archive-br.com » BR » A » ABRAFRIGO.COM.BR

Total: 460

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 75 DE 24 DE JULHO DE 2015 | Abrafrigo
    representa queda se comparado à média diária de junho e de julho de 2014 de 6 0 e de 20 8 respectivamente Embora as exportações estejam em queda desde o início do ano a oferta do produto também está menor pela redução dos abates Os embarques mesmo que menores vêm colaborando com o escoamento da produção especialmente neste momento de consumo interno fragilizado A abertura de mercados como China e Estados Unidos deverá influenciar positivamente nas vendas externas neste segundo semestre SCOT CONSULTORIA Aumento nos preços da pecuária ajuda a elevar PIB do setor a 0 37 até abril O Produto Interno Bruto PIB da pecuária nacional acumula alta de 0 37 no ano até abril favorecido pela alta dos preços informou a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil CNA em levantamento conjunto com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada Cepea da Esalq USP O resultado positivo do PIB da pecuária nacional ajudou a aliviar a redução acumulada no PIB do agronegócio como um todo que cai 0 2 até abril em relação ao mesmo período de 2014 informou a CNA na quarta feira 22 CNA e Cepea estimam que o PIB da pecuária brasileira deverá fechar o ano a R 391 7 bilhões enquanto o PIB da agricultura ficará em R 816 1 bilhões As projeções são atualizadas ao longo dos meses do ano A alta do PIB da pecuária foi puxada principalmente pela elevação dos segmentos primários 0 63 e de insumos 0 53 No segmento primário os maiores preços praticados no ano são explicados pela baixa oferta de animais vivos e recuperação das exportações No setor de insumos os preços da suplementação mineral no primeiro quadrimestre subiram 3 04 ante igual período de 2014 Para a pecuária segmento primário espera se elevação da renda em 2015 sendo esta impulsionada principalmente pelo desempenho da atividade de produção de bois vivos para corte informou o Boletim PIB disponível no site da CNA CARNETEC MS Pecuaristas reagem contra decisão da Justiça que libertou quadrilha de ladrões de gado Diante da liberação de uma das maiores quadrilhas de roubo de gado já desarticuladas em Mato Grosso do Sul pecuaristas reagem e dizem que vão buscar uma medida que possa ir contra a decisão judicial Esta semana o Judiciário concedeu a liberdade provisória para a quadrilha composta por 17 membros presa em março deste ano depois de uma megaoperação comandada pelo Garras Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros quando foram apreendidas cerca de 300 cabeças de gado além de caminhões e outros equipamentos utilizados nos ataques pelos ladrões Segundo Francisco Maia Presidente da Acrissul Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul essa decisão só gera insegurança entre os pecuaristas A entidade vai reunir o departamento jurídico para estudar uma medida contra a decisão judicial que determinou a soltura da quadrilha A situação só cria mais clima de insegurança no campo que além de conviver com outras ameaças agora também os

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-75-de-24-de-julho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive


  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 74 DE 23 DE JULHO DE 2015 | Abrafrigo
    com o mesmo período do ano passado Esse cenário gera recuo da demanda por parte do consumidor que vem resistindo aos preços vigentes devido à alta do último ano A situação econômica do país agrava o quadro de consumo fragilizado já que a percepção da população quanto à crise gera um pessimismo que reflete na queda de consumo de maneira geral Mesmo o início do mês não tem sido suficiente para impor valorizações na carne bovina Os estoques ajustados têm sido a estratégia mais eficiente da indústria em relação à regulagem dos preços Em curto prazo não estão descartadas desvalorizações em virtude de intensificação do recuo da demanda SCOT CONSULTORIA Vendas fracas de carne geram menor necessidade de compra de boiadas Mercado fortemente pressionado Mercado fortemente pressionado Na terça feira 21 07 houve queda de preços em dez praças para o boi gordo das trinta e uma regiões pesquisadas pela Scot Consultoria Em São Paulo na região de Barretos houve queda na referência para o boi gordo e vaca gorda cotados em R 141 00 e R 132 50 à vista respectivamente As escalas atendem em média seis dias A necessidade de compra de boiadas está menor já que a venda de carne segue lenta e o estoque é suficiente para atender o mercado consumidor O Equivalente Scot Carcaça que calcula a receita do frigorífico com a venda de couro sebo miúdos derivados subprodutos e carne com osso está em R 169 65 alta de 2 0 frente ao mesmo período do mês passado No mercado atacadista de carne com osso houve queda nos preços As carcaças dos animais inteiros e castrados estão cotadas em R 9 02 kg e R 9 20 kg respectivamente SCOT CONSULTORIA Brasil será livre de aftosa com vacinação Afirmação é do diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa Guilherme Marques O Brasil deve ser livre de aftosa com vacinação até dezembro deste ano A expectativa foi reafirmada pelo Diretor do Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura Guilherme Marques durante o XI Congresso Brasileiro e XXVII Congresso Latino Americano de Buiatria que teve início nesta terça feira 22 em São Paulo Esse ano pretendemos ter o Brasil livre de aftosa com vacinação afirmou Roraima Amazonas e Amapá ainda não possuem o status de livre de aftosa com vacinação O Amapá precisa avançar para médio risco Se considerarmos apenas as questões epidemiológicas é uma das áreas mais favoráveis mas as questões estruturais são fundamentais para assegurar o status a ser atingido diz Plínio Lopes Coordenador do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa PNEFA Nos outros dois estados é preciso avançar para zona livre de aftosa com vacinação Os demais estados brasileiros são considerados livre de aftosa com vacinação exceto Santa Catarina que obteve em 2007 o status de livre da doença sem vacinação Isso equivale a 77 2 da área e 99 do rebanho O último caso da doença foi registrado no País em 2006 nos estados de Mato Grosso do Sul

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-74-de-23-de-julho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 73 DE 22 DE JULHO DE 2015 | Abrafrigo
    o ano 30 mil animais das raças angus hereford e braford são confinados no local sendo que 20 deles são dos proprietários e o restante dos clientes Os animais chegam com uma média de 180 kg a 200 kg e saem de lá pesando 300 kg A estrutura do confinamento é simples mas bem funcional e prático O que mais me chamou a atenção foi a terminação do gado Em Mato Grosso temos as fases de cria recria e engorda e aqui na Argentina eles só fazem a cria e a engorda por isso abatem em 14 meses No Brasil a média de abate é de 24 meses disse o produtor rural e ex presidente do Sindicato Rural de Castanheira Rafael Nogueira FAMATO Sete frigoríficos fecharam as portas em MT diz Imea A oferta reduzida de bois prontos para o abate levou sete frigoríficos a fechar as portas em Mato Grosso de acordo com levantamento do Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuária Imea Nos últimos 18 meses o total de fábricas desativadas no Estado subiu para nove A entidade afirma que apenas 64 3 de toda a capacidade frigorífica instalada permanecem em operação sendo que a média de utilização desse potencial foi de 51 9 no mês passado Em relatório o Imea afirma que um indicativo de que a disponibilidade de animais para o abate está em queda é o fato de que o estoque de machos acima de 24 meses em 2015 é o menor em cinco anos Segundo o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso Indea há um total de 3 9 milhões de cabeças em estoque ante 3 95 milhões de animais em 2011 Com menos bois à venda a indústria reduziu os abates em 16 15 este semestre no Estado Além disso o preço no varejo vem se mantendo firme pela dificuldade do consumidor de digerir maiores preços afirmam os analistas coordenados pelo professor Paulo Ozaki em estudo Frigoríficos enfrentam dificuldade de repassar preços maiores à clientela este ano por causa da lentidão do consumo interno e do recuo nas exportações de 14 em volume no primeiro semestre Neste contexto há um movimento de pressão nos preços da arroba por parte da indústria porém a escassez de animais terminados pode equilibrar a balança afirmam No primeiro semestre em Mato Grosso a JBS encerrou atividades em Cuiabá e em São José dos Quatro Marcos Em julho parou a sua unidade em Matupá que não entrou na estatística Já a Minerva Foods fechou a sua planta em Mirassol d Oeste também neste mês Estadão Conteúdo A carne que o mundo quer o Brasil tem para oferecer País tem condição de fornecer cortes de acordo com a demanda do cliente seja ele os EUA China Japão Coreia do Sul Canadá ou México A abertura e reabertura de mercados externos para a carne bovina brasileira abrem um leque de possibilidades para a produção dos pecuaristas brasileiros Um dos grandes mercados alcançados pelo Brasil são os Estados Unidos

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-73-de-22-de-julho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 72 DE 21 DE JULHO DE 2015 | Abrafrigo
    processada para os Estados Unidos O Presidente do Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados do Rio Grande do Sul Sicadergs Ronei Alberto Lauxen disse que ainda falta saber quais os frigoríficos que vão estar habilitados para liberar a exportação É um mercado que interessa pode remunerar um pouco melhor Para o Rio Grande do Sul é uma situação interessante porque temos posição parecida com a do Uruguai de quem os EUA compram avalia Lauxen Há apenas a ponderação da oferta existente que para Lauxen pode limitar em volume o alcance dos gaúchos ao novo mercado Para o Presidente da Associação Brasileira de Angus ABA José Roberto Pires Weber o fato de termos ou não carne suficiente para atender a demanda é um bom problema Evidente que que não serão volumes grandiosos mas temos quantidades para ocupar nichos de mercado Precisamos aproveitar o diferencial da nossa carne A projeção é a de que os primeiros embarques para os EUA sejam realizados em agosto ou início de setembro ZERO HORA Exportação de carne bovina à China anima Porto Itapoá Os canais para escoamento das vendas de carne bovina para a China veem com otimismo a reabertura chinesa que tende a gerar um fluxo crescente de comércio nos próximos anos É o caso do Porto Itapoá um dos mais novos do país Localizado na Baía da Babitonga no norte de Santa Catarina registrou o embarque de 17 contêineres da JBS destinados ao mercado chinês entre os dias 5 e 9 de julho e um novo carregamento deverá estar pronto para seguir viagem nos próximos dias ou semanas Com isso espera Patrício Jr CEO do porto a carne bovina poderá ganhar ainda mais destaque em Itapoá que está em expansão O executivo lembra que as carnes em geral já têm grande peso na movimentação geral do porto A cada cinco contêineres que exportamos dois são refrigerados e dos refrigerados 35 são de carnes bovina suína e de frango No primeiro trimestre a movimentação de cargas em geral no porto alcançou 125 9 mil Teus contêiner de 20 pés 21 mais que em igual período de 2014 Em todo o ano passado o incremento em relação a 2013 foi de 40 o que deixou Itapoá na sexta posição entre os portos brasileiros com maior movimento de contêineres No total foram 528 mil Teus no ano passado e o porto no momento aguarda licença do Ibama para iniciar um projeto de expansão que deverá ampliar a capacidade para 2 milhões de Teus O porto informa que com a ampliação terá um píer capaz de receber simultaneamente três navios de até 350 metros de comprimento cada Temos hoje por exemplo 2 7 mil tomadas refrigeradas Depois da ampliação teremos 5 mil Mas o executivo ressalta que ainda há muitos entraves burocráticos que já atrasam o projeto de expansão de Itapoá e que se perdurarem poderão prejudicar bastante o desenvolvimento do porto O Porto Itapoá iniciou suas operações em junho de 2011 É um Terminal de Uso

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-72-de-21-de-julho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 71 DE 20 DE JULHO DE 2015 | Abrafrigo
    mês para o primeiro semestre desde 2009 os negócios acumulados com boi gordo na BM FBovespa registraram o pior resultado entre janeiro e junho dos últimos sete anos com 399 688 contratos 22 34 a menos que no mesmo período de 2014 que registrou 514 698 contratos Na contramão dos negócios a futuro tradicional os negócios no mercado de opção no primeiro semestre de 2015 registraram alta de 6 82 sobre o mesmo período do ano anterior passando de 97 106 contratos para 103 730 Portal DBO Rio Grande do Sul imunizou quase 99 do rebanho contra febre aftosa Declaração de vacinação por parte dos produtores foi recorde no Estado Durante o mês de maio ocorreu à primeira etapa da vacinação contra a febre aftosa de 2015 que teve como objetivo imunizar 90 dos bovídeos do Estado Foram declaradas pelos produtores a vacinação de mais de 13 7 milhões de animais representando cerca de 98 67 do rebanho gaúcho Ao longo do período de imunização servidores da Seap realizaram atividades para fiscalizar a vacinação em 12 mil estabelecimentos rurais com um total de 532 mil animais visando garantir a correta aplicação da vacina e consequentemente sua eficácia Também foram realizadas 2355 fiscalizações nos mais de 400 estabelecimentos que comercializam a vacina contra a febre aftosa para verificação das condições de armazenamento do produto O Governo do Estado do Rio Grande do Sul beneficiou 213 mil produtores rurais enquadrados nos critérios do Pronaf ou do Pecfam com a doação de vacinas que representaram 62 da categoria e 2 3 milhões de animais Os dados do Departamento de Defesa Agropecuária DDA da Secretaria da Agricultura e Pecuária Seap demonstram a preocupação dos produtores gaúchos em cumprir a determinação do Serviço Veterinário Oficial que exige a comprovação da vacinação dentro de prazos e condições estabelecidos em legislação Pelo resultado alcançado temos a convicção de que houve uma grande capilaridade na vacinação o que é uma grande notícia pois houve o envolvimento de técnicos da secretaria e também dos produtores demonstrando a preocupação com a sanidade animal avalia o Secretário Ernani Polo SECRETARIA DA AGRICULTURA DO RIO GRANDE DO SUL Tendência das carnes brasileiras em 2025 na visão do MAPA Dentro de 10 anos o Brasil estará produzindo cerca de 33 7 milhões de toneladas das carnes Como tem feito anualmente o Ministério da Agricultura através de sua Assessoria de Gestão Estratégica AGE acaba de publicar suas Projeções do Agronegócio desta vez abrangendo o período que vai de 2015 a 2025 Pelas novas projeções dentro de 10 anos o Brasil estará produzindo cerca de 33 7 milhões de toneladas das carnes bovina suína e de frango volume que representa aumento de pouco mais de 30 sobre os 25 8 milhões de toneladas previstos para 2015 Nessa expansão a menor contribuição virá da carne bovina cujo incremento é estimado em 23 Já a produção das carnes suína e de frango deve aumentar à razão de aproximadamente 35 índice que corresponde a um aumento médio de

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-71-de-20-de-julho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 70 DE 17 DE JULHO DE 2015 | Abrafrigo
    no mercado do boi gordo A pressão de baixa é em função das vendas de carne que estão retraídas O preço de referência para a arroba do macho terminado caiu em seis praças e subiu em uma das trinta e uma regiões pesquisadas na última quarta feira 15 07 A pressão de baixa é em função das vendas de carne que estão retraídas Os preços da carne bovina perderam força diante da dificuldade de escoamento da produção depois de quatro semanas de firmeza Caso a movimentação não reaja até o final da semana recuos de preços não estão descartados Esse cenário força a indústria a reduzir as ofertas de compra na tentativa de preservar as margens de comercialização No entanto a oferta de bovinos prontos para o abate não é abundante e há resistência do produtor em vender em preços mais baixos SCOT CONSULTORIA Myanmar abre mercado a carnes bovina e de aves brasileiras Setor vê potencial de exportação de cerca de US 87 milhões ao ano para aquele país O governo de Myanmar autorizou nesta quarta feira 15 a compra de carne bovina e de aves brasileiras anunciou a ministra Kátia Abreu Agricultura Pecuária e Abastecimento durante entrevista coletiva concedida há pouco O Brasil será o primeiro país a fornecer carne in natura para a nação asiática O setor vê potencial de exportação de cerca de US 87 milhões ao ano As negociações para a entrada dos produtos tiveram início há 90 dias por iniciativa do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento Mapa com apoio de exportadores A expectativa do setor é de que o volume de aves exportado seja de 12 a 15 mil toneladas ao ano o que representa US 36 milhões a US 45 milhões Para bovinos o potencial é de 10 mil toneladas anuais o que totaliza cerca de US 42 milhões A partir da abertura do mercado as empresas interessadas em exportar para Myanmar poderão apresentar pedido de habilitação Técnicos do governo de Myanmar estiveram no Ministério da Agricultura e apresentamos nossa Plataforma de Gestão Agropecuária Eles conheceram os modelos de certificados internacionais que aderimos e aprovaram a abertura É mais uma conquista do agronegócio brasileiro afirmou a Ministra Kátia Abreu Kátia Abreu destacou ainda a abertura que os produtos brasileiros vêm conquistando no mercado asiático e na Rússia Esses países assinalou estão ocidentalizando hábitos alimentares e passando a consumir mais produtos como café e carne bovina Temos que estar de prontidão para esses mercados porque eles vão precisar de nós Estaremos à altura para atender e ampliar nossas exportações mas sempre atentos claro à sanidade Queremos ser um país de excelência em defesa agropecuária completou a ministra O Brasil é atualmente o maior exportador do mundo de carne bovina e de aves e o terceiro de carne suína Temos potencial para ampliar ainda mais disse Kátia Abreu MAPA Cinco países compram 53 dos produtos do agronegócio brasileiro em junho Embarques para China EUA Países Baixos Alemanha e Rússia somaram US 4 82 bilhões

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-70-de-17-de-julho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 69 DE 16 DE JULHO DE 2015 | Abrafrigo
    região Compreendemos que há uma crise mas já passamos por situações piores e nunca houve o fechamento de tantas unidades como agora afirma Denúncias feitas pela Assocarnes sobre suposto cartel motivaram a realização de uma assembleia que reuniu no dia 10 de julho membros de órgãos públicos representantes dos produtores e da indústria Na ocasião a Secretaria da Fazenda de Mato Grosso do Sul Sefaz MS apresentou dados apontando que praticamente 90 do faturamento está concentrado em apenas 20 do mercado situação que aponta para um monopólio Os dados apresentados pela Sefaz não são conclusivos porque referem se especialmente aos frigoríficos com SIF e temos frigoríficos que estão sob inspeção estadual também ponderou Dias Uma reunião de trabalho está marcada para o dia 7 de agosto na ocasião a Assocarnes levará os dados que mostram a realidade do setor como volume de animais que deixaram de ser abatidos e efeitos sobre a regiões onde estão as unidades fechadas Queremos encontrar um equilíbrio para manter a saúde do setor Portal DBO Kátia Abreu confirma que Brasil exportará carnes para Mianmar A Ministra da Agricultura Kátia Abreu confirmou na quarta feira 15 que o Brasil conseguiu abrir o mercado de carnes bovina e de aves para Mianmar na Ásia como a Associação Brasileira de Proteína Animal ABPA havia informado nesta terça feira 14 O potencial desse mercado por ano é de 10 mil toneladas de proteína bovina US 40 milhões e 15 mil toneladas de aves US 36 milhões Agora as empresas têm de manifestar interesse para obterem a habilitação observou a Ministra Kátia Abreu enfatizou que o Brasil é o primeiro país a exportar carnes para Mianmar Segundo ela o mercado asiático está ocidentalizando hábitos de consumo e ampliando a compra de proteína animal Kátia Abreu fez algumas comparações se os asiáticos igualarem seu consumo em carne bovina à média mundial passando de 3 8 quilos por habitante a cada ano para 8 quilos ano o Brasil teria de ampliar sua produção em 70 Em aves o avanço seria de 45 Já somos os maiores exportadores de aves e queremos passar de terceiro para primeiro em suínos afirmou A Ministra terá uma intensa agenda internacional neste segundo semestre Ela disse que daqui uns dias vai para a Índia e para a Arábia Saudita mas como a agenda ainda não foi fechada não divulgou os dias Em setembro ela segue para China Coreia do Sul Cingapura Mianmar e Malásia Em outubro volto para a Rússia e depois vou ao Casaquistão listou Nós acreditamos na Ásia incluindo Rússia que são players importantes pelo tamanho explicou Ela disse ainda que o Brasil tem de fazer um trabalho urgente com a Índia Nossas exportações estão altamente tributadas afirmou Estadão Conteúdo Ministra tenta solução para repasse a estados inadimplentes Mapa prevê R 80 mi para defesa agropecuária A Ministra Kátia Abreu Agricultura Pecuária e Abastecimento afirmou nesta quarta feira 15 que o governo federal vai procurar uma solução para viabilizar o repasse de recursos destinados à defesa agropecuária a estados inadimplentes O Ministério da Agricultura vai disponibilizar este ano por meio de convênios R 80 milhões para as 27 unidades da Federação investir em sanidade animal e vegetal Apenas cinco porém estão aptos a receber a verba porque estão adimplentes com o União São elas Santa Catarina São Paulo Distrito Federal Espírito Santo e Ceará Kátia Abreu informou que está em contato com o ministro Joaquim Levy Fazenda para solucionar o problema e que conta com apoio da presidenta Dilma Rousseff Não podemos esperar O Ministro Levy está trabalhando no assunto porque isso diz respeito à saúde humana É uma questão de segurança nacional disse a ministra durante coletiva de imprensa nesta tarde O investimento em defesa agropecuária de acordo com Kátia Abreu é necessário para garantir a saúde dos consumidores e a sanidade dos produtos Esta é a prioridade máxima do ministério Queremos estar entre os dez melhores países do mundo em defesa agropecuária dentro de três anos assinalou MIN DA AGRICULTURA PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Rio Grande do Sul vai receber R 4 5 milhões para defesa agropecuária Recursos devem ser disponibilizados no próximo mês O Governador José Ivo Sartori recebeu em Brasília durante audiência com a Ministra da Agricultura Kátia Abreu a confirmação de que o Rio Grande do Sul receberá R 4 5 milhões para ações em defesa agropecuária via convênio Os recursos são oriundos do Orçamento da União e devem ser disponibilizados no próximo mês O Secretário da Agricultura e Pecuária Ernani Polo participou da audiência Atualmente o rebanho do RS é de cerca de 14 milhões de cabeças O repasse foi confirmado nesta terça feira 14 07 Os recursos são importantes para o controle da sanidade animal e vegetal e para o melhoramento nas estruturas das ações de defesa para que o estado avance na melhoria da busca do status sanitário e consequentemente na busca de novos mercados Conforme Polo a Ministra sinalizou com a criação de um Fundo Nacional de Defesa Agropecuária para que os estados mantenham ações permanentes para o setor O mercado internacional exige cada vez mais a questão da sanidade a qualidade da produção e a agregação tecnológica São recursos importantes dentro de uma construção que representa uma melhor competitividade para o Rio Grande do Sul destacou o Governador Na oportunidade Governador e Secretário também aproveitaram para convidar a Ministra para participar da Expointer que acontece de 29 de agosto a 6 de setembro em Esteio SECRETARIA DA AGRICULTURA DO RIO GRANDE DO SUL Brasil e Rússia vão intensificar comércio com prelisting de produtos de origem animal Negociação marca nova fase na relação entre as duas nações com aumento da confiança mútua no sistema de defesa agropecuária Com o objetivo de intensificar ainda mais o comércio bilateral Brasil e Rússia assinaram acordo de prelisting para produtos de origem animal A negociação concretizada durante viagem oficial da Ministra Kátia Abreu a Moscou marca uma nova fase na relação entre as duas nações devido ao aumento da confiança mútua

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-69-de-16-de-julho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 68 DE 15 DE JULHO DE 2015 | Abrafrigo
    empreendedor optar pela produção de carne de alto padrão e ter valorização do seu produto ou então se manter em moldes arcaicos oferecendo ao mercado uma carne sem muitos atributos ignorando a genética disponível completa AGROLINK Ministra reforça para governador gaúcho importância das ações de defesa Na audiência Kátia Abreu mencionou ainda a abertura de mercados como o da Rússia A Ministra Kátia Abreu Agricultura Pecuária e Abastecimento teve audiência na tarde desta terça feira 14 com o Governador do Rio Grande do Sul José Ivo Sartori Os dois falaram sobre o Plano de Defesa Agropecuária e a ministra pediu empenho dos governos dos estados para implementação do plano Kátia Abreu também falou ao governador Sartori sobre o trabalho que tem sido realizado para a abertura de mercados como o da Rússia Em no máximo três anos o Brasil terá condições de suprir 50 das importações do mercado russo de lácteos incluindo leite em pó queijo e manteiga ressaltou a Ministra MIN DA AGRICULTURA PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MS MPE investigará abate de bovinos clandestinos no distrito de Vila União em DEODÁPOLIS A Promotoria de Justiça do Consumidor da Comarca de Deodápolis abriu um inquérito para investigar possíveis abates clandestinos de bovinos no distrito de Vila União A informação foi postada no Diário Oficial do MPE na manhã desta segunda 13 Através do inquérito civil nº 08 2014 que tem como requerentes o MPE e o Sr Joeberson de Melo dos Santos a ação visa combater o abate ilegal de bovinos que pode estar ocorrendo sem a devida documentação e sem as condições necessárias para garantir a segurança das pessoas que estão consumindo o alimento No documento não há informações do requerido que deverá ser apurado Abate Segundo o site Jusbrasil o abate clandestino pode ser crime contra a relação de consumo e venda de produtos impróprios ao consumo FÁTIMA NEWS Pecuaristas do noroeste paranaense investem em carnes nobres O Paraná tem atualmente sete cooperativas que investem na produção de carnes nobres um segmento que cresce e exige investimento na qualidade do produto De acordo com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento Seab elas respondem por 5 de toda a carne produzida no estado A gente tá focando a produção em raças especializadas Trabalhamos com tecnologia adubação de pastagens alimentação mais correta e cuidados com a parte sanitária explica o Presidente da Cooperativa Caiuá Carnes Nobres Agusto Caldeirão A grande vantagem de fazer parte de uma cooperativa é que o produtor deixa de ser vendedor de animais e passa a ser vendedor de carne A produção nesse caso sai do campo direto para os supermercados O produtor ganha mais porque tira um intermediário E ter uma carne de qualidade superior também faz diferença no aumento dos rendimentos Surgiu a ideia de juntar alguns criadores que faziam esse trabalho e formar a cooperativa Estamos recebendo mais por esse trabalho que temos feito comenta o criador Élton Zafanello Silveira A cooperativa em que Élton Zafanello Silveira é associado foi criada em 2007 No

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-68-de-15-de-julho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive