archive-br.com » BR » A » ADONLINE.COM.BR

Total: 824

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • adBlog | O circo do Feliciano - por:Tadeu Viapiana
    ele foi eleito por seus pares Num acordo diga se de passagem feito por todos os partidos Se ele foi eleito tem todo o direito de ocupar o cargo Se antes da eleição não lhe pediram atestado ideológico não vale pedir depois Se foi eleito pelos seus pares só eles podem tirá lo de lá Contudo Feliciano está errado Apesar de eleito pelo que disse não tem mais condições de presidir a comissão Os que protestam contra ele alegam o deputado é preconceituoso que é homofóbico e racista Que não tem condições de presidir uma comissão importante como a de direitos humanos Acho que têm razão Mas erram ao impedir a comissão de trabalhar ou querer tirá lo de lá na marra O deputado Feliciano acabará deixando o cargo Mas deve sair porque seus pares assim desejam e não porque os militantes ordenam Mas o que não se pode aceitar é que o país pare por uma semana para tratar do assunto Feliciano Enquanto isso as correções da prova do ENEM a inflação a dengue a paralização das obras do PAC dos portos as estradas esburacadas a corrupção deixa prá lá isso não tem graça O circo do Feliciano é

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/ad2005/blog/coluna_detalhes.asp?idBlog=475 (2016-02-18)
    Open archived version from archive


  • adBlog | Tadeu Viapiana
    Nos últimos dias de 2012 a equipe econômica concebeu um conjunto de medidas que a imprensa chamou de manobras contábeis contabilidade criativa e manipulação contábil para aumentar artificialmente o superávit primário a diferença entre o que o governo arrecada e gasta exceto os juros da dívida O superávit primário é um importante indicador pois Continuar lendo 0 comentário s Visões sobre a liberdade 02 01 2013 Os americanos estão de novo envolvidos num debate intenso sobre o controle das armas de fogo Na verdade o debate não é sobre armas mas sobre a liberdade É sobre direitos e seus limites não sobre como evitar a violência Na essência os argumentos são os seguintes os anti armas dizem que a tarefa de defender a sociedade dos criminosos é do Continuar lendo 0 comentário s Por que as obras públicas atrasam e são mais caras 13 12 2012 Por que as obras privadas acontecem são entregues no prazo e as obras do governo atrasam e custam mais caro A Arena do Grêmio uma grande obra foi concluída no prazo Em menos de dois anos O novo estádio do Inter está com seu cronograma em dia Será finalizado no início de 2014 Ambas obras privadas Enquanto isso há mais Continuar lendo 0 comentário s As causas da corrupção 06 12 2012 A ONG Transparência Internacional divulga todos os anos um ranking dos países mais corruptos As notas são distribuídas numa escala de 0 a 100 Quanto mais próximo de zero mais corrupto é o setor público de cada país No ranking de 2012 o Brasil ocupa o nada honroso 69 lugar A corrupção tem consequências nefastas não apenas porque desvia recursos públicos Continuar lendo 0 comentário s Hora de parar e pensar 28 11 2012 Acabou de sair mais uma notícia ruim para

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/ad2005/blog/index.asp?blog=6&pagina=3 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adonline - adBlog - Daniel Ferreti
    do individualismo Página Inicial Blog Daniel Ferreti ATENÇÃO Todos os comentários passarão por revisão antes de serem publicados o que poderá retardar a publicação de seu comentário BLOGUEIROS ADONLINE Lucio Pacheco Quem é Cyborg levanta a mão Duda Tajes Se você quer um milagre procure uma igreja Luciano Vignoli O rolezinho como força política Ricardo Salvador Projetando uma Empresa sob a ótica do Design de Serviços Festival de Gramado 2015

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/ad2005/blog/coluna_detalhes2.asp?idBlog=841 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adonline - adBlog - Lucio Pacheco
    Federal e o Big Data 26 08 2014 Ideias O que fazer com tantas 31 07 2014 Um segmento rosa de refrigerantes Página Inicial Blog Lucio Pacheco ATENÇÃO Todos os comentários passarão por revisão antes de serem publicados o que poderá retardar a publicação de seu comentário BLOGUEIROS ADONLINE Ricardo Salvador Projetando uma Empresa sob a ótica do Design de Serviços Lucio Pacheco Quem é Cyborg levanta a mão Evandro

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/ad2005/blog/coluna_detalhes2.asp?idBlog=794 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adBlog | 50 tons de verde, amarelo e azul. - por:Lucio Pacheco
    do resultado contra a Croácia o preço subiu Ontem após o empate como está o preço Tem gente vendendo mantendo ou comprando na media de preço Valendo o mesmo mais ou menos os acessórios são os mesmos O que muda é a percepção Os vários tons para ficar na linha dos 50 de cinza Essa dinâmica do varejo formal ou informal que o povo faz de pá nas costas é uma das disciplinas mais sofisticada para estabelecer preço do intangível nos termos do marketing Branding Técnicas de percepção Tendências e ai vem mais Os fatores que levam um consumidor dar mais ou menos são subjetivos Já até foram chamados de fetiche na economia comunista A sociedade capitalista já viu até a Grande Depressão por perda de confiança dos investidores e todos os dias as bolsas cuidam para o valor intangível não cair puxando os capitais para baixo Cada marca cuida do seu capital Esse simples mecanismo de rua por mais simples e primata que sejam é o mais difícil de se prever no mundo das marcas e seus valores simbólicos Os vendedores entendem de procura oferta como sabem escalar a seleção Percepção continua sendo o grande negocio da sociedade capitalista

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/ad2005/blog/coluna_detalhes.asp?idBlog=749 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adBlog | A marca da cidade de Itá. - por:Lucio Pacheco
    de Garibaldi e Morro de São Paulo que participei fui à Itá em Santa Catarina para assistir a palestra do meu amigo Mário Castelar no Congresso da ADJORI SC O clima do encontro era como os jornais do interior iriam enfrentar a concorrência do meio digital Qual o novo papel do jornal jogando com palavras Fiquei surpreendido em saber que no grande lago ao lado do complexo do hotel que estávamos existia uma Itá submersa há 21 anos Da cidade existe ainda as Torres da Igreja no meio do lago que negou a sua demolição E a uma outra uma cidade que estávamos veio substituir a histórica Tecnicamente a troca de uma pela outra se deu como planejada Pessoas de um lugar na cidade antiga iam para outra na nova cidade apesar de inúmeras manifestações e reações dos moradores Essa parece que foi a menor dificuldade a ser vencida O grande problema e ainda presente foram os simbolismos Lugares que pessoas nasceram se criaram estudaram casaram e passaram infâncias juventudes ficaram submersas Sentem saudades ainda muitos dos moradores Tentando ver a cidade como marca entendendo as suas associações imagem identidade e outros aspectos a substituição dos simbolismos deve levar uma geração considerando que novos símbolos vitais preencham a lembrança das pessoas Surpreendente é que isso parece estar acontecendo muito bem através da musica culinária arte danças e entidades que mantém acessa a chama de uma cidade que mudou de lugar Itá não se chama a Nova Itá Itá é uma Lovemarks uma idéia e não depende de onde foi reconstruída Uma agência de publicidade poderia até planejar o tempo e comunicação a ser feita para a mudança mas não teria como acelerar o processo de nascimento e morte dos seus símbolos Cabe aos jornais da região uma ajuda nesse papel

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/ad2005/blog/coluna_detalhes.asp?idBlog=748 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adBlog | A Bandeira volta a tremular Ordem e Progresso. - por:Lucio Pacheco
    símbolo maior uma frase Essa tendência passou para diversos Estados da federação que adotaram frases nas suas bandeiras Nesse caso o texto tem a função de abstrair um pouco da imaginação das pessoas a imagem gráfica da bandeira orientando o sentido que ela pretende transmitir Ela resiste por decreto mudanças a sua volta Em tempos de cidadania dá para ver que a frase e conceito da bandeira não tem funcionado muito bem Bom mas está ali como conceito da Marca Brasil Agora porque as bandeiras de outros países mais avançados não usam texto há séculos A mídia vem migrando cada vez mais para uma comunicação não verbal priorizando o uso de imagens em substituição das palavras Godard já dizia que a imagem e o texto não podem viver separados um seria a mesa e o outro a cadeira Uma das explicações para essa tendência de imagens sem textos é a ausência de tempo para a leitura das mensagens A nossa publicidade que está baseada muito nos fundamentos da publicidade americana a compreensão da mensagem se faça na primeira vez que o telespectador assiste ao comercial está se refazendo os seus fundamentos tendo em vista a multipilicidade e comjugação dos meios Não só o tempo das pessoas como também o espaço dos veículos de comunicação forçam uma comunicação mais simplificada das imagens Dessa maneira a linguagem da comunicação está de volta às tendências dos tempos tribais com a mistura de letras e imagens Não é alguma coisa parecida com uma carta enigmática Hoje certamente teria outro nome visto que o enigmático é cada vez menor na comunicação e muito temporal A substituição de parte dos textos está sendo possível em muitos casos porque a imagem já traz explicitamente o seu sentido ao contrário da arte que necessita da subjetividade Os críticos

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/ad2005/blog/coluna_detalhes.asp?idBlog=745 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • adBlog | Afinal, o que é o Design Thinking? - por:Lucio Pacheco
    Beatriz Russo que bem mostram teoria e prática da disciplina O livro chama se Design Thinking Inovação em negócios Aqui uma introdução ao texto publicado no livro Embora o nome design seja frequentemente associado à qualidade e ou aparência estética de produtos o design como disciplina tem por objetivo máximo promover bem estar na vida das pessoas No entanto é a maneira como o designer percebe as coisas e age sobre elas que chamou atenção de gestores abrindo novos caminhos para a inovação empresarial O designer enxerga como um problema tudo aquilo que prejudica ou impede a experiência emocional cognitiva estética e o bem estar na vida das pessoas considerando todos os aspectos da vida como trabalho lazer relacionamentos cultura etc Isso faz com que sua principal tarefa seja identificar problemas e gerar soluções Ele entende que esses problemas são de natureza diversa e que é preciso mapear a cultura os contextos as experiências pessoais e os processos na vida dos indivíduos para ganhar uma visão mais completa e assim melhor identificar as barreiras e gerar alternativas para transpô las Ao investir esforços nesse mapeamento o designer consegue identificar as causas e as consequências das dificuldades e ser mais assertivo na busca por soluções O designer sabe que para identificar os reais problemas e solucioná los de maneira mais efetiva é preciso abordá los sob diversas perspectivas e ângulos Assim prioriza o trabalho colaborativo entre equipes multidisciplinares que trazem olhares diversificados e oferecem interpretações variadas sobre a questão e assim soluções inovadoras Trabalha em um processo multifásico e não linear chamado fuzzy frontend que permite interações e aprendizados constantes Isso faz com que o designer esteja sempre experimentando novos caminhos e abertos a novas alternativas o erro gera aprendizados que o ajudam a traçar direções alternativas e identificar oportunidades para

    Original URL path: http://www.adonline.com.br/ad2005/blog/coluna_detalhes.asp?idBlog=740 (2016-02-18)
    Open archived version from archive