archive-br.com » BR » A » ABRAFRIGO.COM.BR

Total: 460

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Porto Itapoá e Mapa assinam contrato para instalação de Unidade de Vigilância dentro do terminal | Abrafrigo
    de Vigilância Agropecuária irá ajudar a agilizar a liberação das cargas que exigem inspeção do Mapa O Porto Itapoá conta a partir de agora com uma Uvagro Unidade de Vigilância Agropecuária dentro do terminal o que ajuda na liberação das cargas que exigem inspeção do Mapa Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento O Superintendente Federal do Mapa em Santa Catarina Jacir Massi assinou em conjunto com o presidente do Porto Itapoá Patrício Junior o contrato de cessão pelo qual o ministério instala oficialmente a Unidade de Vigilância dentro da estrutura do terminal Nas opiniões a respeito do modelo adotado pelo porto foi ressaltada a eficiência e o comprometimento com clientes e colaboradores Agora com a unidade instalada no próprio porto o processo tende a ficar ainda mais rápido contribuindo significativamente para que os clientes especialmente exportadores consigam mais rapidez na movimentação de suas cargas Até a abertura da Uvagro Itapoá as cargas que exigiam inspeção física do Ministério da Agricultura poderiam levar até sete dias para serem liberadas Hoje com a unidade instalada no Porto a maior parte das cargas poderá ser atendida no mesmo dia da chegada do contêiner e em um dia estaria pronta para o embarque Fonte

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/porto-itapoa-e-mapa-assinam-contrato-para-instalacao-de-unidade-de-vigilancia-dentro-do-terminal/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive


  • Margens de frigoríficos de carne bovina melhoram, mas nova pressão é esperada na entressafra | Abrafrigo
    após ter atingido patamares de 8 a 9 no início do ano A margem calculada pela Scot considera a receita do frigorífico em relação ao preço pago pelo boi gordo sem incluir outros custos de produção Cerca de 80 dos custos da indústria frigorífica estão relacionados ao boi gordo Ao colocar menos carne no mercado os frigoríficos conseguiram manter o preço da carne bovina em valores sustentáveis explica o consultor Mas no segundo semestre a gente espera que haja novamente uma pressão sobre as margens disse Lopes A partir de agora o valor da arroba deve se recuperar a oferta de boiada vai diminuir acrescentou ao se referir à entrada do período de entressafra O pico da entressafra costuma ocorrer em outubro e novembro quando os preços do boi devem atingir patamares mais altos Neste ano até agora dezenas de frigoríficos já fecharam suas atividades diante da redução da disponibilidade de boi gordo para abate o que elevou o preço da arroba e da queda no consumo interno Com o atual ajuste na produção realizado pelos frigoríficos o preço da arroba caiu momentaneamente Segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada Cepea da Esalq USP entre 22 e 29 de julho o indicador de preço para o boi gordo no estado de São Paulo caiu 0 5 fechando a R 141 30 na quarta feira 29 Neste mês o preço médio da carne com osso no atacado da Grande São Paulo está praticamente igual ao pago pela arroba de boi neste estado refletindo em melhora na remuneração obtida pela indústria frigorífica informaram analistas do Cepea em nota no seu website na quinta feira Segundo o Cepea de dezembro de 2013 a junho de 2015 o preço pago pela arroba superava o valor obtido com a venda da carne

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/margens-de-frigorificos-de-carne-bovina-melhoram-mas-nova-pressao-e-esperada-na-entressafra/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Adesão do Cazaquistão à OMC abre oportunidades ao Brasil | Abrafrigo
    brasileiros de produtos agrícolas poderão em breve vender ao Cazaquistão com tarifa mais baixa Após 19 anos de negociações a Organização Mundial do Comércio OMC aprovou hoje a entrada do país na entidade A ratificação pelo parlamento deve ocorrer até o fim de outubro Entre os compromissos do Cazaquistão para ser aceito no sistema multilateral de comércio está o de redução de tarifas de importação de produtos agrícolas para uma média de 7 6 ante o modelo atual do país composto por uma variedade de alíquotas diferentes e que podiam mudar a qualquer momento O país vai abrir cotas tarifárias a carne bovina que entrar pela cota terá alíquota de importação de 15 e a que ficar fora da cota de 40 Para carne de frango são os mesmos percentuais mas fora da cota em todo caso a taxa não ficará abaixo de 0 65 euro por quilo A tarifa média para produtos industriais ficará em 5 9 O Cazaquistão tem um comércio exterior de US 120 bilhões por ano dos quais 40 são com países europeus A Rússia e a China vizinhos também têm grande volume de comércio com o Cazaquistão Fonte Valor Econômico Post Anterior Próximo Post Navegação

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/adesao-do-cazaquistao-a-omc-abre-oportunidades-ao-brasil-2/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Ministra da Agricultura defende prioridade para a defesa agropecuária | Abrafrigo
    Abastecimento Kátia Abreu e os governadores presentes à abertura do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura em São Paulo É preciso um compromisso público com a defesa da agropecuária disse a ministra ao comentar as iniciativas do governo para ampliar as exportações do setor Se o orçamento do ministério tivesse apenas R 1 ele iria para a defesa agropecuária afirmou Segundo ela não adianta ter uma boa logística no Brasil se não há garantia de saúde animal A ministra se referia ao desafio do aumento das exportações brasileiras e à conquista de novos mercados que têm como um dos obstáculos a certificação de defesa agropecuária No discurso de abertura do evento Kátia Abreu disse aos governadores e empresários presentes que esse compromisso com a defesa agropecuária deve ser prioritário Ela estimulou os empresários a se juntarem ao esforço do ministério na conquista de novos mercados sem distinção alguma As empresas preferidas do ministério são todas A abertura do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura contou com a participação de vários governadores e empresários do setor Estavam presentes entre os governadores o de São Paulo Geraldo Alckmin o de Mato Grosso do Sul Reinaldo Azambuja o do Paraná Beto Richa o

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/ministra-da-agricultura-defende-prioridade-para-a-defesa-agropecuaria/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Embuandes: vanguarda em produtos cárneos com valor agregado | Abrafrigo
    para a realização do processamento elas passam pelo moedor no qual é definida a granulometria em conformidade com a formulação Já na área de misturas são adicionados especiarias aditivos alimentares e o restante dos ingredientes para a formação das massas ou pastas cárneas Pastas grossas salames linguiças presuntos etc Pastas delgadas emulsões salsichas mortadelas etc Em outros casos músculos inteiros para defumação De Villa comenta que a empresa faz uso de ingredientes e aditivos alimentares como corantes e antioxidantes naturais aprovados para uso pelo Serviço Equatoriano de Normalização INEN e com respaldo internacional da Administração de Alimentos e Medicamentos FDA na sigla em inglês órgão do governo norte americano que fiscaliza alimentos e medicamentos Cada aditivo alimentar é necessário para gerar características e benefícios específicos ao produto aponta De Villa São muito necessários para garantir a inocuidade e conservação ao longo do período de vida útil de 45 a 60 dias Após as pastas serem classificadas em misturas e ou emulsificações os funcionários passam a embuti las em vários invólucros orgânicos de tecido de plástico etc de acordo com a característica do produto No caso do presunto e de alguns tipos de mortadela esses produtos ganham forma em um molde para que ao final obtenham o formato adequado Cozimento Depois de os produtos serem embutidos moldados e temperados especificamente no caso dos músculos para defumação o próximo passo é o tratamento térmico Esse setor em virtude de ser um ponto crítico de controle é monitorado e controlado por engenheiros de alimentos que asseguram um processo apropriado de cozimento e ou defumação ciclos de temperatura e padrões de inocuidade alimentar No caso de salsichas linguiças e alguns produtos especiais estes são cozidos em fornos automáticos cuja meta é atingir a coagulação da proteína cárnea e conseguir no núcleo do produto uma temperatura entre 72 C e 78 C No que diz respeito à elaboração de mortadelas e presuntos o processo é um pouco diferente o cozimento é feito em marmitas industriais por imersão com pouca água a 80 C Essa temperatura se mantém constante para evitar variações no cozimento aponta Mora Esse processo dura de quatro a cinco horas aproximadamente para que a temperatura no núcleo do produto chegue a 74 C O tempo de tratamento térmico determina a temperatura da massa e o diâmetro ou espessura do embutido diz Mora Quando o setor de qualidade aprova ou estipula essa etapa de cozimento como bem sucedida as salsichas as mortadelas e os presuntos são lavados com água fria a uma temperatura de 4 C recebendo um choque térmico para que sua temperatura baixe de 74 C para 35 C Dessa forma os embutidos podem também voltar a seu estado inicial quanto ao diâmetro ressalta Mora Os funcionários transportam os produtos já temperados para refrigeração nas câmaras frigoríficas de produtos semiacabados onde entram em um período de quarentena A temperatura interna nuclear nesse setor alcança entre 2 C e 4 C e a circulação de ar é controlada para evitar desidratação excessiva

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/embuandes-vanguarda-em-produtos-carneos-com-valor-agregado/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Como fabricar linguiças curadas e semicuradas | Abrafrigo
    salame genovês é considerado menos processado termicamente do que outras linguiças curadas porém depende de fatores regionais e de fabricação Outras características peculiares do fabricante podem incluir crescimento de bolor na superfície invólucros orgânicos moagem mais espessa e o emprego de vinho e alho como componentes aromatizantes O salame genovês raramente é defumado Salame duro é de origem alemã e segundo os Padrões de Identidade e Qualidade de Alimentos do Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar dos EUA deve cumprir com uma proporção umidade proteína de 1 9 para 1 ou menos que isso em sua composição química Não há composições cárneas específicas ou requisitos de condimentação mas tradicionalmente o salame duro é feito com carnes suína e bovina e pode ser defumado Alho e pimenta preta ou branca são aromatizantes comuns usados nesse tipo de salame O salame italiano é um tipo especial de salame duro que tem os mesmos requisitos de umidade proteína do salame duro uma proporção menor que ou igual a 1 9 para 1 Geralmente é feito a partir de todas as aparas suínas mas pode conter pequenas porções de carne bovina dependendo da região e do fabricante O salame italiano tradicional é processado de tal forma que um fungo esbranquiçado cresce na superfície do invólucro durante a cura e o processo de maturação Isso confere um sabor único ao produto tanto pelo crescimento do fungo em si quanto de alterações enzimáticas bem como o aumento decorrente no pH do produto Produtos como esse são geralmente fabricados na região de São Francisco daí o termo salame de tipo Costa Oeste Produtos tipo salame italiano normalmente contêm extensores alimentares como leite em pó desnatado ou o que é menos comum proteínas à base de soja O pepperoni originou se no sul da Europa contudo foi muito mais explorado nos EUA em comparação com outras linguiças curadas O pepperoni de acordo com o Padrão de Identidade e Qualidade de Alimentos do Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar dos EUA deve ter uma proporção umidade proteína de 1 6 a 1 ou menor que isso A composição cárnea geralmente inclui carnes suína e bovina e não pode conter mais do que 55 de carne bovina Produtos que contenham fontes de carne que excedam as restrições devem ter o nome do produto classificado como pepperoni de carne bovina ou de peru Além disso nenhum subproduto de carne como corações lábios ou língua pode ser usado no produto Nenhum extensor alimentar ou aglutinantes como soja ou proteínas de leite são permitidos entretanto são permitidos somente com algumas restrições de rotulagem para formulações de pepperoni com menos teor de gordura O pepperoni é o recheio de pizza mais usado no mundo cerca de 3 bilhões de pizzas são vendidas nos EUA anualmente das quais 36 contêm pepperoni Estima se que cerca de 114 milhões de quilos de pepperoni são consumidos todos os anos pelos norte americanos Existem inúmeras linguiças especiais na categoria linguiças curadas que variam muito quanto ao conteúdo e

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/como-fabricar-linguicas-curadas-e-semicuradas/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Assocarnes pede reestruturação na pecuária em MS; frigoríficos ainda enfrentam dificuldades | Abrafrigo
    de plantel mais acentuada precisamos que o produtor fique na atividade disse Dias em entrevista à CarneTec Dias disse que uma série de fatores levaram à crise pela qual passam os frigoríficos do estado atualmente e não descarta que novas plantas possam anunciar fechamento já que as dificuldades persistem Até agora neste ano 16 plantas frigoríficas fecharam em Mato Grosso do Sul e outras 24 permanecem em funcionamento segundo Dias Ele acrescenta que alguns dos frigoríficos fechados estavam inclusive habilitados para exportação O cenário não é dos melhores É difícil mencionar plantas na iminência de fechar mas todas estão no mesmo nível de dificuldade tirando os grandes disse Dias No Brasil dezenas de frigoríficos já foram fechados desde o início do ano incluindo unidades de grandes processadoras de carne como JBS Marfrig e Minerva sob a justificativa de que a baixa disponibilidade de boi para abate reduz a atividade nas plantas Para Dias o descarte de matrizes compromentendo a reposição do plantel e a migração de produtores para outras atividades como para o segmento de plantação de eucalipto são alguns dos fatores que colaboraram para o agravamento da crise pela qual passa o setor de frigoríficos no estado As dificuldades

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/assocarnes-pede-reestruturacao-na-pecuaria-em-ms-frigorificos-ainda-enfrentam-dificuldades/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Mapa e Abrafrigo estreitam parceria com setor privado | Abrafrigo
    O ministério destacou que vem realizando trabalhos para desburocratizar os processos Citando que no primeiro semestre deste ano já começou s trabalhos para modernizar a gestão do Mapa conseguindo consolidar um sistema eletrônico no qual os processos tramitam sem papel Além disso foi feito um balanço sobre negociações concluídas no primeiro semestre deste ano para a abertura de mercados O setor de carnes foi um dos principais beneficiados com essa abertura com destaque para o mercado russo A Rússia se tornou o principal destino das exportações brasileiras de carne bovina No primeiro semestre deste ano o Brasil consolidou uma posição de liderança no comércio russo de carnes sendo responsável por 57 das compras de carne bovina Nas demais carnes o percentual é de 82 para a carne suína e 34 para a carne de aves Ainda em relação à Rússia o ministério pretende concluir o processo de prelisting sistema pelo qual o país exportador apresenta uma lista pré autorizada de estabelecimentos que atendem às exigências sanitárias do país ou bloco importador A expectativa é que o sistema seja implementado até novembro deste ano para todos os produtos de origem animal O prelisting também é objeto de tratativas com a China

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/mapa-e-abrafrigo-estreitam-parceria-com-setor-privado/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive