archive-br.com » BR » A » ADONLINE.COM.BR

Total: 824

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • adBlog -O estranho mundo do futebol- Por:Marco Schuster
    ter alguma relação com a importância das atividades E acho que definir políticas para combater miséria e crises econômicas é muito mais importante que recomendar bebida alcoólica Mas é economia de mercado me dizem é ingenuidade pensar assim Então vou em frente Neymar e Ronaldo apenas lucram num mundo à parte o do futebol A entrevista arrasa quarteirão que Ricardo Teixeira o presidente da CBF que organiza a parte brasileira deste deu à revista Piauí é uma mostra disso Para a repórter Daniela Pinheiro ele disse que poderia qualquer maldade e nada iria acontecer Ele tem poder e contou que silenciou as denúncias da Globo contra ele trocando a hora de um Brasil X Argentina para 19h45min dando prejuízo à emissora porque não pode veicular anúncios no seu horário mais caro Houve indignação generalizada ele nem ligou porque joga as regras do mundo do futebol Um mundo tão independente do nosso que tem justiça própria E por vezes absurda Uma de suas regras pune o crime de opinião Aconteceu com Roberto Siegmann juiz do trabalho no nosso mundo e dirigente do Internacional no mundo do futebol Ele discordou da arbitragem depois de um Gre Nal e foi bastante infeliz mas não prejudicou o espetáculo não tumultuou o jogo nada disso A Federação ou um tribunal especial do futebol gaúcho achou a opinião ofensiva e o proibiu de dar entrevistas sobre futebol Ficou uns dias calado até que estourou uma crise interna no clube e ele falou e assegurou que poderia falar porque a pena era inconstitucional Eu vibrei com a decisão dele enfim aparecia alguém suficientemente corajoso para enfrentar essa norma inaceitável Ameaçaram puni lo novamente Ele não deu mais entrevistas O Internacional está escaldado em 2005 foi ameaçado de ser desclassificado burocraticamente para a segunda divisão porque um associado

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/blog/Marco-Schuster-7/216-o-estranho-mundo-do-futebol.html (2016-02-18)
    Open archived version from archive


  • adBlog -As fantásticas reuniões da CooJornal- Por:Marco Schuster
    entre nós e com os clientes financiadores das publicações Chegou se a 30 delas o que significava em média uma reunião de pauta por dia Mas duas reuniões lideravam o ranking da nossa preferência a do CooJornal e a da CooJornal Nesta segunda se discutia o trabalho da firma Uma vez o colegiado vetou a contratação de um boletim porque o dono da empresa estaria ligado ao governo militar A reunião do jornal costumava reunir quem trabalhava no dia a dia e colaboradores externos Começava com uma análise da edição anterior e se projetava algumas pautas da próxima Mas as principais matérias só se sabia quando o jornal estava impresso Questão de segurança Eram reuniões de três quatro horas quase sempre acaloradíssimas porque era um grupo de pessoas que gostava de confrontar ideias Principalmente quando o assunto era política governo militar oposição e o tipo de jornalismo a ser feito naquela situação São boas lembranças Havia dois marxistas na Coojornal Jorge Polidoro e Marcelo Lopes que não se entendiam Polidoro adorava as expressões salto de qualidade e dialética já o saudoso Marcelo era fã da frase intelectual orgânico Havia um terceiro marxista Nilson Figueiredo diagramador como Polidoro mas discordava dos dois Muita gente dali tinha lido Marx Gramsci sem virarem seus seguidores o que resultava num mosaico de opiniões muito interessante onde o ponto comum era fazer jornalismo de verdade e lutar pela democracia Esse ambiente inspirou a criação de um grupo para debater História claro tentando contestar a historiografia oficial Pelo menos dois historiadores participaram dessas reuniões Décio Freitas recém chegado do exílio e o iniciante Mário Maestri Mas o sonho mesmo era um semanário a gente fez um mural brincando com isso chamado Enfim um semanário que finalmente circulou no início dos anos 1980 Deveria ser O Rio

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/blog/Marco-Schuster-7/168-as-fantasticas-reunioes-da-coojornal.html (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adBlog -Por um punhado de terra- Por:Marco Schuster
    Antônio Fagundes vai beijar Camila Pitanga É que enfiar mãos na terra úmida no início de semana provoca boas sensações Plantei uma costela de Adão que a Ana Lúcia há anos procurava provisoriamente num balde de plástico Uma vez uma botânica me assegurou para minha surpresa que as plantas adoram os vasos plásticos Esteticamente prefiro os de barro Boas sensações trazem esperanças Por exemplo que o Inter e seus torcedores se convençam que têm um time excelente e não precisa de reforços E que o Grêmio faça algum anúncio importante e positivo ainda hoje De preferência ao meio dia Enquanto escrevo minha mulher continua tratando das nossas terras O noticiário político de nossos dois principais jornais está muito interessante O Correio do Povo abordou domingo uma crise na oposição gaúcha e hoje a resposta do PP aos ataques proferidos por PMDB e PSDB Já a ZH fala de um levante interno do PT contra as nomeações do governo do Estado Alguns e mails ameaçam que a militância não fará campanha na próxima eleição São duas matérias distintas tratando das consequências da mesma agenda ainda não temos meio ano de governos federal e estadual e todos os partidos já estão se mexendo para eleger prefeitos e vereadores no ano que vem Porém sábado 14 de maio completaram se nove anos da morte de José Lutzenberger Houve homenagem na Feira Ecológica em frente à Redenção nossos jornais registraram É um assunto tratado com leveza assim como eu mexo com terras do meu pátio esporadicamente Talvez o instinto tenha me levado a isso pois essa é uma semana ecológica Apesar de ser tratada com leveza quando se fala de Lutzenberger ou como um sonho de futuro Ecologia envolve um jogo pesado taí a discussão do Código Florestal São raras as matérias e explicações

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/blog/Marco-Schuster-7/152-por-um-punhado-de-terra.html (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adBlog -Ifigênia morreu pela pátria- Por:Marco Schuster
    marcante são as músicas do Pink Floyd álbuns Final Cut The Wall feitas por Roger Waters para retratar os efeitos das guerras do século 20 No discurso de adeus passada a rebeldia e decepção com o pai Ifigênia declara Eis me aqui meu pai dou espontaneamente minha vida por nossa pátria Se depender de minha morte apenas gregos sereis felizes e colhereis a vitória e voltareis à pátria cobertos de glória Deixo a vida para entrar na história é a frase de Getúlio Vargas Mas não eu tinha nem um ano quando foi escrita Já o verso proibido em 1968 nos quartéis lhe ensinam a antiga lição de morrer pela pátria e viver sem razão eu ouvi É o guerreiro Aquiles num diálogo que revela o segredo por trás dessas frases o objetivo real da guerra é saquear Troia Toda aquela conversa de resgate da honra e tal era apenas recurso discursivo A disputa é sempre por poder Acho que Alabarse acertou ao fazer esta relação entre a música de Pink Floyd e o texto de Eurípedes para mostrar como alguns discursos se mantêm para legitimar guerras Quando não é um oráculo a interpretar mensagens divinas é um estrategista a interpretar telegramas fotos infravermelhas relatos de agentes secretos etc Agamenon teve seu momento de dúvida recebeu solidariedade do irmão Menelau o marido de Helena mas concluiu que não poderia recuar porque todo o exército riria dele A razão de estado era superior ao amor paterno Também não chega a matar a filha pois corpo dela desaparece segundos antes do golpe e misteriosamente substituído por uma corça O corpo de Bin Laden um filho da CIA também sumiu acréscimo duas horas depois Bin Laden não era um inocente como Ifigênia A única semelhança que quis falar foi sobre o sumiço do

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/blog/Marco-Schuster-7/138-ifigenia-morreu-pela-patria.html (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adBlog -Isso vai dar certo?- Por:Marco Schuster
    entramos para comprar aveia azeitona e coisas do gênero Mas como era época de Páscoa havia também um simpático coelho de fazenda que imediatamente associei aos da Feira de Artesanato local Erro quando chegamos em casa verficamos a etiqueta made in China os da feira eram gramadenses É um pouco engraçado descobrir que a gente importa até artesanato e com preços bons na hora da compra mas também é meio triste Nem preciso citar a lista de importados chineses Até aquele abrigo que o Fidel Castro usa agora depois que abandonou a farda militar é de lá A não ser que seja uma pirataria cubana mas se fosse acho que a dona da marca já teria protestado Algo está errado ou vai dar errado diz minha sociologia de botequim e parece certa até aparecer um sociólogo de verdade e dizer o contrário desde que não seja chinês Importar um guerreiro de terracota tá certo mas um coelhinho de pano Tweet Comentários Blogueiro Marco Schuster marcoafschuster gmail com Mestre em Comunicação Últimos posts de Marco Schuster Lauro Quadros um Pai Fundador da crônica esportiva O caso Harry Quebert e a direita do Livro O publicitário Luiz Taddeo no mundo de Ellery

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/blog/Marco-Schuster-7/128-isso-vai-dar-certo.html (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adBlog -Baixou o cronista esportivo- Por:Marco Schuster
    do Real e em seguida outra de quatro jogadores Faltou espaço para a velocidade de Messi e de todo o Barcelona Mas até hoje ninguém conseguiu e ainda não consegue jogar assim 90 minutos No segundo tempo o Real Madri manteve a mesma postura mas no seu campo e também correu menos Fui suficiente para suportar a pressão do Barcelona Quando eu era repórter esportivo havia uma enorme crítica a muitos times do interior do estado que se comportavam assim oito ou nove se defendendo um centroavante isolado Eram chamados de retranqueiros Na maioria dos jogos com a dupla Gre Nal perdiam por 1 a 0 mas às vezes conseguiam empatar e até ganhar Hoje esta postura tem o nome bonito de duas linhas de quatro mas é a mesma velha retranca Só que feita com jogadores de muita qualidade que num contra ataque que encontra Cristiano Ronaldo faz o gol necessário do título Daltro Menezes que treinou o Inter de 1969 a 1972 Ernesto Guedes Francisco Neto Marcos Eugênio Pastelão são alguns desses treinadores pioneiros das duas linhas de quatro que merecem reverência nesse momento e não o xingamento de retranqueiros com que eram tratados nos anos 70 e 80 Pois depois de anos essa estratégia voltou no Gauchão de 2011 e a distância entre dupla Gre Nal e os outros diminuiu com excelentes resultados O Real ganhou porque Mourinho aprendeu mais que o rival Guardiola em cinco meses no primeiro confronto dos dois em novembro deu Barcelona 5 a 0 No segundo empate de 0 a 0 E Mourinho teve que ouvir frases dizendo que seu futebol não era espetáculo Cruyff disse que não treinava futebol mas títulos Ironicamente acertou Mas Mourinho viu que tinha menos jogadores talentosos que Guardiola e olha que esse é muito bom e

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/blog/Marco-Schuster-7/126-baixou-o-cronista-esportivo.html (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adBlog -Vou desobedecer civicamente- Por:Marco Schuster
    A outra emenda não entendi direito do deputado Carlos Gomes PRB determina que todos os órgãos instituições empresas e fundações públicas poderão priorizar na redação de seus documentos oficiais da palavra escrita a utilização da língua portuguesa segundo o site da Assembleia Não priorizavam o uso da lingua portuguesa até agora Eu até fiz uma brincadeira com a proposta achando que era dessas discussões que se estenderiam no tempo e como tem muita coisa importante para tratar na nossa política ficaria de lado Não brinco mais Carrion esclareceu que palavras dicionarizadas não entram na lei Corri para o meu Caldas Aulete digital e lá encontrei mouse Acessório dotado de um ou mais botões us para controlar o cursor na tela de monitor indicando e selecionando opções abrindo arquivos programas etc Que alívio Nada de ratos no meu laptop também tá no dicionário assim como desktop e notebook E mail também está Assim como a arma alemã mauser Mas twitter não Vamos ter que usar chilro mesmo Quer saber que uma coisa Desobediência civil para essa lei vamos continuar vivendo e escrevendo como fizemos até agora Tweet Comentários Blogueiro Marco Schuster marcoafschuster gmail com Mestre em Comunicação Últimos posts de Marco

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/blog/Marco-Schuster-7/124-vou-desobedecer-civicamente.html (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adBlog -Alguém aí vai chilrear?- Por:Marco Schuster
    de computadores exatamente qual era a vertente faz tu anos 1930 portanto que também tinha esse nobre desiderato Em vez de futebol ludopédio em vez de chofer que veio do francês chaufeur cinesífero Não deu certo Mas a vida é tentativa Viver é lutar também do Gonçalves Dias Jornalistas e publicitários usam palavras que a maioria entende E certamente todo mundo vai entender quando um computador vier com a informação pressione o botão direito de seu rato Tenha fios ou não E o aparelho terá leitor de Raio Azul e também se comunicará com o televisor através de seus dentes azuis Essa lei vai eliminar uma trabalheira que todo brasileiro passa o de assumir atropofagicamente como queria Oswald de Andrade vai procurar no buscador palavras estrangeiras ver como elas podem ser úteis e usar ao nosso gosto Agora uma comissão de gente que estuda muito vai facilitar Levamos anos transformando shoot em chute e criar o verbo chutar e depois criar o sentido figurado Tudo isso seria evitado se houvesse a lei que dissesse To shoot é atirar portanto use atirar Não haveria chutes nos vestibulares Mal se inventou o twitter e já estamos escrevendo tuitar Agora já sabemos nossa

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/blog/Marco-Schuster-7/121-alguem-ai-vai-chilrear.html (2016-02-18)
    Open archived version from archive