archive-br.com » BR » C » COLGATE.COM.BR

Total: 949

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Dicas para parar de chupar o dedo
    as crianças param de chupar o dedo entre 2 e 4 anos de idade mas devem parar definitivamente até os dentes anteriores permanentes estarem prontos para irromper Chupetas também podem causar problemas dentais mas geralmente é um hábito mais fácil de ser interrompido A ADA oferece as seguintes dicas para parar com o hábito de chupar o dedo Elogie as crianças quando não estiverem chupando o dedo em vez de repreendê las quando estiverem As crianças geralmente chupam o dedo quando se sentem inseguras ou precisam de conforto Concentre se em corrigir a causa da ansiedade e ofereça conforto para seu filho Para crianças maiores envolva as na escolha do método para parar o hábito Seu dentista pode oferecer estímulos para a criança e explicar o que pode acontecer aos dentes se ela não parar de chupar o dedo Se as dicas acima não funcionarem faça a criança se lembrar do hábito enfaixando o dedo ou colocando uma meia na mão durante a noite Seu dentista ou pediatra também pode prescrever uma medicação amarga para passar no dedo ou o uso de um aparelho ortodôntico Associação Dental Americana Todos os direitos reservados Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana Conteúdos Relacionados Chupar o Dedo 5 Paternidade 37 Crianças 57 ARTIGOS RELACIONADOS SAÚDE BUCAL DAS CRIANÇAS Visão geral Tome bastante cuidado com os dentes de leite de seu bebê Eventualmente eles cairão mas até que caiam os dentes do bebê desempenham uma função importante ao auxiliar a criança a morder e mastigar alimentos além de falar claramente Muitos dos mesmos tratamentos e opções de avaliação que os adultos têm também estão disponíveis para crianças Esses incluem raios x selantes dentais tratamento ortodôntico entre outros O que esperar durante a SAÚDE BUCAL DAS CRIANÇAS Dentes

    Original URL path: http://www.colgate.com.br/pt/br/oc/oral-health/life-stages/childrens-oral-care/article/ada-11-tips-to-break-thumb-suckers (2015-12-27)
    Open archived version from archive

  • Efeitos de doenças autoimunes na saúde bucal
    distúrbio autoimune Muitas dessas doenças possuem os mesmos sintomas como fadiga tonturas e febre baixa Hereditariedade e hormônios desempenham importante papel na incidência e nos sintomas das doenças As alterações hormonais podem fazer com que o sintomas sejam modificados às vezes para melhor e às vezes para pior Há algumas manifestações bucais de algumas doenças autoimunes Doenças que afetam a saliva A síndrome de Sjögren é a segunda doença autoimune mais comum de acordo com a Medscape Cerca de 90 dos doentes são mulheres e cerca de 3 de todas as mulheres com mais de 50 anos possuem a doença Alguns casos de síndrome de Sjögren estão associados com a artrite reumatoide Essa doença ataca as glândulas provocando secura nos olhos na boca e em outros tecidos do corpo Pessoas que sofrem dessa doença podem ter problemas para comer e mastigar A saliva de alguns pacientes tem consistência espessa e outros pacientes nem chegam a produzi la Em ambos os casos esses sintomas prejudicam o paladar e a fala e aumentam a possibilidade de desenvolvimento da cárie dentária A língua pode ficar ressecada e algumas vezes fissurada por causa da mudança na saliva Pacientes com síndrome de Sjögren muitas vezes contraem infecção fúngica na boca chamada candidíase Uma boa higiene bucal e dental e consultas frequentes ao dentista são necessárias para minimizar os efeitos dessa doença Doenças que afetam a boca A Doença de Crohn envolve todo o trato GI gastrointestinal Essa doença geralmente ocorre em pacientes na casa dos 20 e 30 anos mas também pode ocorrer em idades mais avançada em torno dos 60 e 70 anos A doença de Crohn afeta a cavidade bucal em 8 a 29 dos pacientes que possuem essa doença Os sintomas bucais da doença de Crohn incluem inchaço da gengiva úlceras na boca e inchaço dos lábios Esses sintomas podem causar dificuldade para comer e podem estar entre os primeiros sintomas da doença que aparecem O lúpus eritematoso sistêmico causa danos a partes do corpo incluindo pele juntas e rins Ele se desenvolve principalmente em mulheres jovens mas pode afetar pessoas de ambos os sexos em qualquer idade Essa doença causa febre perda de peso e erupção em formato de borboleta no nariz e bochechas A manifestação bucal mais significativa são as úlceras da boca pode ser que as lesões não causem dor ao paciente A psoríase é uma doença autoimune da pele Normalmente se desenvolve em pacientes na casa dos 20 e 30 anos O couro cabeludo os cotovelos e os joelhos ficam com placas brancas descamativas Embora a psoríase não seja comum na boca as lesões bucais podem ocorrer nos lábios língua palato e gengiva Doenças que afetam o ato de engolir A Doença de Hashimoto é uma inflamação da tireoide É a mais comum das doenças que causam distúrbio na tireoide As mulheres são mais propensas a sofrer dessa doença do que os homens e muitas vezes ocorre na meia idade Essa doença pode causar inchaço facial fraqueza fadiga

    Original URL path: http://www.colgate.com.br/pt/br/oc/oral-health/conditions/immune-disorders/article/sw-281474979236850 (2015-12-27)
    Open archived version from archive

  • O que é o câncer da boca?
    os primeiros sinais que indicam a existência do câncer bucal o que aumenta a importância das consultas regulares com o dentista ou o médico Seu dentista foi preparado para detectar os primeiros sinais do câncer bucal Contudo além das consultas regulares é preciso que você fale com seu dentista se perceber qualquer dos sinais abaixo Ferida nos lábios gengiva ou no interior da boca que sangra facilmente e não parece melhorar Um caroço ou inchaço na bochecha que você sente ao passar a língua Perda de sensibilidade ou sensação de dormência em qualquer parte da boca Manchas brancas ou vermelhas na gengiva língua ou qualquer outra parte da boca Dificuldade para mastigar ou para engolir Dor sem razão aparente ou sensação de ter algo preso na garganta Inchaço que impede a adaptação correta da dentadura Mudança na voz Como evitar o câncer bucal Se você não fuma nem masca tabaco não comece a fazê lo O uso do tabaco é responsável por 80 a 90 das causas de câncer bucal Fumo A ligação entre o fumo o câncer pulmonar e as doenças cardíacas já foi estabelecida 1 O fumo também afeta sua saúde geral tornando mais difícil o combate a infecções e a reparação de ferimentos ou de cirurgias Em adultos jovens este hábito pode retardar o crescimento e dificultar o desenvolvimento Muitos fumantes afirmam não sentir mais o odor ou sabor tão bem como antes O fumo também pode causar mau hálito e manchar os dentes Sua saúde bucal está em perigo cada vez que você acende um cigarro um charuto ou um cachimbo Com esta atitude suas chances de desenvolver câncer na laringe na boca na garganta e no esôfago aumentam Como muitas pessoas não notam ou simplesmente ignoram os sintomas iniciais o câncer bucal muitas vezes se espalha antes de ser detectado Mascar tabaco O hábito de mascar tabaco eleva em 50 vezes a possibilidade de se desenvolver o câncer bucal O melhor a se fazer é não fumar nem usar quaisquer outros produtos derivados do tabaco Quando uma pessoa pára de usar esses produtos mesmo depois de vários anos de consumo o risco de contrair câncer bucal se reduz significativamente O consumo excessivo de bebidas alcoólicas também aumenta o risco de câncer bucal A combinação fumo álcool torna esse risco ainda muito maior Como se trata o câncer bucal Depois do diagnóstico uma equipe de especialistas que inclui um cirurgião dentista desenvolve um plano de tratamento especial para cada paciente Quase sempre a cirurgia é indispensável seguida de um tratamento de radio ou quimioterapia É essencial entrar em contato com um profissional que esteja familiarizado com as mudanças produzidas na boca por essas terapias Que efeitos colaterais a radioterapia produz na boca Quando a radioterapia é usada na área de cabeça e pescoço muitas pessoas experimentam irritação ou ressecamento da boca dificuldade de deglutir e perda do paladar A radiação também aumenta o risco de cáries e por isso é muito mais importante cuidar bem da

    Original URL path: http://www.colgate.com.br/pt/br/oc/oral-health/conditions/cancer/article/oral-cancer-signs-and-symptoms (2015-12-27)
    Open archived version from archive

  • Irrupção dos dentes: um passo no caminho do crescimento
    costume Diarréia erupções cutâneas e febre não são normais na fase de irrupção Se seu bebê apresentar febre ou diarréia ou continuar mal humorado e desconfortável procure seu médico Durante a irrupção de um dente pode se desenvolver um cisto O dente acabará rompendo esse saco com conteúdo aquoso ao empurrá lo através da gengiva Cistos de erupção geralmente são inofensivos e não requerem tratamento Alguns bebês podem apresentar gengiva sensível quando os dentes começam a irromper Esfregar delicadamente a gengiva da criança com um dedo limpo uma colher pequena e fria ou uma gaze molhada pode trazer algum conforto Um mordedor limpo para a criança mastigar também pode ser útil Seu dentista ou pediatra pode recomendar uma chupeta um mordedor ou uma pomada anestésica para a gengiva Quando os dentes começarem a irromper escove os com uma escova de cerdas macias e um pouco de água para evitar a cárie dentária O creme dental não é recomendado até a criança atingir os dois anos de idade A partir dos dois anos supervisione a escovação para ter certeza que a criança não engula o creme dental Após o aparecimento do primeiro dente do seu filho porém antes do aniversário de um ano inicie os check ups odontológicos regulares Associação Dental Americana Todos os direitos reservados Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana Conteúdos Relacionados Crianças 14 Dentição 2 Paternidade 37 Saúde Bucal de Bebês 12 Gengiva 21 ARTIGOS RELACIONADOS SAÚDE BUCAL DOS BEBÊS Visão geral Embora a maioria dos bebês não tenha dentes até os seis meses de idade o cuidado dental infantil é importante desde o início Diversos cientistas recomendam uma visita inicial antes do primeiro aniversário da criança para garantir que os dentes e a gengivas estejam cuidados e limpos de

    Original URL path: http://www.colgate.com.br/pt/br/oc/oral-health/life-stages/infant-oral-care/article/ada-03-teething-a-step-on-the-path-to-growing-up (2015-12-27)
    Open archived version from archive

  • Distúrbios alimentares e problemas de saúde bucal
    Cremes Dentais Escovas Dentais Enxaguantes Bucais Linha Infantil Fio e Fita Dental Produtos Profissionais Ver todos os Produtos de Cuidado Bucal Promoções Colgate Sorriso Saudável Futuro Brilhante Cuidado Bucal Centro de Cuidado Bucal www colgate com br Menu Colgate com br Centro de Cuidado Bucal Problemas Comuns Anorexia Bulimia Distúrbios alimentares e problemas de saúde bucal A anorexia e a bulimia podem danificar seus dentes de diversas maneiras Um indivíduo com bulimia entra em um ciclo de comer compulsivamente e vomitar Os ácidos estomacais durante o vômito passam pela boca e podem desgastar o esmalte do dente causando cáries descoloração e até a perda do dente Como os dentes ficam com uma aparência gasta e amarelada o dentista pode ser o primeiro a notar os sinais deste distúrbio alimentar A odontologia cosmética pode ajudar a corrigir o esmalte danificado dos dentes Na anorexia a quase inanição priva o organismo dos nutrientes de que necessita Pode se desenvolver uma osteoporose com um enfraquecimento dos ossos maxilares que suportam os dentes podendo se chegar até à perda do elemento dentário Em ambos os casos é essencial que se trate as causas subjacentes que levam à anorexia e à bulimia bem como que se trate as complicações dentárias delas resultantes Embora o dentista possa reparar o esmalte danificado dos dentes ele não poderá tratar o distúrbio alimentar real Casa você tenha ou suspeite ter algum distúrbio alimentar consulte seu médico Conteúdos Relacionados Transtornos de Alimentação 5 Erosão do Esmalte Dental 13 ARTIGOS RELACIONADOS ANOREXIA BULIMIA Definição A anorexia e a bulimia são distúrbios alimentares Uma pessoa com anorexia possui medo de ganhar peso e uma visão comprometida do tamanho e da forma de seu corpo Essas pessoas não conseguem manter um peso corporal normal e entram em semi inanição o que priva o

    Original URL path: http://www.colgate.com.br/pt/br/oc/oral-health/conditions/anorexia-bulimia/article/eating-disorders-and-oral-health-problems (2015-12-27)
    Open archived version from archive

  • Como os distúrbios alimentares afetam sua boca?
    mesmo quando estão muito abaixo do peso Elas limitam a ingestão de alimentos praticam exercício excessivamente e depois de comer sentem se compelidas a provocar o vômito usar laxantes enemas lavagem intestinal ou diuréticos para livrar seu corpo do excesso de peso A bulimia é descrita como a ingestão excessiva de alimentos várias vezes na semana ou nos casos mais graves várias vezes ao dia Esse desejo incontrolável faz com que a alimentação seja pouco saudável excessiva em alimentos doces e gordurosos e também seja seguida por purga que inclui vômitos autoinduzidos e uso de diurético laxante e enema Os estudos mostram que 89 dos bulímicos mostram sinais de danos na boca e nos dentes Os comedores compulsivos foram anteriormente classificados como viciados em comida Eles comem demais durante períodos curtos de tempo e não conseguem controlar esses impulsos São diferentes dos bulímicos na medida em que normalmente não utilizam técnicas de purga para livrar seus corpos do excesso de peso Em vez disso sentem se extremamente culpados e com remorsos fazendo com que o comportamento compulsivo continue A compulsão alimentar foi identificada como igualmente prevalente em homens e mulheres Como os distúrbios alimentares afetam sua boca e seu corpo Todos esses distúrbios alimentares têm efeitos negativos em seu corpo A deficiência de vitaminas minerais e nutrientes associada a esses distúrbios pode causar problemas no organismo fazendo o não funcionar corretamente Possíveis problemas de saúde incluem Perda de peso Queda de cabelos Baixa temperatura corporal Ausência ou irregularidade do ciclo menstrual nas mulheres Problemas cardíacos insuficiência renal e possível morte Os efeitos negativos da deficiência de vitaminas e nutrientes também são refletidos na boca Além disso para os que induzem o vômito os ácidos estomacais causam danos aos dentes Os sinais bucais indicadores de distúrbios alimentares incluem Boca seca e aumento das glândulas salivares Lábios secos e trincados e lesões bucais Erosão dos dentes Sensibilidade ao frio e quente nos dentes Tratamento recomendado para a boca Pessoas que sofrem de distúrbios alimentares frequentemente procuram o dentista em consequência de problemas que elas identificam em sua boca e dentes O dentista é qualificado para identificar sinais bucais de distúrbios alimentares graves Eles orientam o paciente em relação aos danos bucais e corporais e recomendam o tratamento por um profissional de saúde mental Enquanto isso eles ajudam a aliviar os problemas bucais e dentários do paciente Por exemplo aqueles que têm o hábito de provocar o próprio vômito são advertidos a não escovar os dentes imediatamente após vomitar pois os efeitos prejudiciais dos ácidos estomacais sobre os dentes tenderá a piorar Portanto o paciente deve esperar cerca de meia hora para escová los e utilizar creme dental neutro como bicarbonato de sódio O trabalho preventivo e restaurador pode incluir Instruções para uma higiene bucal adequada Fluoride treatment plans based on the individual Colgate Duraphat pode ser uma possível solução mas somente se prescrito por seu dentista Alternativas para boca seca Tratamento de sensibilidade por meio de restauração dos dentes com perda significativa

    Original URL path: http://www.colgate.com.br/pt/br/oc/oral-health/conditions/anorexia-bulimia/article/sw-281474979274551 (2015-12-27)
    Open archived version from archive

  • Diabetes: dicas
    de forma que seus dentes pareçam longos Dentes sensíveis ou moles Mau hálito Uma mordida com sensação de dente crescido Próteses dentárias que não se encaixam bem De volta ao topo Como manter meus dentes e gengiva saudáveis Mantenha o nível de glicose no sangue o mais normal possível Use fio dental pelo menos uma vez por dia Passar o fio ajuda a prevenir o acúmulo da placa entre seus dentes A placa biofilme dental pode endurecer formando cálculos e causar problemas Fazendo o movimento de serra cuidadosamente insira o fio entre os dentes passando de baixo para cima várias vezes Escove os dentes após cada refeição Use uma escova de dente macia Passe as cerdas da escova na margem da gengiva escovando delicadamente Faça pequenos movimentos circulares Escove a frente a parte de trás e a parte superior de cada dente Escove todos os dentes e a gengiva e use o fio dental diariamente Se usar prótese dentária mantenha a limpa Peça ao seu dentista para ensiná lo a melhor forma de escovar os dentes e a gengiva e usar o fio dental Pergunte também sobre a escova de dente e o creme dental mais indicado para você Ligue imediatamente para seu dentista se tiver qualquer problema bucal Avise seu dentista se sua gengiva estiver vermelha dolorida ou com sangramento se sua gengiva estiver retraída se sentir dor em um dente que possa estar infeccionado ou dor com o uso da prótese dentária Vá ao dentista para fazer a limpeza dos dentes e gengiva e um checkup pelo menos duas vezes ao ano Informe seu dentista se você for diabético Se for fumante fale com seu médico sobre formas de parar de fumar De volta ao topo Como meu dentista pode cuidar dos meus dentes e gengiva Limpando e examinando seus dentes e gengiva duas vezes ao ano Instruindo sobre a melhor forma de escovar os dentes e a gengiva e usar o fio dental Informando sobre os problemas existentes nos dentes e gengiva e o que fazer para saná los Assegurando se de que sua prótese dentária está bem adaptada Faça a limpeza e o checkup duas vezes ao ano Planeje se com antecedência Você pode estar fazendo uso de um medicamento para diabetes que faça com que a taxa de glicose em seu sangue fique muito baixa A taxa muito baixa de glicose no sangue é chamada de hipoglicemia Se for o caso fale com seu médico e dentista antes da consulta para normalizar a taxa de glicose no sangue durante o tratamento dentário Você poderá ter que levar consigo a medicação para a diabetes e algum alimento para o consultório do dentista Se sua boca estiver machucada após o tratamento dentário talvez você não possa ingerir alimentos ou mastigar por algumas horas ou dias Para obter orientação sobre como ajustar a sua rotina normal enquanto sua boca está cicatrizando pergunte ao seu médico Que alimentos e bebidas você deve ingerir Como alterar sua medicação da diabetes

    Original URL path: http://www.colgate.com.br/pt/br/oc/oral-health/conditions/diabetes-and-other-endocrine-disorders/article/prevent-diabetes-problems (2015-12-27)
    Open archived version from archive

  • Como cuidar dos dentes de crianças pequenas?
    meu filho começarem a nascer Os dentes começam a nascer quando o bebê tem seis meses de idade e continuam a erupcionar até o terceiro ano de idade Isto faz com que muitas crianças tenham gengivas mais sensíveis e irritáveis nesta época Pode se massagear a gengiva usando o dedo uma colher fria ou um mordedor que foi colocado na geladeira Também há a possibilidade do uso de gel e medicamentos contra a dor no período em que os dentes estão aparecendo Fale com seu dentista ou pediatra sobre estes medicamentos Se seu filho estiver com febre durante o aparecimento da dentição o melhor é avisar seu médico para garantir que a febre não esteja relacionada com outro problema Qual é a maneira certa de escovar os dentes do meu filho pequeno Primeiramente é importante estar ao lado de seu filho no momento da escovação até ele atingir a idade de seis anos Siga as indicações abaixo Use uma pequena quantidade de creme dental com flúor Não deixe seu filho engolir o creme Use uma escova macia Primeiro limpe as superfícies internas dos dentes onde o acúmulo de placa é maior As cerdas da escova devem estar em um ângulo de 45 graus em relação à gengiva Escove suavemente para frente e para trás Escove todas as superfícies dos dentes voltadas para a bochecha As cerdas da escova devem estar em um ângulo de 45 graus em relação à gengiva Escove suavemente para frente e para trás Escove a superfície de mastigação dos dentes para frente e para trás Chupar o dedo faz mal Como posso evitar isto O reflexo de sugar é normal e saudável nos bebês Mas o hábito de chupar o dedo pode causar problemas de desenvolvimento da boca e do queixo e afetar a posição dos dentes principalmente se continuar depois que os dentes permanentes tiverem nascido O resultado disso pode ser dentes anteriores que nascem inclinados para fora ou mordida aberta Isto pode causar problemas na vida adulta como por exemplo dentes que se desgastam rapidamente maior número de cáries e desconforto ao mastigar As chupetas também podem causar danos parecidos se usadas após a erupção dos dentes permanentes A melhor maneira de tratar o hábito de chupar o dedo é através de estímulos positivos não de palavras e comportamentos negativos Para seu filho o hábito de chupar o dedo é uma coisa natural Elogie seu filho quando não estiver chupando os dedos Talvez seja preciso resolver o problema de ansiedade que leva seu filho a ter este hábito Você pode conscientizar seu filho que ele tem este hábito colocando um esparadrapo no dedo que ele chupa ou uma meia em sua mão à noite Seu dentista ou pediatra pode receitar um medicamento com sabor amargo para passar no dedo o que leva a criança a perder este hábito com mais facilidade Conteúdos Relacionados Higiene Oral 126 Saúde Bucal de Bebês 12 Chupar o Dedo 5 Visita ao Dentista 67 Flúor 26 ARTIGOS RELACIONADOS SAÚDE

    Original URL path: http://www.colgate.com.br/pt/br/oc/oral-health/life-stages/childrens-oral-care/article/how-do-i-care-for-my-toddlers-teeth (2015-12-27)
    Open archived version from archive