archive-br.com » BR » A » ABRAFRIGO.COM.BR

Total: 460

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 60 DE 03 DE JULHO DE 2015 | Abrafrigo
    aos colaboradores a possibilidade de transferência para outras fábricas em Mato Grosso e outros Estados Para aqueles que não aceitarem a transferência a JBS promoverá o desligamento e consequente indenização trabalhista dentro da legislação vigente afirma a companhia na nota A JBS também diz que a suspensão foi comunicada ao sindicato representativo da região e que ainda mantém operação em 12 unidades de abate de bovinos no Estado Esta é a segunda planta industrial paralisada pela JBS em Mato Grosso este ano Em maio a companhia alimentícia suspendeu os abates no município de São José dos Quatro Marcos A JBS também interrompeu operações em Ariquemes RO em junho devido ao aumento na sua capacidade ociosa A suspensão da JBS em Cuiabá ocorre um dia após a Minerva Foods comunicar o fechamento da sua fábrica em Batayporã MS Também em nota a Minerva justificou a decisão como parte de um projeto de redução de custos e otimização da capacidade instalada com o objetivo de melhorar sua eficiência rentabilidade e equilíbrio geográfico Estadão Conteúdo Minerva encerra operações em Batayporã MS Empresa já havia concedido férias coletivas aos funcionários da unidade em março A Minerva Foods divulgou nesta quarta feira 1º comunicado sobre o encerramento da operação da planta de Batayporã MS e a demissão dos funcionários da unidade O frigorífico já havia concedido férias coletivas aos 693 trabalhadores da planta durante o mês de março Segundo a empresa a decisão é parte do plano de readequação das operações da companhia no Brasil como forma de obter melhorias de eficiência em rendimento economia de custos por aumento da otimização de capacidade instalada e incremento de rentabilidade por reequilíbrio geográfico de suas operações A companhia ressaltou que o fechamento da unidade não terá impacto para os clientes pois as demandas serão absorvidas por outras plantas da companhia Portal DBO Kátia Abreu chega ao Japão para negociar acordos bilaterais Durante a visita a Ministra se reunirá com autoridades e empresários japoneses Após a abertura do mercado norte americano para carne bovina in natura brasileira a Ministra Kátia Abreu Agricultura Pecuária e Abastecimento chega a Tóquio no Japão onde se reunirá com as autoridades japonesas para discutir o comércio agropecuário bilateral entre o Brasil e o país oriental Na sexta feira 03 pela manhã a Ministra visitará a Agência de Meteorologia do Japão JMA e encontrará o Encarregado de Negócios da Embaixada do Brasil em Tóquio Ministro Sarquis José Sarquis Em seguida encontrará o Presidente da Liga Parlamentar Brasil Japão e ministro da Fazenda Taro Aso Na parte da tarde Kátia Abreu encontrará com o Ministro da Agricultura do Japão Yoshimasa Hayashi o Presidente da Agência de Cooperação Internacional do Japão JICA Toshiyuki Kuroyanagi e o Diretor Executivo do Banco de Cooperação Internacional do Japão JBIC Koichi Yajima No dia 6 segunda feira pela manhã será realizada uma palestra com investidores locais apoiada pela Confederação das Indústrias do Japão Keidaren Mais tarde haverá encontro com a presidência da Mistsubishi e com a presidência da Sumitomo A

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-60-de-03-de-julho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 59 DE 02 DE JULHO DE 2015 | Abrafrigo
    estado na eventualidade de novas iniciativas com o igual objetivo Ainda de acordo com o Ministério da Agricultura a cassação da medida pelo TRF evita grave reflexo que a liminar poderia produzir no contexto das relações comerciais brasileiras no plano internacional no momento em que o país intensifica ações para a ampliação de mercados para exportação da produção nacional O MPF argumentou na ação que o governo federal burlaria a regra que obriga a realização de concurso público ao utilizar servidores cedidos pelos municípios para atuar de forma integrada na inspeção a frigoríficos com fiscais dos quadros federais Caso prevalecesse o entendimento da primeira instância que concedeu a liminar os convênios estariam cancelados e novos acordos não poderiam ser firmados nos mesmos termos A concessão da liminar desconsiderou ainda a falta de base orçamentária alegada pela defesa para a convocação dos concursados O TRF acatou porém a defesa da União segundo a qual o sistema único em vigor autoriza expressamente a cessão de servidores municipais A operação argumenta a União em sua defesa não acrescenta despesa para o Estado ao contrário do que sugeriu o MPF MAPA Minerva fecha fábrica em MS para reduzir custos Frigorífico informou que ação faz parte do plano de readequação de suas operações A Minerva Foods comunicou o fim das atividades em sua fábrica de Batayporã em Mato Grosso do Sul com o consequente desligamento de funcionários Em nota a companhia afirma que a paralisação integra o plano de readequação de suas operações no país O objetivo é obter melhorias de eficiência em rendimento economia de custos por meio da otimização de capacidade instalada e incremento de rentabilidade por reequilíbrio geográfico de suas unidades de processamento de carne bovina A empresa não informou o número de trabalhadores demitidos O frigorífico também afirma que a decisão não afeta contratos firmados com clientes internos ou externos já que as demandas serão cumpridas por outras fábricas da Minerva A empresa informa ainda que a suspensão das atividades não retira o foco na estratégia de diversificação geográfica no País e na América do Sul Além do Brasil a Minerva tem operações na Colômbia Paraguai e Uruguai Em abril contrariando o Ministério Público do Trabalho MPT a Minerva demitiu pelo menos 320 funcionários da planta em Mirassol d Oeste MT Na ocasião justificou os desligamentos como parte do processo de integração da unidade recém adquirida da BRF em busca de eficiência operacional bem como condições de mercado A escassez de bois para a indústria em 2015 resultado do abate de matrizes nos últimos anos tem provocado impacto nos preços da arroba e levado companhias a limitar suas operações para manter sua rentabilidade Em junho a Associação Brasileira de Frigoríficos Abrafrigo estimou que ao menos 26 frigoríficos tenham fechado as portas ou concedido férias coletivas este ano AGENCIA ESTADO Só uma minoria consegue alta produtividade confirma Rally da pecuária Entre os pecuaristas entrevistados durante o Rally da Pecuária 2015 12 conseguem ter uma produtividade superior a 18 arrobas por hectare ano

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-59-de-02-de-julho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 58 DE 01 DE JULHO DE 2015 | Abrafrigo
    e fechar o ano o que deve levar a um volume de 3 mil toneladas de carne brasileira aos EUA caso tudo corra bem O volume representa 0 2 do total exportado pelo Brasil em 2014 No longo prazo porém a abertura é extremamente benéfica e vem ao encontro dos avanços da pecuária brasileira em tecnologia Mercados exigentes como Japão e Coréia podem ver a abertura dos EUA como um sinal positivo e balizador para transações comerciais Mas antes disso tudo precisamos fazer nossa lição de casa e trabalhar para preencher a cota de 64 8 mil toneladas aos EUA AGRIFATTO BEEFPOINT Grupo Frialto fecha suas portas em Sinop O Grupo Frialto paralisou na última sexta feira as atividades na planta de abate e processamento de carnes em Sinop e deverá encaminhar nos próximos dias a demissão de aproximadamente 700 funcionários A partir da sexta passada todos foram colocados em férias coletivas de 15 dias enquanto a direção providencia os desligamentos A capacidade de abate da planta é de 500 cabeças por dia mas estaria trabalhando ociosa mandando para o gancho menos da metade disso A direção alega prejuízos financeiros Em 2010 o grupo entrou em recuperação judicial e chegou a fechar seis frigoríficos três em Mato Grosso um no Mato Grosso do Sul um em São Paulo e outro em Rondônia Naquela época o Frialto declarou dívida de R 564 milhões sendo R 453 mi com instituições financeiras R 97 mi com pecuaristas R 8 mi de frete e R 6 mi de dívidas trabalhistas A Justiça aprovou a recuperação judicial e o grupo iniciou o pagamento parcelado dos prejuízos Isso fez com que os empresários deixassem de abater bois nos frigoríficos de Jundiaí SP e Iguatemi MS As indústrias em Mato Grosso e em Rondônia foram reativadas nos anos seguintes Ainda não há informações se o fechamento de Sinop vai impactar as unidades do Frialto em Nova Canaã do Norte e Matupá 650 e 700 km de Cuiabá respectivamente e a de Ji Paraná RO que estão em atividade O Frialto tem habilitação para exportar carnes para mais de 20 países Contudo o anúncio de suspensão dos abates ocorre após dez dias da suspensão de importação de carne bovina daquela unidade por parte da Rússia que está entre os maiores compradores do produto em Mato Grosso BeefPoint Minerva Foods deve ser maior beneficiada com abertura dos EUA à carne A Minerva Foods deve ser a principal empresa do setor frigorífico a se beneficiar com a abertura do mercado norte americano à carne bovina in natura do Brasil indica o banco Besi Brasil em relatório A medida também trará efeitos positivos à Marfrig mas em menor proporção Já a JBS tende a ser a companhia menos beneficiada considerando que a JBS Mercosul poderá concorrer com as operações de bovinos da companhia nos Estados Unidos Segundo a analista do banco Catarina Pedrosa a Minerva está em posição de destaque porque é uma empresa focada no processamento de carne bovina para

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-58-de-01-de-julho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 57 DE 30 DE JUNHO DE 2015 | Abrafrigo
    2014 o total exportado pelo Brasil de carne bovina foi de US 229 16 milhões MAPA Abertura de mercado dos EUA à carne bovina brasileira intensificará negociações com outros países Ainda nesta semana Kátia Abreu pretende concluir negociação para levantar embargo do Japão ao produto nacional A abertura do mercado dos Estados Unidos à carne bovina in natura brasileira anunciada nesta segunda feira 29 representa uma senha para intensificar negociações e expandir o comércio com outros países como Arábia Saudita Japão e China segundo a Ministra Kátia Abreu Agricultura Pecuária e Abastecimento Nesta semana ela visitará o Japão onde também espera suspender o embargo à carne bovina brasileira A expectativa é abrir o mercado japonês à carne processada e in natura brasileira Durante a visita a ministra espera ainda liberar as exportações brasileira de melão e manga para o Japão Em contrapartida os japoneses poderão vender carne de Kobe para o Brasil O Governo Federal também está concluindo negociações com a Arábia Saudita Os auditores de defesa sanitária daquele país visitaram neste mês estabelecimentos brasileiros de produção de carne bovina e de aves Eles devem apresentar um relatório em até 45 dias para o Ministério da Agricultura e os técnicos terão outros 35 dias para responder ao documento caso tenha alguma solicitação Além disso há expectativa pelos embarques de carne brasileira para a China que suspendeu o embargo ao produto nacional no início deste ano Os auditores chineses que estão no Brasil analisam por amostragem 13 estabelecimentos de carnes bovina suína e de aves Espera se que nove plantas de carne bovina sejam habilitadas ainda neste ano para exportação à China Cada estabelecimento pode fazer negócios de US 18 a 20 milhões MAPA Ministra Kátia Abreu e presidente Dilma têm encontro com presidente Barack Obama dos Estados Unidos Pauta prevê entendimento sobre a abertura do mercado norte americano à carne bovina brasileira com a suspensão do embargo comercial A Ministra da Agricultura senadora Kátia Abreu PMDB TO participou na segunda feira 29 em Washington nos Estados Unidos de jantar com a Presidente Dilma Roussef e o Presidente dos Estados Unidos Barak Obama Nesta terça 30 a Ministra e a Presidente tem nova reunião com o Presidente norte americano e em seguida almoço com o vice presidente dos Estados Unidos Nos encontros com os líderes norte americanos a Presidente Dilma Roussef e a Ministra Kátia Abreu tem como ponto alto da agenda presidencial sensibilizar o presidente norte americano a extinguir o embargo da carne bovina brasileira por parte daquele país Os Estados Unidos são os maiores consumidores de carne bovina do planeta com um total de 1 6 milhões de toneladas ano dos quais 1 02 milhão de toneladas anos produto de importações Com a certificação do Brasil em 100 livre da febre aftosa com vacinação a Ministra vê como certa a abertura do mercado norte americano para a carne brasileira beneficiando ainda os exportadores tocantinenses Na balança comercial tocantinense excluindo os EUA ainda com embargo o Tocantins exportou no ano

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-57-de-30-de-junho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 56 DE 29 DE JUNHO DE 2015 | Abrafrigo
    Clima com propostas para redução de desmatamento e de emissão de gases do efeito estufa para ser levado à COP 21 em Paris pelo governo brasileiro O Observatório do Clima é uma rede que reúne 37 entidades da sociedade civil com o objetivo de discutir as mudanças climáticas no contexto nacional Já INDC é a sigla em inglês para Contribuições Nacionalmente Determinadas Pretendidas Segundo o consultor a principal meta é zerar o desflorestamento no País até 2030 Além disso destacou ele o documento já poderá ser utilizado pela presidente Dilma Rousseff em sua viagem aos Estados Unidos com desembarque previsto para o sábado 27 para balizar a conversa em torno de assuntos climáticos com o colega Barack Obama Estadão Conteúdo MPT SC promove ação civil pública contra JBS O Ministério Público do Trabalho MPT de Criciúma SC representado pela Procuradora do Trabalho Thaís Fidelis Alves Bruch ajuizou ação civil pública ACP contra o grupo JBS com o objetivo de assegurar direitos trabalhistas e revisão do contrato de adesão firmado entre frigorífico e agricultores integrados Segundo informações divulgadas no site do MPT em Santa Catarina no último dia 24 o contrato coloca o produtor rural que recebe cuida e cria as aves para a indústria frigorífica em situação de imensa inferioridade em relação à empresa Segundo a procuradora os abusos dos contratos são evidentes e passíveis de invalidação na medida em que garantem totalmente o interesse de uma das partes em total detrimento da boa fé função social do contrato e interesses da outra Os trabalhadores são inseridos na cadeia produtiva numa condição real de hipossuficiência e dependência sendo lhes imposta uma série de exigências metas e resultados a serem alcançados sob contínua e rígida fiscalização sujeitando se a inúmeras sanções acatando todas as espécies de exigências das requeridas que exerce um real poder hierárquico e jurídico sobre os trabalhadores que apesar de figurarem como partes de um contrato de produção encontram se em situação de subordinação descreve a autora da ACP A empresa teria pago aos produtores uma média de R 0 30 a R 0 40 por ave enquanto um estudo realizado pela Universidade do Extremo Sul Catarinense Unesc a pedido da Associação dos Avicultores do Sul Catarinense Avisul aponta que o preço unitário do frango deve ser de R 1 413 A ACP pede que a JBS abstenha se de firmar os contratos de integração com o mesmo conteúdo e teor dos atualmente pactuados devendo os contratos futuros garantir os direitos previstos na legislação trabalhista com anotação na CTPS e pagamento de consectários legais sob pena de pagamento de multa diária no valor de R 10 mil Estabelece ainda a declaração do vínculo de emprego com todos os produtores que trabalham ou já trabalharam para a empresa com a anotação da CTPS e pagamento das parcelas sonegadas a título de FGTS com a multa de 40 férias com 1 3 13º salário RSR e aviso prévio A presente nota trata exclusivamente da posição do MPT sobre o assunto

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-56-de-29-de-junho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 55 DE 26 DE JUNHO DE 2015 | Abrafrigo
    motivou o Tribunal Regional do Trabalho TRT 23ª região a acatar ação civil pública preventiva do Ministério Público do Estado MPT MT que impede o frigorífico da JBS em Araputanga MT de dispensar trabalhadores em massa sem negociação prévia com o sindicato local sob pena de multa de R 10 milhões Ainda durante a sessão no Legislativo o deputado Oscar Bezerra PSB afirmou que o incentivo tributário privilegia a JBS em relação a suas concorrentes e disse que a companhia mantém um monopólio no setor frigorífico no Estado Segundo ele as vantagens fiscais inviabilizam totalmente qualquer competição de mercado Procurada pela reportagem a JBS informou que não comentará o assunto A JBS também pode virar alvo de discussão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul A Assocarnes que representa frigoríficos no Estado e a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria de Alimentação CNTA protocolaram neste mês pedido para que o Legislativo realize uma audiência pública a fim de discutir o poder econômico do grupo JBS no Estado No pedido as entidades acusam a companhia de realizar dumping de mercado arrendando plantas frigoríficas para fechá las demitindo diversas pessoas e criando um vazio em nosso mercado de trabalho Estadão Conteúdo Redução de créditos presumidos prejudica setor de carnes Dirigentes criaram um grupo de trabalho no RS para avaliar os impactos da medida O Projeto de Lei 214 2015 do poder Executivo que propõe a redução da apropriação dos créditos presumidos das empresas em 30 gerou preocupação no setor industrial de carnes do Rio Grande do Sul Reunidos na manhã desta quinta feira 25 representantes dos segmentos produtivos de carne bovina de aves e de suínos decidiram pela mobilização junto ao Governo do Estado e também ao Legislativo para evitar a perda de competitividade do setor Durante o encontro os dirigentes elencaram uma série de fatores que reduzem a competitividade do setor em relação a outros estados Energia elétrica mais cara insuficiência de matéria prima para a produção milho que obriga a aquisição em outros estados e custo de licenciamento ambiental mais alto são alguns Soma se a isso o piso regional do RS que é mais elevado R 1 053 00 para o setor de alimentos contra R 788 00 do piso nacional e a distância do RS dos centros consumidores que torna a logística mais onerosa às indústrias Conforme os empresários e representantes de entidades a redução dos créditos presumidos juntamente com as demais condições desfavoráveis implica diretamente na perda de competitividade gerando dificuldades em manterem se no mercado Caso a avaliação não seja feita de forma criteriosa as empresas não descartam a redução da produção ou o direcionamento da produção para plantas em outros centros produtores Para uma única empresa presente no encontro a redução dos créditos presumidos em 30 acarretará um acréscimo de custo de R 1 milhão mensal A solução apresentada é que o RS busque um alinhamento com outras Unidades da Federação evitando a perda de competitividade dos empresários gaúchos Os dirigentes criaram um grupo de trabalho para avaliar os impactos da medida Atualmente o PL 214 2015 está na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa para parecer AGROLINK Mato Grosso abateu 1 160 milhão de bovinos no primeiro trimestre de 2015 O volume é 13 menor se comparado ao mesmo período do ano anterior quando foram abatidos 1 339 milhão de cabeças de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE nesta quinta feira 25 Os abates realizados no Estado representam 15 dos animais enviados ao gancho em todo o país entre janeiro a março deste ano somando 7 731 milhões de bovinos De acordo com o Superintendente da Associação dos Criadores de Mato Grosso Acrimat Olmir Cividini a queda nos abates está relacionada ao menor estoque de bovinos machos com mais de 24 meses que registra neste ano o pior desempenho dos últimos nove anos Vale lembrar que a queda no estoque de machos é resultado do maior abate de fêmeas entre os anos de 2011 e 2013 que compromete a oferta de animais para reposição nos anos seguintes A expectativa é que a entrada do confinamento de gado alivie a pressão da oferta no segundo semestre do ano Uma pesquisa feita pelo Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuária Imea aponta que a intenção dos pecuaristas de gado mato grossense em confinar gado aumentou 24 Se confirmada a projeção os pecuaristas do Estado devem confinar 789 66 mil cabeças frente aos 636 66 mil animais do ano passado IMEA Preço do boi gordo cai 1 16 em junho Já o preço bezerro em São Paulo subiu 1 2 no intervalo de 17 a 24 de junho diz Cepea Neste fim de junho enquanto os preços do bezerro têm se mantido praticamente estáveis no mercado paulista os valores do boi gordo estão cedendo Segundo pesquisadores do Cepea apesar de a oferta de animais para abate não ter aumentado a pressão de compradores vem resultando em quedas de preços para a arroba em alguns dias Na quarta feira 24 o Indicador ESALQ BM FBovespa do boi gordo estado de São Paulo fechou a R 144 78 recuo de 1 07 em relação à quarta anterior Na parcial de junho a baixa é de 1 16 De modo geral a liquidez segue baixa no mercado pecuário Já o preço bezerro em São Paulo subiu 1 2 no intervalo de 17 a 24 de junho com a média passando para R 1 403 38 nessa quarta feira Cepea MS Populares roubam gado de caminhão depois de acidente No final da tarde desta quarta feira 24 um acidente aconteceu na altura do km 214 da BR 158 entre as cidades de Brasilândia e Três Lagoas MS e matou o condutor de uma carreta que transportava gado O corpo do motorista foi levado para o IMOL e populares que estavam no local aproveitaram a ausência do proprietário dos animais para roubar o gado Segundo o site Rádio Caçula cerca de uma hora depois

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-55-de-26-de-junho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 54 DE 25 DE JUNHO DE 2015 | Abrafrigo
    custo de frete é baixo além de existir uma oferta grande de animais para reposição explica Andrade Embora o valor lá também tenha subido para a reposição mas ainda tem certa atratividade já que o custo de nutrição é menor Considerando um ritmo médio de crescimento anual do confinamento de 5 Andrade estima que o número de animais confinados possa se aproximar de 5 milhões em 2016 Acredito que 5 milhões é viável mais do que isso dependeria de condições de mercado muito favoráveis avalia Portal DBO Plano de exportações beneficiará agroindústria brasileira diz CNA O Presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil CNA João Martins disse à reportagem que o Plano Nacional de Exportações lançado nesta quarta feira 24 beneficiará o agronegócio brasileiro em especial a agroindústria Precisamos agregar mais valor e não simplesmente exportar produtos primários Esse plano veio ao encontro dos nossos anseios da agropecuária brasileira afirmou Martins A CNA participou das discussões e elaboração do plano e disse que todos os pontos propostos pela entidade foram considerados Dentre eles estão a entrada dos produtos brasileiros em mais países a busca por mais acordos comerciais o fortalecimento da atuação brasileira em organismos internacionais e a remoção de barreiras tarifárias sanitárias e fitossanitárias Um dos mercados prioritários para o agronegócio brasileiro na avaliação do Presidente da CNA é a União Europeia Bilateralmente ou não temos de participar mais do mercado europeu O Plano Nacional de Exportações terá vigência até 2018 e foi construído com a participação do governo e de mais de 80 entidades do setor produtivo O agronegócio brasileiro responde hoje por 21 3 do Produto Interno Bruto PIB nacional e por 43 das exportações brasileiras Em 2014 as vendas externas do setor totalizaram US 96 7 bilhões Estadão Conteúdo Recursos do crédito rural serão liberados até 2 de julho diz ministra Kátia Abreu falou em Goiânia que já conversou com a diretoria do Banco do Brasil sobre o assunto Em viagem a Goiânia a Ministra Kátia Abreu Agricultura Pecuária e Abastecimento afirmou nesta quarta feira 24 que os recursos para financiamento da agropecuária na safra 2015 2016 estarão disponíveis para o produtor rural até 2 de julho Ela esteve na capital goiana para apresentar o Plano Agrícola e Pecuário que disponibilizará R 187 7 bilhões em crédito aumento de 20 em relação à temporada passada Estivemos pessoalmente com o presidente do Banco do Brasil e sua diretoria e acordamos que as propostas seriam recebidas de 15 a 20 deste mês e no dia 2 de julho o dinheiro estará disponível disse a Ministra O Ministério da Agricultura acrescentou está trabalhando para aprovar a tempo todos os pontos do Plano Agrícola e Pecuário junto ao Conselho Monetário Nacional CMN Nosso compromisso é que dia 2 de julho o dinheiro estará na mão do produtor reiterou MAPA Monopólio da carne agrava crise de frigoríficos de MS Nos últimos dois anos 14 plantas foram fechadas e 6 mil trabalhadores demitidos Com 14 plantas de frigoríficos fechadas e

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-54-de-25-de-junho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • CLIPPING DA ABRAFRIGO Nº 53 DE 24 DE JUNHO DE 2015 | Abrafrigo
    poupança verde com tecnologia e defesa agropecuária O Brasil construiu uma poupança verde à custa de investimento em tecnologia e em defesa agropecuária disse a Ministra Kátia Abreu Agricultura Pecuária e Abastecimento ao destacar os benefícios do Plano ABC Agricultura de Baixo Carbono A Ministra esteve na capital catarinense nessa segunda feira 22 para divulgar o Plano Agrícola e Pecuário 2015 2016 lançado no último dia 2 Durante abertura do 7º Congresso Brasileiro de Soja Kátia Abreu lembrou que para aderir ao Plano ABC o produtor deve investir em recuperação de pastagens Se hoje produzíssemos mais de 200 milhões de toneladas com a tecnologia que tínhamos 20 anos atrás precisaríamos do dobro de área desmatada assinalou Construímos uma bela poupança verde à custa de tecnologia e defesa agropecuária completou MAPA Em um ano preço do bezerro subiu três vezes mais que o boi gordo no Tocantins As cotações estão firmes com algumas altas pontuais na última semana A procura pelos animais de reposição no Tocantins está aquecida ocasionando um desajuste com a oferta que permanece reduzida No entanto o volume de negócios concretizados não está alto devido à resistência dos compradores quanto aos preços As cotações estão firmes com algumas altas pontuais na última semana Os pastos no estado estão em boa situação o que motiva os compradores a procurar os animais e dá condição aos vendedores de postergar as vendas No último ano a valorização média dos animais de reposição no Tocantins considerando todas as categorias de machos foi de 49 4 O bezerro de ano 7 5 foi a categoria com maior alta no período de 59 1 O animal tem sido negociado em média por R 1 440 00 Enquanto isso a arroba do boi gordo valorizou 17 4 no estado no último ano dificultando a relação de troca com a reposição Hoje é possível comprar 1 53 bezerro de ano com o valor da venda de um boi gordo 16 5 no estado Em junho do ano passado a relação de troca estava em 2 07 Ou seja houve redução de 26 2 no poder de compra do pecuarista em relação ao bezerro nos últimos doze meses Scot Consultoria Queda nos preços da carne bovina no varejo Com o final do mês a população está descapitalizada e o consumo tende a diminuir Na última semana nos supermercados e açougues houve queda dos preços da carne bovina em três das quatro praças consultadas na última semana Com o final do mês a população está descapitalizada e o consumo tende a diminuir Em São Paulo e no Rio de Janeiro dois dos principais centros consumidores as retrações foram as mais intensas 1 4 em média Em Minas Gerais houve recuo de 0 1 e alta de 0 6 no Paraná Os índices econômicos seguem piorando e isso agrava o efeito de final de mês A procura é por produtos de menor valor agregado e a variação dos preços deixa isso claro Os cortes de traseiro mais caros tiveram

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/clipping-da-abrafrigo-no-53-de-24-de-junho-de-2015/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive