archive-br.com » BR » A » ABRAFRIGO.COM.BR

Total: 460

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Frigoríficos fecharam 44 plantas no país no ano | Abrafrigo
    disponível e a capacidade de abate total o fechamento de frigoríficos tem provocado uma onda de demissões Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados Caged do Ministério do Trabalho compilados pela Valor apontam que os frigoríficos cortaram 4 3 mil postos de trabalho entre janeiro e maio ou 3 3 de um total de 130 8 mil trabalhadores que estavam empregados no fim do ano passado Mas os cortes não param por aí Na semana passada as três maiores empresas do segmento do país JBS Marfrig e Minerva anunciaram o fechamento de unidades em Cuiabá Pirenópolis GO e Batayporã MS respectivamente o que deverá resultar em pelo menos mais mil demissões em um processo que tem tido efeitos deletérios sobre economias regionais Em Batayporã por exemplo o fechamento da unidade da Minerva vai ceifar 823 postos de trabalho 27 dos empregos com carteira assinada do município que tem ao todo 11 mil habitantes De modo geral as paralisações e fechamentos de frigoríficos atingiram em cheio os dois maiores Estados produtores de carne bovina do país Mato Grosso e Mato Grosso do Sul onde a capacidade de abate foi reduzida em 17 e 23 respectivamente segundo a Agrifatto O perfil das unidades atingidas é diferente nos dois Estados Dos 14 frigoríficos que deixaram de abater neste ano em Mato Grosso diminuindo a capacidade diária de abate no Estado em 9 5 mil cabeças a maioria é de grandes empresas diz Lygia Procurada a JBS informou que fechou apenas duas plantas em Mato Grosso A Marfrig não forneceu nenhuma informação E a Minerva argumentou que o número de plantas em operação varia muito de acordo com as condições de mercado e que em Mato Grosso manteve fechado seu frigorífico em Várzea Grande com capacidade para abater 1 5 mil bovinos por dia No entanto a unidade já voltou a operar Apesar disso um empresário do segmento ouvido pelo Valor chama a atenção para o fato de a Minerva que habitualmente não fecha unidades fazê lo neste momento A Minerva fechar é coisa que nunca tinha visto Esse pessoal tem fome de matar gado Não bastasse isso os abates nos frigoríficos que seguem em operação em Mato Grosso estão limitados a um número menor de dias durante a semana Isso é um sinal claro de ociosidade ainda que menor do que no auge da conjunção negativa em meados de março quando atingiu 50 diz o mesmo empresário Não à toa os frigoríficos mato grossenses foram os que mais demitiram 1 9 mil pessoas entre janeiro e maio Em Mato Grosso do Sul as principais empresas afetadas são de pequeno e médio porte casos de Boi Verde Beef Nobre e Frialto Grandes grupos como Marfrig e Minerva também paralisaram plantas mas a avaliação é que os menores terão mais dificuldade para retomar os abates mesmo quando a oferta de bois melhorar talvez em 2017 Para as grandes empresas os problemas na operação de carne bovina no Brasil são minimizados tanto pela presença em

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/frigorificos-fecharam-44-plantas-no-pais-no-ano/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive


  • Brasil tem todas as condições para exportar, afirma ministra | Abrafrigo
    lançado em junho pelo governo federal O Ministério da Agricultura pretende retomar a exportação de carne bovina termoprocessada que está embargada pelo Japão desde dezembro de 2012 Além disso está em tratativas para vender carne bovina brasileira in natura produto que nunca teve acesso ao mercado japonês Esperamos não só resgatar o mercado japonês de carne bovina processada mas também da carne in natura afirmou Kátia Abreu Não temos nenhuma dificuldade em adaptar nossas regras sanitárias ao Japão Estamos prontos para cumprir e temos todas as condições para exportar O Japão é especialista em praticamente tudo e nós brasileiros somos especialistas na produção de alimentos Essa compreensão por parte do mundo é importante para nós como é também para o Japão declarou a ministra A comitiva brasileira continuará as tratativas a favor da abertura do mercado japonês na segunda feira 6 quando Kátia Abreu se reunirá com a vice ministra da Saúde Trabalho e Bem Estar órgão que define as condições de saúde pública que deverão ser incorporadas às regras sanitárias do país A ministra convidou os japoneses a visitar o Brasil para conhecerem a Plataforma de Gestão Agropecuária PGA que monitora toda a produção animal do pais Respeitamos as decisões japonesas mas gostaríamos que conhecessem de perto nosso sistema de inspeção que é confiável e um dos mais modernos do mundo disse CONQUISTAS Kátia Abreu destacou que este ano o Brasil obteve várias conquistas na área de defesa animal países importantes como China Argentina e Estados Unidos abriram seus mercados à carne bovina brasileira e os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul foram reconhecidos pela OIE como zonas livres de peste suína clássica Além disso das 27 unidades da Federação somente três não foram reconhecidos ainda como zonas livres de febre aftosa O ministro Hayashi afirmou

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/brasil-tem-todas-as-condicoes-para-exportar-afirma-ministra/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Pecuária segue lucrativa | Abrafrigo
    Embrapa Agrossilvipastoril de Sinop Durante dois anos serão monitorados 300 animais para averiguar o ganho econômico com a produtividade obtida no sistema de Integração Lavoura Pecuária Floresta ILPF Em Alta Floresta município distante a aproximadamente 800 quilômetros ao Norte de Cuiabá e que mantém um dos maiores rebanhos bovinos do Estado com 743 859 mil cabeças foi executado um projeto piloto para checar a produtividade na pecuária intensiva Responsável pelo estudo Contribuições para o desenvolvimento da pecuária sustentável em larga escala na microrregião de Alta Floresta o diretor executivo do Instituto Internacional para Sustentabilidade IIS e professor do Departamento de Geografia da PUC Rio Bernardo Strassburg comprova a viabilidade econômica deste modelo de produção Dados do IIS mostram que a pecuária tradicional tem se revelado ineficiente ambiental e economicamente ao ocupar 75 da área desmatada na Amazônia contribuir com cerca de 40 das emissões de CO2 do Brasil e responder por menos de 3 do Produto Interno Bruto PIB brasileiro na última década O levantamento piloto feito pelo IIS nas fazendas de Alta Floresta concluiu que uma área de 300 mil hectares área total a ser intensificada para evitar novos desmatamentos na região seria suficiente para evitar a abertura de novas áreas até 2030 Pelos cálculos de Strassburg esse esforço em prol da intensificação sustentável demandaria um investimento total de aproximadamente R 740 milhões nos próximos 15 anos e mitigaria a emissão de 203 milhões de toneladas de CO2 A expansão da pecuária na Amazônia tem sofrido pressões por causa de seus impactos ambientais e baixo desempenho socioeconômico e este é um cenário possível que pode mudar o panorama atual completa o pesquisador O estudo identificou que alguns produtores rurais já vêm investindo na melhoria da produtividade mas o investimento isolado é insuficiente para alcançar uma transformação da pecuária na escala regional pondera a diretora de Pesquisa do IIS Agnieszka Latawiec Uma das estratégias apontadas pelo estudo para intensificar a pecuária é a Integração Lavoura Pecuária ILP e Integração Lavoura Pecuária Floresta ILPF Segundo o diretor executivo do IIS os sistemas integrados podem apresentar viabilidade técnico econômica e ser uma alternativa à recuperação de áreas degradadas e ao aumento da produção sem desmatamento além de apresentar ganhos em aspectos socioambientais Esta tecnologia tem sido incentivada pelo governo brasileiro especialmente na linha de crédito Agricultura de Baixo Carbono ABC devido os benefícios com baixa emissão de Gases de Efeito Estufa GEE e fixação de carbono no solo disse Outras iniciativas complementares são propostas para garantir o sucesso da intensificação sustentável e evitar desmatamento futuro Entre elas a ampliação da assistência técnica e a consolidação do Programa Estadual de Regularização Ambiental Rural assegurando regras claras e estáveis e agilidade no andamento dos processos no órgão ambiental Em Mato Grosso e no restante do país a maior demanda pelos recursos do Programa Agricultura de Baixo Carbono ABC é para investimento na pecuária principalmente em recuperação de áreas degradadas Conforme o estudo Invertendo o sinal de carbono da agropecuária brasileira Uma estimativa do potencial

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/pecuaria-segue-lucrativa/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Confirmado fechamento de frigorífico em Cuiabá; 18 pararam em 2 anos | Abrafrigo
    No início de maio a unidade de São José dos Quatro Marcos também teve os abates suspensos sob a mesma alegação de falta de matéria prima Naquele momento mais de 700 pessoas estavam empregadas no frigorífico De acordo com o Sindicato das Indústrias de Frigoríficos do Estado de Mato Grosso Sindifrigo MT existem 43 frigoríficos no Estado mas desse total 18 já encerraram as atividades nos últimos 24 meses O prejuízo para a cadeia produtiva da bovinocultura bem como o impacto econômico das cidades diretamente atingidas ainda não foi contabilizado ou pôde ser mensurado Um dos recentes que suspendeu abates foi o Frialto em Sinop dispensando cerca de 550 funcionários A planta estava operando com aproximadamente 40 de sua capacidade devido a falta de matéria prima Mas a escassez de bovinos deverá persistir ao longo do ano Conforme levantamento realizado trimestralmente pelo IBGE desde o ano passado o número de animais abatidos vem recuando a cada novo estudo E 2015 não tem sido diferente O ano começou com retração nos abates No acumulado dos primeiros três meses do ano dados mais recentes divulgados pelo IBGE o recuo foi de 13 4 quando comparado ao mesmo período do ano passado O saldo mato grossense desse trimestre é quase o dobro da redução registrada em nível nacional que foi de 7 7 Mesmo com um desempenho negativo o Estado segue líder no envio de bovinos aos frigoríficos A realidade Conforme dados apurados pela Associação dos Criadores de Mato Grosso Acrimat por meio dos registros feitos pelo Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso Indea MT Mato Grosso oferta em 2015 o menor estoque de bovinos machos com mais de 24 meses dos últimos nove anos Esses bovinos nessa faixa etária é que movimentam as escalas de abate dos frigoríficos e que preenchem

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/confirmado-fechamento-de-frigorifico-em-cuiaba-18-pararam-em-2-anos/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Brucelose/MT: prazo para comunicar vacina se encerra no próximo dia 10 | Abrafrigo
    Na última etapa de vacinação o índice de vacinação atingiu 95 45 do rebanho Conforme o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso Indea MT 80 das propriedades rurais do Estado cumpriram com a obrigação de imunizar o rebanho As bezerras deverão receber a marca com a letra V acompanhada do algarismo final do ano da vacinação no lado esquerdo da cara exemplo V5 É proibida a vacinação em machos de qualquer idade e de fêmeas com idade superior a oito meses A aplicação da vacina deve ser feita por médico veterinário ou vacinador sob sua supervisão O médico veterinário e gerente de Relações Institucionais da Associação dos Criadores de Mato Grosso Acrimat Nilton Mesquita alerta para a necessidade de manter os animais livres da doença Conforme ele é interessante para o Estado a erradicação da doença pois sem registros dela se pode agregar valor à comercialização da carne mato grossense Ele explica que a brucelose é uma doença que interfere na fertilidade do rebanho e pode ser transmitida para o homem portanto é uma zoonose A comunicação da vacinação do rebanho deve ser feita junto ao Indea MT Os pecuaristas que não registrarem a imunização dos animais terão que pagar 2 25 UPF MT Unidade Padrão Fiscal em Mato Grosso por animal não vacinado aproximadamente R 243 por cabeça Além disso o produtor perde o direito de emitir a Guia de Trânsito Animal GTA necessária para a comercialização do rebanho Em 2014 foi feita a coleta de material de fêmeas acima de 24 meses de idade para um novo estudo sorológico realizado pelo Laboratório de Apoio a Saúde Animal Lasa e pelo Laboratório Nacional Agropecuário Lanagro em Pedro Leopoldo Minas Gerais A análise deve ser concluída no final deste ano e então serão apresentados dados atuais da prevalência da

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/brucelosemt-prazo-para-comunicar-vacina-se-encerra-no-proximo-dia-10/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Estoque para abate de bovinos é o menor desde 2011 em Mato Grosso | Abrafrigo
    o ano seguinte de acordo com os cálculos do Imea o estoque de machos do Estado deve ser 1 6 maior do que neste ano com cerca de 3 96 milhões de cabeças Tendo em vista uma relativa maior oferta de machos para o ano que vem e a atual conjuntura econômica previsões de queda do PIB e aumento do desemprego o cenário é de incerteza em relação ao mercado

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/estoque-para-abate-de-bovinos-e-o-menor-desde-2011-em-mato-grosso/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Rebanho confinado deve crescer meio milhão de cabeças | Abrafrigo
    4 estão efetivamente degradas Classificamos os pastos em cinco níveis de qualidade O pior nível é o que classificamos como degradado quando não há mais stand de plantas suficientes para recuperação ou seja o pasto deve ser reformado Quanto antes o produtor interferir nesse processo menor o custo e o risco ambiental explica No momento em que estiveram em campo técnicos do Rally detectaram também maior volume de pasto por animal em comparação ao ano passado Choveu na maior parte das regiões pecuárias o que favorece a rebrota do pasto e a disponibilidade de capim Verificamos que a sobra de massa de pasto não consumido em 2015 é muito maior do que se esperava em torno de 10 da matéria seca Em anos anteriores esse volume variou de 35 a 50 Essa informação reforça o conceito defendido pela Agroconsult organizadora do Rally da Pecuária de que a massa de capim compensa as emissões de carbono sequestrando mais que o bovino pode emitir esclarece o coordenador do projeto Investimento em iLPF Produtores entrevistados durante o Rally da Pecuária apontaram que do total de 1 04 milhão de hectares de pastagens 45 mil hectares são voltados à integração lavoura pecuária floresta iLPF Há intenção de começar novos projetos de iLPF em 36 8 mil hectares nos próximos anos Já sob o ponto de vista dos agricultores a integração é vantajosa e há planos de investimento nesse sistema A integração com pecuária está presente ou nos planos de 50 das fazendas que responderam questionários do Rally da Safra 2015 ou seja 380 produtores do Mato Grosso Goiás Minas Gerais Bahia e Paraná Os mesmos agricultores indicam que 35 6 dos animais serão terminados em confinamento complementa André Pessôa sócio diretor da Agroconsult que também organiza o Rally da Safra O Rally da Pecuária

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/rebanho-confinado-deve-crescer-meio-milhao-de-cabecas/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Baixa oferta de gado leva 18 frigoríficos a fecharem em Mato Grosso; JBS para em Cuiabá | Abrafrigo
    de 3 9 milhões de cabeças prontas para o abate em 2015 O resultado é o pior dos últimos nove anos De acordo com a Associação dos Criadores de Mato Grosso Acrimat o baixo estoque de machos é reflexo do grande volume de matrizes encaminhadas para o abate entre 2011 e 2013 o que comprometeu a oferta de animais para reposição Entre 2011 e 2013 o volume de fêmeas destinadas para o abate era superior a 50 do volume total de animais encaminhados para os frigoríficos Uma recuperação tende a ser sentida a partir de 2016 Em meados de junho o Grupo Frialto paralisou suas atividades em Sinop na planta de abate e processamento de carnes Com a parada das atividades 700 funcionários foram dispensados Nesta quinta feira 02 a JBS anunciou a suspensão das atividades na unidade de Cuiabá Conforme nota encaminhada pela sua assessoria de imprensa a suspensão dos trabalhos se deve à baixa disponibilidade de matéria prima em algumas regiões do país que tem provocado um sistemático aumento da ociosidade na indústria nacional Em entrevista ao Agro Olhar o presidente do Sindifrigo Luiz Freitas revelou que a capacidade instalada de abate e processamento de carne em Mato Grosso é duas vezes maior que a oferta de animais Segundo Luiz Freitas o setor em Mato Grosso opera na ociosidade há aproximadamente dois anos Nada mais é que um ciclo da pecuária Isso é verificado a mais ou menos a cada seis anos Estamos a cerca de quatro anos com o rebanho praticamente estagnado Em todas as regiões do estado há plantas com atividades paralisadas Questionado sobre prejuízos Luiz Freitas salientou que não há como quantificar porém ressaltou que as unidades fechadas possuem condições de voltar a operar assim que a oferta de animais se recuperar Já vivemos situações

    Original URL path: http://abrafrigo.com.br/noticias-abrafrigo/baixa-oferta-de-gado-leva-18-frigorificos-a-fecharem-em-mato-grosso-jbs-para-em-cuiaba/ (2015-10-13)
    Open archived version from archive