao Brasil produzir a carne que o mundo todo quer pontuou o Presidente da Associação Brasileira de Angus José Roberto Pires Weber O levantamento da Asbia ainda indica que levando em consideração apenas as 12 raças com maior volume de vendas a Angus detém 53 do mercado de sêmen no país Ao estratificar os resultados por estado a associação indica que a raça Angus é a preferida em 15 deles coincidentemente aqueles onde a pecuária tem maior força como Mato Grosso Mato Grosso do Sul Goiás Pará São Paulo Santa Catarina e Rio Grande do Sul Em segunda colocação aparece a Nelore com presença maior em dez estados entre eles Minas Gerais Piauí e Bahia A expansão da Angus com sucesso pelos rebanhos do país deve se a sua grande capacidade de adaptação e a uma política de fomento nacional pontua Weber Atualmente a Associação Brasileira de Angus está presente em todo país com staff preparado para prestar assessoria técnica além de oferecer aos pecuaristas as vantagens e bonificações do Programa Carne Angus Certificada em oito estados Ainda segundo a Asbia no primeiro semestre de 2015 as vendas de sêmen na pecuária brasileira cresceram 0 3 em relação ao mesmo período de 2014 com expansão de 8 quando fala se apenas em pecuária de corte 2 672 830 doses de raças de corte nos primeiros seis meses do ano Também é notável o incremento nos negócios para o exterior ampliados em 36 Segundo a Asbia o desempenho mostra a robustez do setor e reproduz as ações que a entidade vem implementando nos últimos meses Entre elas está a homologação de cursos de inseminação de modo a difundir a prática pelo país com maiores garantias de qualidade Além disso a entidade trabalha no sentido de instalar um Laboratório de Análise de Sêmen próprio cuja previsão de funcionamento é para 2016 A estrutura requisitará R 400 mil de investimentos e será construída no Parque Fernando Costa em Uberaba MG ASSESSORIA Asbia FEIRAS EVENTOS Enterprise Feiras Eventos anuncia MercoAgro 2016 e ExpoMeat A Enterprise Feiras Eventos companhia recém criada pela empresária Maria Antonia S Ferreira lançou na tarde de terça 22 as feiras MercoAgro 2016 e ExpoMeat 2017 voltadas à indústria frigorífica O lançamento ocorreu na Fiesp em São Paulo SP e contou com a presença de dirigentes de associações e sindicatos além de representantes de empresas ligadas ao segmento tanto possíveis expositores fornecedores de máquinas ingredientes e demais insumos quanto visitantes frigoríficos A 11ª Feira Internacional de Negócios Processamento e Industrialização da Carne MercoAgro será realizada em Chapecó SC entre 13 e 16 de setembro de 2016 agora sob gestão completa da Associação Comercial e Industrial de Chapecó Acic que convidou Maria Antonia realizadora da feira entre 1996 e 2006 para ser diretora comercial do evento No lançamento na Fiesp estiveram presentes Vincenzo Mastrogiacomo Coordenador Geral da feira e Josias Mascarello Vice Presidente da Acic O mercado da carne sem a Maria Antonia estava sem graça brincou Mascarello No material promocional da MercoAgro 2016 já constam uma nova logomarca que pode ser visualizada no site www mercoagro com br e a chamada Há 20 anos a maior do Brasil conectando indústrias e tecnologias mundiais na capital nacional da agroindústria A feira é realizada nos anos pares Para os anos ímpares a Enterprise prepara a 1ª Feira Internacional de Processamento e Industrialização de Aves Bovinos Ovinos Suínos e Pescado ExpoMeat que será realizada entre 9 e 11 de maio de 2017 no Anhembi em São Paulo SP No Brasil não podemos ficar um ano sequer sem uma grande feira para o setor senão vai alguém lá e ocupa o lugar justificou Maria Antonia com a mesma irreverência e carisma que marcaram seus mais de 30 anos como editora de revistas e organizadora de feiras para os segmentos de carnes lácteos e pescado Iremos qualificar a visitação das feiras e oferecer um custo benefício justo aos expositores discursou O Sindicato da Indústria

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-117-de-24-de-setembro-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive


  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 116 DE 23 DE SETEMBRO DE 2015 | Abrafrigo
    para a saúde financeira da cadeia produtiva Se a taxa de alavancagem já é alta um aumento dos juros tende a afetar o resultado final das empresas diz Ao mesmo tempo o analista ressalta que os efeitos positivos do câmbio para a exportação têm sido contrabalançados em 2015 pela queda nos volumes e nas receitas em dólares Segundo a Scot o recuo nos embarques no comparativo anual foi de 18 7 nos oito primeiros meses do ano puxado por compras menores da Rússia e da Venezuela O faturamento em dólares caiu 24 2 mas as receitas em real subiram 2 1 favorecidas pela desvalorização da moeda nacional O dólar acima de R 4 também deve afetar diretamente os custos dos produtores Neto prevê que os confinadores sejam os mais afetados já que utilizam insumos cujos preços estão atrelados ao dólar Já os produtores de perfil mais extensivo devem ser pouco influenciados O fosfato bicálcico do suplemento mineral por exemplo pode subir mas no geral não são tantos os produtos afetados diz ESTADÃO CONTEÚDO RS BM de Rio Pardo recupera 12 cabeças de gado em Encruzilhada do Sul Animais haviam sido alvo de abigeato no fim de agosto e estão avaliados em R 25 mil A Brigada Militar de Rio Pardo tem realizado nos últimos meses diversas investidas contra um crime comum na área rural o abigeato furto de animais Na manhã desta terça feira uma ação do Setor de Inteligência da BM de Rio Pardo recuperou em Encruzilhada do Sul 12 cabeças de gado que haviam sido levadas de uma propriedade na localidade de João Rodrigues interior de Rio Pardo em 31 de agosto A abordagem desta terça se deu graças ao trabalho da Inteligência que chegou até o local onde o gado estava alojado desde o crime uma propriedade em Palco dos Marinheiros interior de Encruzilhada e que fica a 150 quilômetros do alvo do abigeato Os proprietários dos animais participaram da ação e identificaram as 12 cabeças que haviam sido levadas há três semanas Os animais foram recuperados e um dos homens que estava na propriedade foi conduzido até a Delegacia de Polícia de Encruzilhada do Sul onde foi ouvido e liberado Ele é suspeito de ter cometido o crime de receptação Outras pessoas identificadas pela BM como autores do crime seguem sendo procurados Segundo a BM o bando age em duas etapas Primeiro vai até a propriedade e separa os animais a serem subtraídos Depois volta com um caminhão e complementa a ação Na semana passada a BM de Rio Pardo evitou que um outro abigeato fosse realizado no interior na localidade de Capão da Coalhada Durante a noite ao perceber uma movimentação suspeita um morador acionou os policiais Ao chegarem no local oito cabeças de gado já estavam separadas em um pequeno brete Uma dupla em uma motocicleta fugiu no momento da chegada dos policiais GAZETA DO SUL Boi gordo poucas alterações de preços mas cenário é de firmeza Os preços têm sido mantidos pelos estoques curtos devido aos abates menores este ano O mercado do boi gordo iniciou a semana com poucas alterações de preços Compradores e vendedores especulam o mercado antes de entrarem nas negociações o que é típico para o dia da semana De maneira geral o cenário é de firmeza das cotações A oferta está reduzida Praticamente não há animais de pasto disponíveis para abate e a oferta de animais confinados não tem força para pressionar o mercado Isso faz com que os preços permaneçam firmes As altas para o boi gordo vêm ocorrendo gradativamente mas têm sido limitadas pela condição das vendas de carne O consumo está reduzido e a proximidade com o final do mês faz com que o mercado fique ainda mais fraco No entanto os preços têm sido mantidos pelos estoques curtos devido aos abates menores este ano Mercado do boi gordo iniciou a semana com poucas alterações de preços SCOT CONSULTORIA Aumenta movimentação no mercado de receptoras Maior movimentação no mercado de receptoras O uso da tecnologia de receptoras é balizado em arrobas de boi gordo portanto o ligeiro recuo observado na cotação do boi diminuiu o custo da tecnologia nos últimos meses Atualmente uma receptora com serviço incluso é negociada por 21 de boi gordo Investimentos mais elaborados em genética e reprodução como as tecnologias relacionadas às receptoras se tornam secundários devido ao ano de incertezas políticas e econômicas que o país vive Em agosto frente a setembro houve queda de 0 97 no valor médio de uma receptora em Mato Grosso do Sul segundo levantamento da Scot Consultoria A expectativa segue positiva em curto prazo puxada principalmente pela entrada da estação de monta e do aumento no número de exposições e leilões SCOT CONSULTORIA Agência agropecuária fiscaliza alimentação do rebanho em confinamentos no TO Tocantins conta com 60 confinamentos que alojam 150 mil animais Visando a prevenção de doenças e a sanidade dos ruminantes bovinos búfalos ovinos e caprinos a Agência de Defesa Agropecuária Adapec monitora a alimentação desses animais que estão em confinamento A próxima visita acontece nesta terça feira 22 09 em um confinamento no município de Palmas onde será fiscalizada a alimentação oferecida aos animais e prestadas orientações em relação ao armazenamento produção e qualidade O responsável pelo Programa Estadual de Controle da Raiva dos Herbívoros e Outras Encefalopatias José Emerson Cavalcante explica que o monitoramento é rotineiro e faz parte das ações do Programa executado pela Agência que tem o objetivo principal de prevenir a Encefalopatia Espongiforme Bovina EEB conhecida também como vaca louca Fazemos uma verificação do que é fornecido aos animais pois alimentos à base de produtos de origem animal são proibidos para a alimentação de ruminantes destaca Todas as exigências estão previstas na Portaria nº 99 de 15 04 2011 que trata entre outras proibição da produção e comercialização de proteína e gordura de origem animal na alimentação de ruminantes além disso a proibição da utilização de cama de aviário e resíduo da exploração de aves e suídeos

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-116-de-23-de-setembro-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 115 DE 22 DE SETEMBRO DE 2015 | Abrafrigo
    debatida num momento em que o setor agrícola tem conseguido escapar da recessão O governo federal estuda reduzir os depósitos que os bancos são obrigados a recolher diariamente aos cofres do Banco Central como forma de ampliar o volume de recursos disponíveis para o agronegócio disseram à Reuters duas fontes a par do assunto É bem provável que saia É um setor que já não responde como antes mas tem tido um desempenho ainda superior a outros setores da economia disse uma fonte com conhecimento das discussões falando em condição de anonimato O governo recebeu sinalização positiva de representantes do próprio setor financeiro disse uma das fontes Isso porque parte dos recursos para o agronegócio vem dos depósitos à vista que têm diminuído em função da crise econômica Mas o governo tem tratado o assunto com cuidado e ainda não bateu o martelo a favor da flexibilização por duas razões disse a mesma fonte Uma delas é a forma de comunicar a decisão para evitar críticas de que está praticando expansão monetária A outra é para certificar se de que os recursos que seriam liberados com a redução do compulsório bancário iriam mesmo para o agronegócio em vez de os bancos usarem nos para aplicar em títulos públicos Procurado o BC não comentou o assunto A iniciativa é debatida num momento em que o setor agrícola tem conseguido escapar da recessão No segundo trimestre a atividade agropecuária teve expansão de 1 8 por cento sobre igual período de 2014 enquanto o Produto Interno Bruto PIB caiu 2 6 por cento na mesma comparação Ainda assim produtores vêm relatando dificuldade na análise de crédito para financiamento num momento de juros mais altos e bancos mais restritivos na concessão de empréstimos Em julho primeiro mês de vigência do Plano Safra 2015 2016 a concessão de crédito rural para pessoas jurídicas teve queda de 36 8 por cento sobre junho a 4 4 bilhões de reais segundo dados mais recentes do BC Produtores rurais e bancos vinham travando uma disputa de bastidores com os primeiros tentando antecipar a tomada de recursos enquanto os últimos tentando a atrasar o processo de análise de financiamentos para cobrar taxas maiores Para pessoas físicas houve um incremento na mesma base de 10 2 por cento a 7 3 bilhões de reais De olho na demanda por crédito do setor o Conselho Monetário Nacional CMN anunciou no fim de maio alteração no depósito compulsório referente à poupança rural para a liberação direcionada de 2 5 bilhões de reais Ao mesmo tempo o BC anunciou alíquota maior o compulsório sobre depósitos a prazo buscando a neutralidade monetária em um momento em que combate a inflação com juros mais altos Agência Reuters EMPRESAS Para Minerva cadeia de carne bovina deve evoluir para atender a novas demandas Apesar da queda nos negócios com o mercado internacional arroba do boi se mantém em R 150 A demanda de consumidores do Brasil e do exterior obriga a cadeia produtiva da carne bovina a se profissionalizar deixando de produzir commodities para focar em bens de maior valor agregado e qualidade avalia o Gerente Executivo de Inteligência de Mercado da Minerva Leonardo Alencar O representante do frigorífico alerta que o Brasil precisa garantir a homogeneidade em sua produção de bois e a excelência da carne para aproveitar oportunidades criadas por eventuais aberturas de mercado Também é preciso diferenciar a qualidade da carne em termos de preços Estes são desafios que as indústrias que exportam já enfrentam há algum tempo acrescenta O Gerente discutiu o tema em painel na Conferência Internacional de Confinadores Interconf no dia 16 de setembro em Goiânia Embora reconheça que as exigências dos consumidores internacionais sejam maiores Alencar nota preocupação crescente do brasileiro com a carne bovina O mercado doméstico exige cada vez mais qualidade diz O movimento tem permitido a frigoríficos notadamente a JBS investir em marcas para carne bovina em busca de preços melhores para seus produtos Focada na exportação a Minerva visa atender preferências de consumidores bastante distintos para reforçar vendas e acredita que o Brasil está bem posicionado para atender a múltiplas exigências no futuro O Brasil tem a grande vantagem de conseguir abastecer muitos países Enviamos produtos tanto para o Oriente Médio onde a demanda é por carne mais vermelha com menos gordura quanto para a Europa que valoriza o marmoreio explica O marmoreio se refere à acumulação de gordura intramuscular e é frequentemente associado à qualidade Mas há um longo caminho a percorrer Alencar defende que a pecuária precisa avançar para que seja possível conquistar consumidores no Canadá no Japão e no México mercados que podem abrir os portos à carne bovina brasileira no médio prazo e exigem qualidade superior e consistente além de garantia de procedência De olho nisso tanto a indústria quanto analistas têm ressaltado que a ordem é aumentar a produtividade no campo O Gerente da Minerva avalia ainda que os produtores brasileiros mostram disposição em investir em tecnologia mas alguns hesitam pela demora em ver na prática os resultados Observamos algum receio pois é uma atividade mais conservadora e o tempo de aplicação da tecnologia é maior que o da agricultura Mas vemos que o peso dos animais abatidos tem subido muito nos últimos anos o que é uma confirmação de que o pecuarista está empregado mais técnicas afirma Alencar Para além do receio dos produtores ele alega que a escassez de crédito e o atual aperto monetário podem dificultar o avanço da produtividade na pecuária O desafio é o capital pois é caro investir na atividade diz Apesar da melhora Alencar afirma que o Brasil ainda está distante de produtores como os dos Estados Unidos e a Austrália A título de comparação os norte americanos possuem menos da metade do rebanho brasileiro mas são os maiores produtores de carne bovina com 19 da produção do mundo O Brasil fica com a segunda colocação com 17 O representante da Minerva acredita que o patamar de preços no mercado da cria pode dar

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-115-de-22-de-setembro-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 114 DE 21 DE SETEMBRO DE 2015 | Abrafrigo
    clandestinamente em condições precárias oferecendo riscos à saúde da população argumentou A Diretora de Gestão de Projetos da Seagro Marfa Alessandra Silingowschi de Oliveira explica que entre as exigências para construção de matadouros frigoríficos o município deve estar com a Lei do Serviço de Inspeção Municipal SIM aprovada pela câmara municipal com decreto regulamentando a lei e ter três áreas que serão avaliadas dentro dos critérios de viabilidade de implantação dos matadouros Atualmente o processo está na fase de contratando a empresa para elaboração dos projetos de construção e de reforma dos matadouros frigoríficos e do consultor individual que irá elaborar o plano de negócio para cada matadouro específico Posteriormente serão selecionadas as empresas que irão construir ou reformar e a última etapa será aquisição de equipamentos SECRETARIA DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DO TOCANTINS SEAGRO TO Pressão de alta prevalece no mercado do boi gordo Mercado do boi gordo trabalhou predominantemente em ambiente firme na última semana Os preços subiram 0 2 considerando a média das variações nas trinta e uma praças pesquisadas Os destaques foram Rondônia e Minas Gerais com valorização de 1 2 e 0 7 respectivamente Em boa parte das regiões os preços se mantiveram estáveis no período Algumas indústrias estão com programações maiores e portanto com menor necessidade de aquisição de animais Diminuindo a pressão de compra os preços ficam mais próximos da estabilidade No entanto a situação de oferta não é boa dada a redução dos abates no primeiro semestre e o fechamento de alguns frigoríficos Assim a disponibilidade de carne está mais regulada com o consumo atualmente o que vem colaborando com a manutenção dos preços da carne no mercado atacadista O preço do boi casado de animais castrados ficou estável essa semana em R 9 28 kg O consumo diminuiu na segunda quinzena de setembro mas a menor oferta de carne tende a dar firmeza às cotações em curto prazo SCOT CONSULTORIA Embarques de couros até agosto tiveram queda de 17 1 em volume O preço médio das peças exportadas recuou 3 2 em dólares Segundo o Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior MDIC as exportações de couros somaram 282 8 mil toneladas no acumulado até agosto Isto representa uma queda de 17 1 na comparação com o mesmo intervalo em 2014 quando foram embarcadas 341 0 mil toneladas A quantidade foi menor também que a embarcada em 2013 no mesmo período 318 0 mil toneladas O faturamento foi de US 1 59 bilhão recuo de 19 7 frente ao resultado no mesmo intervalo do ano passado Devido à variação cambial em reais houve aumento de 7 9 na receita em relação a 2014 SCOT CONSULTORIA JP Morgan espera melhora nas margens da indústria com exportação no segundo semestre O Banco estima que as companhias estejam conseguindo valores 25 superiores nos embarques feitos diretamente à China continental O Banco JP Morgan espera que as margens da indústria de carne bovina com a exportação comecem a melhorar materialmente no segundo semestre de 2015 e no ano que vem devido a uma combinação favorável de enfraquecimento do Real e moderação nos preços do gado A instituição financeira antecipa queda no preço do produto exportado de 10 ao ano em 2015 e em 2016 Um dos motivos para isso é a dependência do Brasil de países exportadores de petróleo como a Rússia e a Venezuela Com a queda nos preços da commodity estes clientes têm reduzido suas compras e demandam preços menores Mas também há fatores a sustentar os preços como a consolidação deste mercado JBS Minerva e Marfrig respondem por quase 90 das vendas externas Além disso o preço do gado brasileiro está em mínimas históricas ante os bois criados nos Estados Unidos e na Austrália A abertura de mercados também pode ajudar exportadores a conseguirem bons preços O Banco estima que as companhias estejam conseguindo valores 25 superiores nos embarques feitos diretamente à China continental em comparação com as vendas a Hong Kong Se o Brasil passar a acessar mais mercados o JP Morgan alerta que a tendência de queda nos preços pode ser limitada e até revertida Estadão Conteúdo Com maior oferta de bois arroba deve subir menos que inflação A tendência é de estabilidade de preços para a carne bovina A retenção de fêmeas para a expansão do rebanho bovino no Brasil pode se desacelerar em breve com pecuaristas enviando mais animais para o abate prevê o Banco JP Morgan em relatório A instituição financeira afirma que é difícil prever com exatidão quando isso deve ocorrer mas espera que a arroba suba menos que a inflação até 2017 Em seus cálculos o JP Morgan estima queda média de 1 ao ano no valor de referência da arroba em São Paulo entre 2015 e 2017 passando de R 144 a R 141 Com isso o mercado do boi deve romper a taxa média de crescimento de 18 registrada nos últimos dois anos Os analistas do JP Morgan explicam a mudança pela desaceleração dos preços dos bezerros nos últimos meses que tem reduzido o incentivo financeiro para a retenção de matrizes Além disso o cenário negativo para o consumo nos próximos anos tende a afetar a cadeia produtiva Com uma melhor oferta e o arrefecimento do consumo interno a tendência é de estabilidade de preços para a carne bovina Por outro lado a carne de frango deve continuar a subir ante o avanço nos preços dos grãos o que deve favorecer o boi na concorrência com proteínas alternativas Estadão Conteúdo Preço do bezerro subiu 36 neste ano Aumento dos preços diminuiu o número de fêmeas abatidas no segundo trimestre O valor pago pelo bezerro considerando a média do animal Nelore de 8 a 12 meses de abril a junho de 2015 em Mato Grosso do Sul Indicador ESALQ BM FBovespa aumentou 36 na comparação com o mesmo período do ano passado O valor passou para R 1 405 61 ante R 1 032 00 em termos nominais Essa valorização do bezerro fez com

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-114-de-21-de-setembro-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 113 DE 18 DE SETEMBRO DE 2015 | Abrafrigo
    internacional Estimamos redução de 200 mil toneladas nas exportações brasileiras em 2015 mas a variação cambial está devolvendo o fôlego dos frigoríficos assinalou Adolfo Fontes do Rabobank A conferência terminou na quinta feira 17 DIÁRIO DE CUIABÁ Fiscais federais agropecuários atividades paralisadas no Rio Grande do Sul Governo havia oferecido reajuste de 21 3 em quatro anos proposta que não foi aceita pela categoria A greve nacional dos fiscais federais agropecuários tem adesão da maioria dos servidores filiados à Delegacia Sindical da Anffa Sindical no Rio Grande do Sul Nos quase duzentos estabelecimentos com inspeção federal registrados no estado a paralisação supera 80 Nos estabelecimentos de abate de aves suínos e bovinos os fiscais estão realizando a inspeção das carcaças mas não estão emitindo os certificados Desta forma os produtos não podem sair das plantas explica o Diretor de Comunicação da DS RS Marcelo Mazzini Também estão paralisados os fiscais federais agropecuários que atuam nos dez postos terrestres de fronteira no Porto de Rio Grande e no Aeroporto Internacional Salgado Filho Estamos inspecionando apenas as bagagens de pessoas físicas mas as cargas não estão sendo liberadas informa o dirigente Anffa Sindical Apesar do consumo fraco mercado do boi gordo segue tendência de alta Mercado firme na última quarta feira 16 09 As poucas modificações nas referências de preços cenário que vem sendo observado nos últimos dias demonstra como o mercado está cada vez mais ajustado O consumo de carne tem diminuído fato sazonal para o período do mês o que pressiona os frigoríficos a reduzirem o preço da carne As vendas no varejo em julho foram as piores em quinze anos segundo o IBGE Ao mesmo tempo à medida que o segundo semestre avança a tendência é que haja menos gado terminado e isso colabora com a valorização da arroba Esses comportamentos mantêm o mercado brigado Compradores resistem em pagar mais pela arroba a fim de manter suas margens mas não conseguem reduzir os custos com matéria prima em função da pouca disponibilidade Em São Paulo os negócios em R 145 00 já começam a surgir mesmo que com algum prazo de uma semana por exemplo O comportamento não é exclusivo das praças paulistas SCOT CONSULTORIA Reposição quedas limitadas pela oferta pequena em Mato Grosso do Sul Os preços recuaram na última semana em relação às cotações de agosto Em função das pastagens prejudicadas pela seca em boa parte das regiões os compradores recuaram no mercado de reposição nas últimas semanas O período sem chuva limitou a capacidade de suporte dos pastos e foi um dos balizadores deste cenário Os preços recuaram na última semana em relação às cotações de agosto Na média de todas as categorias de machos a redução de preços no período foi de 2 6 com destaque para as mais eradas que caíram mais que os bezerros desmamados e de ano No entanto as quedas estão limitadas pela situação de oferta que permanece restrita A cotação da arroba do boi gordo subiu 0 5 em relação ao preço médio de agosto na média de todo o estado o que melhorou a relação de troca com os animais de reposição que hoje é a melhor desde maio passado No entanto o poder de compra está prejudicado em relação ao mesmo período do ano passado Hoje é possível comprar 1 26 boi magro com o valor da venda de um boi gordo 16 5 em Mato Grosso redução de 5 5 na comparação com setembro do ano passado quando a relação de troca estava em 1 34 SCOT CONSULTORIA O foco dos pecuaristas é manter a competitividade afirma o consultor da Agroconsult Maurício Palma O especialista em administração rural será um dos palestrantes do Dia de Mercado da Pecuária de Corte evento realizado pela CNA e Federação de Agricultura e Pecuária do Acre no próximo dia 21 em Rio Branco AC O cenário da pecuária é promissor O Brasil se consolida cada vez mais no mercado internacional Os objetivos dos produtores são referentes à competitividade Exigem se níveis de tecnologia cada vez maiores para manter a rentabilidade Para implementar técnicas de produção mais eficientes tem de ficar nesse mercado que reúne boas perspectivas Essas são opiniões do engenheiro agronômico especialista em administração rural e consultor da empresa Agroconsult Maurício Palma Ele será um dos palestrantes do Dia de Mercado da Pecuária de Corte evento realizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil CNA e pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre FAEAC que ocorre no próximo dia 21 em Rio Branco AC Segundo Palma em 2013 um estudo da Agroconsult encomendado pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadores de Carne ABIEC mostra que a pecuária de corte foi responsável por um PIB de R 380 bilhões Ressalta o consultor que há necessidade de conhecimentos no debate sobre sustentabilidade Há muita desinformação e meias verdades difundidas por grupos de interesse relacionando a pecuária com problemas que não são causados pelos pecuaristas Ou em muitos casos com muito exagero afirma O consultor explica que informações corretas eliminam pressão reduzem custos e dão segurança para a atividade O principal objetivo dos pecuaristas observa ele é referente à gestão da empresa rural Com um planejamento cuidadoso e com os controles de custos e receitas todas as propriedades rendem mais do que rendem hoje em dia Por isso conclui Maurício este evento Dia de Mercado é importante para levar e consolidar informações de grande relevância para os produtores da região Quanto mais informações chegarem aos pecuaristas maiores serão as chances de que elaborem e executem planos mais eficientes para operarem com rentabilidade finaliza ASSESSORIA CNA Após reabertura Brasil exporta 9 400 bois vivos ao Iraque O número foi divulgado pela Câmara Brasil Iraque O Brasil exportou 9 400 bois vivos para o Iraque desde julho mês em que o País embarcou pela primeira vez um lote de animais O número foi divulgado pela Câmara Brasil Iraque responsável por certificar a procedência dos produtos brasileiros que em nota credita o início

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-113-de-18-de-setembro-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 112 DE 17 DE SETEMBRO DE 2015 | Abrafrigo
    a esta última fortalecer o Suasa Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária O Ministério acaba de lançar um Manual de Boas Práticas Regulatórias e trabalha na elaboração de um Código de Defesa Agropecuário que deverá estar pronto até 2017 Também trabalha na elaboração de um Programa de Vigilância de Defesa Agropecuária na Faixa de Fronteira e na criação de um fundo de defesa agropecuário Portal DBO Encontro debate defesa agropecuária na faixa de fronteira Superintendências Federais de Agricultura apresentam sugestões para construção de programa que visa reforçar vigilância na área fronteiriça do país A elaboração do Programa de Vigilância em Defesa Agropecuária na Faixa de Fronteira foi o tema da reunião entre a Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento Mapa e as Superintendências Federais de Agricultura SFAs nesta quarta feira 16 na Companhia Nacional de Abastecimento Conab em Brasília O programa terá como principal objetivo o fortalecimento da vigilância desenvolvida pelo Mapa na faixa de fronteira em suporte à gestão do risco sanitário fitossanitário e para a saúde pública associado ao ingresso em território nacional de mercadorias bens e materiais de interesse agropecuário Segundo o Mapa o Brasil tem 23 102 quilômetros de fronteiras sendo 15 735 quilômetros terrestres e 7 367 quilômetros marítimas O país tem 10 países vizinhos 11 Unidades Federativas e 588 municípios na faixa de fronteira Com o crescimento acelerado da produção e do comércio exterior agroalimentar brasileiro o Secretário Substituto de Defesa Agropecuária do Mapa Luís Rangel entende ser necessária a reorganização da defesa em fronteiras com enfoque no gerenciamento do risco e áreas transversais A análise de risco e inteligência em defesa agropecuária deve compor a nova estrutura de defesa moderna executiva voltada para os resultados da sanidade e fitossanidade e unificada Atividades compartimentalizadas reduzem a eficiência do processo de defesa agropecuária assinalou O encontro termina nesta quinta feira 17 quando serão debatidas as diretrizes para elaboração do programa que está previsto para ser lançado em novembro deste ano ASSESSORIA MAPA Produto Interno Bruto PIB do agronegócio se recuperou em junho com crescimento de 0 99 O ramo pecuário cresceu 0 53 no decorrer dos primeiros seis meses do ano O Produto Interno Bruto PIB do agronegócio em junho cresceu 0 09 enquanto nos primeiros seis meses de 2015 apresentou queda de 0 15 na comparação com igual período do ano passado segundo mostra levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada Cepea Esalq USP e da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil CNA Neste cenário a renda do agronegócio brasileiro estimada com base no desempenho do primeiro semestre deste ano está prevista em R 1 225 trilhão sendo R 827 46 bilhões 67 5 referentes ao ramo agrícola e outros R 397 96 bilhões 32 5 do segmento pecuário O estudo Cepea CNA mostra que no primeiro semestre de 2015 o setor agrícola apresentou queda de 0 47 enquanto a pecuária cresceu 0 53 A deterioração dos preços agrícolas no primeiro semestre deste ano contribuiu de forma decisiva para o desempenho negativo do segmento já que a produção da safra agrícola tem previsão de crescimento em 2015 Enquanto isso o ramo pecuário cresceu 0 53 no decorrer dos primeiros seis meses do ano com o segmento primário garantindo a alta mais expressiva de 1 13 em comparação com o recuo de 1 38 no segmento industrial Fatores que contribuíram para esse quadro segundo o Cepea CNA foram a baixa oferta de bovinos para o abate e o bom desempenho das exportações de carne puxando as cotações do animal no mercado interno e explicando o viés de crescimento no período analisado O fato é que as incertezas sobre o desempenho da economia brasileira no decorrer de 2015 o mercado estima uma queda histórica de 2 55 no PIB brasileiro este ano Boletim Focus além da desaceleração das cotações internacionais das commodities agropecuárias indicam um cenário de dificuldades segundo a análise do Cepea CNA ASSESSORIA CNA Técnicas sustentáveis aumentam rentabilidade do pecuarista Assunto será discutido durante a palestra sobre Aproveitamento Eficiente das Pastagens com Sustentabilidade no Dia de Mercado da Pecuária de Corte Difundir soluções e técnicas sustentáveis para áreas de pastagens degradadas aumentando a rentabilidade do pecuarista Esse é um dos objetivos da palestra Aproveitamento Eficiente das Pastagens com Sustentabilidade que será apresentada pelo Engenheiro Agrônomo e pesquisador da Embrapa Gado de Corte Armindo Kichel durante o Dia de Mercado da Pecuária de Corte na próxima segunda 21 09 em Rio Branco no Acre O encontro é realizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil CNA em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre FAEAC O pesquisador explica que o produtor precisa de um bom manejo para diminuir a degradação da pastagem e assim aumentar a rentabilidade Ao longo da palestra Armindo vai apresentar soluções para o pasto como o sistema integração Lavoura Pecuária Floresta iLPF que nas pastagens reúne na mesma propriedade diferentes sistemas de produção como carne leite grãos ou madeira Esse sistema sustenta as paisagens rurais beneficia os produtores tornando pastos sustentáveis produtivos e rentáveis economicamente afirma Armindo Kichel Outro assunto que vai ser discutido pelo palestrante é o manejo de pastagem para evitar a degradação futura do pasto pelo gado De acordo com Armindo a boa formação do pasto reduz o surgimento de plantas ou áreas desuniformes O ideal é que o primeiro pastejo seja feito com animais jovens por um curto período de tempo entre 5 a 15 dias O uso de animais jovens pode reduzir a compactação do solo e eliminação das plantas Dessa forma evitamos a degradação da área de pastagem finaliza O objetivo do Dia de Mercado da Pecuária de Corte é difundir as análises técnicas e econômicas identificadas pelo Projeto Campo Futuro na região selecionada integrando as com informações de mercado A programação do encontro abordará a potencialidade da pecuária de corte no estado do Acre apontando as soluções gerenciais e tecnológicas eliminando os gargalos no desenvolvimento do setor O Dia

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-112-de-17-de-setembro-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 110 DE 15 DE SETEMBRO DE 2015 | Abrafrigo
    ante o total de 1 046 milhão de toneladas embarcado em igual período do ano passado de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior Secex A redução das exportações do país reflete a crise econômica de países como Rússia e Venezuela que são grandes importadores VALOR ECONÔMICO NOTÍCIAS Reposição pastos piores e baixa demanda estabilizam os preços Na última semana foi lenta a movimentação no mercado de reposição As negociações ocorridas no período foram poucas devido à baixa demanda do mercado A qualidade dos pastos está baixa na maior parte das regiões pesquisadas o que confirma o cenário de recuo dos compradores Apesar disso a oferta de animais está reduzida o que favorece a pouca oscilação nas cotações dos animais de reposição Considerando todas as categorias de machos anelorados nos catorze estados pesquisados os preços ficaram praticamente inalterados nos últimos sete dias com variação positiva de 0 2 No último ano no entanto a alta acumulada está em 24 3 outro fator de desmotivação das compras já que no período o boi gordo subiu menos que os animais de reposição 12 7 em média o que desfavoreceu o poder de compra do pecuarista A expectativa para o curto prazo é de que os preços variem pouco devido à oferta e demanda mais ajustadas SCOT CONSULTORIA Mercado do boi gordo firme na região de Dourados MS O mercado do boi gordo está retomando a firmeza O mercado do boi gordo está retomando a firmeza Segundo levantamento da Scot Consultoria na região no último mês a arroba do animal terminado teve alta de 1 1 A referência está em R 137 00 a prazo Para a vaca gorda o cenário é o mesmo A cotação passou de R 129 00 para os atuais R 132 00 nos últimos trinta dias As indústrias estão comprando dentro das referências a oferta restrita não permite pressão de baixa no mercado Os animais terminados em pasto estão menos ofertados e o gado terminado em confinamento não vem sendo suficiente para preencher essas lacunas As escalas de abate da maioria das indústrias frigoríficas estão em média em quatro dias úteis O diferencial de base para o boi gordo em relação a Araçatuba SP está em 5 2 SCOT CONSULTORIA JBS cria presidências globais de MKT e Operações JBS Foods terá nova chefia As novas presidências globais visam a construção e consolidação das marcas do grupo globalmente inovação de portfólio e excelência operacional sustentando o crescimento e a rentabilidade da companhia A JBS maior processadora de carne do mundo anunciou na segunda feira 14 a criação das presidências globais de Operações e de Marketing e Inovação além da mudança no comando da JBS Foods unidade de frangos suínos e alimentos processados da companhia no Brasil As novas presidências globais visam a construção e consolidação das marcas do grupo globalmente inovação de portfólio e excelência operacional sustentando o crescimento e a rentabilidade da companhia informou a empresa em comunicado enviado ao mercado A Presidência Global de Operações será

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-110-de-15-de-setembro-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 109 DE 14 DE SETEMBRO DE 2015 | Abrafrigo
    preços internacionais a nossa receita neste mês de agosto foi menor do que no ano passado explicou em nota a Secretária de Relações Internacionais do Agronegócio Tatiana Palermo Ela ponderou no entanto que apesar da desaceleração das vendas externas o setor não deixou de apresentar superávit Foram US 50 5 bilhões no acumulado de oito meses do ano Destaco a relevante participação do setor no total das exportações brasileiras O agro responde hoje por 46 5 do total e no ano passado foram 43 9 no mesmo período argumentou No caso da soja item que liderou as exportações no mês passado com US 2 0 bilhões em vendas o preço médio caiu de US 518 por tonelada em agosto do ano passado para US 388 por tonelada 25 1 As carnes que ocupam o segundo lugar em vendas com US 1 30 bilhão registraram uma queda de 18 15 no preço médio recuando para US 2 311 por tonelada Os produtos florestais com exportações de US 816 milhões apresentaram queda de 17 no preço médio indo de US 591 para US 490 por tonelada As importações ficaram em US 967 40 milhões no mês passado uma queda de 31 5 frente a agosto de 2014 US 1 41 bilhão Diante disso o saldo da balança comercial manteve se positivo apesar de recuar 14 7 O superávit foi de US 6 38 bilhões Estadão Conteúdo Consumo lento determina baixa movimentação no mercado do boi gordo Mesmo com as recentes altas nos preços da arroba e a estabilidade nas cotações da carne as margens de comercialização dos frigoríficos permanecem em bons níveis Em relação aos últimos dias o mercado do boi gordo se mostrou mais parado na última quinta feira 10 9 As negociações ocorreram aos poucos já que as escalas das indústrias não estão apertadas O consumo está reduzido e o distanciamento dos primeiros dias do mês fez com que diminuísse a demanda por carne bovina O baixo consumo confirma o cenário de pouca movimentação do mercado e poucas alterações de preços da arroba já que as indústrias aguardam um melhor posicionamento para efetivar compras maiores No mercado atacadista de carne com osso os preços estão estáveis há uma semana no entanto quedas não estão descartadas em curto prazo caso a demanda não sinalize melhora Mesmo com as recentes altas nos preços da arroba e a estabilidade nas cotações da carne as margens de comercialização dos frigoríficos permanecem em bons níveis considerando os patamares históricos SCOT CONSULTORIA Bezerras de três a oito meses devem ser vacinadas contra brucelose até 31 de dezembro A campanha de vacinação contra a brucelose é semestral sendo a primeira etapa de 1º de janeiro a 30 de junho e a segunda entre 1º de julho e 31 de dezembro Até o dia 31 de dezembro o rebanho de fêmeas com idades entre três e oito meses deve ser vacinado contra a brucelose bovina Após a imunização o produtor tem até o dia 10 de janeiro de

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-109-de-14-de-setembro-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive