archive-br.com » BR » H » HARDCORE.COM.BR

Total: 371

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Notícias - Hardcore

    (No additional info available in detailed archive for this subpage)
    Original URL path: /noticias/page/3/ (2015-10-12)


  • Notícias - Hardcore

    (No additional info available in detailed archive for this subpage)
    Original URL path: /noticias/page/236/ (2015-10-12)


  • Lay Day: Franciele Christ - Hardcore
    o herdeiro da Família Neves De Bico à Rabeta squash Revista Lay Day Franciele Christ Tá pronto para encarar Franciele Christ vai fazer você confessar todos seus pecados nas páginas da HARDCORE montagem Haruo Kaneko camera Fabio Gomide make Alina Peixoto Compartilhar em Tweet HOT TOPICS R I P SIDÃO TENUCCI De Bico à Rabeta squash A ILHA DE LIXO DAS MALDIVAS Lay Day Franciele Christ JOB insano no super

    Original URL path: http://hardcore.com.br/20262-lay_day_franciele_christ/ (2015-10-12)
    Open archived version from archive

  • JOB insano no super swell no México - Hardcore
    México Com os reforços de peso de Shane Dorian e Ryan Hipwood Jamie O Brien e Poopies levaram suas pranchas jetskis bóias de rafting e câmeras GoPro para dentro dos tubos mexicanos no maior swell de sul dos últimos 12 anos no pico O resultado como sempre é surreal E pra variar com momentos de quase morte PLAY Compartilhar em Tweet HOT TOPICS R I P SIDÃO TENUCCI De Bico

    Original URL path: http://hardcore.com.br/20474-job_insano_no_super_swell_no_mexico/ (2015-10-12)
    Open archived version from archive

  • Ibelli, Hermes e Muniz no France Pro - Hardcore
    WCT poderá ter dez integrantes no ano que vem se os sete deste ano confirmarem suas permanências Ou até mais porque outros ainda tem chances de entrar no G 10 até o encerramento da temporada na Tríplice Coroa Havaiana Dez é o número de participantes do Brasil no Quiksilver Pro France com a entrada de Caio Ibelli pois os catarinenses Alejo Muniz e Tomas Hermes já estavam substituindo o australiano Taj Burrow e o havaiano Fredrick Patacchia Caio completou a quinta bateria encabeçada por Adriano de Souza que liderou a corrida do título mundial até o confronto direto com Mick Fanning na final do Hurley Pro Trestles nos Estados Unidos Os dois vão enfrentar o havaiano Keanu Asing e na disputa seguinte o australiano volta a competir com a lycra amarela do Jeep Leaderboard contra o taitiano Michel Bourez e o francês Maxime Huscenot um dos convidados da etapa francesa do Samsung Galaxy WSL Championship Tour O outro é o norte americano Dane Reynolds que foi escalado na terceira bateria com um dos três concorrentes de Mick Fanning pela ponta do ranking em Hossegor Owen Wright além do havaiano Sebastian Zietz que defende a última posição no grupo dos 22 que são mantidos na elite dos top 34 para o ano que vem Quem também está na briga direta pela liderança na França é Filipe Toledo que vai disputar a quarta bateria com o australiano Adam Melling e o catarinense Tomas Hermes Esta foi a única a não ter o terceiro componente modificado com as substituições de Jordy Smith e Matt Banting por Aritz Aranburu e Caio Ibelli O catarinense Alejo Muniz completava a primeira bateria e foi para a oitava do francês Jeremy Flores e do havaiano John John Florence campeão do Quiksilver Pro France na final do ano passado com o potiguar Jadson André O adversário de Jadson e Kelly Slater no confronto que vai abrir o campeonato agora será o norte americano Brett Simpson No segundo o australiano Julian Wilson e o paulista Miguel Pupo vão estrear contra o espanhol Aritz Aranburu e não mais com o havaiano Dusty Payne que foi transferido para a sétima bateria do campeão mundial Gabriel Medina e do australiano Matt Wilkinson O terceiro adversário de Medina era o neozelandês Ricardo Christie que foi ocupar a vaga de um dos contundidos que cancelou sua participação Matt Banting que estava escalado na nona bateria do potiguar Italo Ferreira e do australiano Matt Wilkinson O outro contundido Jordy Smith completava o confronto que vai fechar a primeira fase do Quiksilver Pro France encabeçado pelo paulista Wiggolly Dantas e com o australiano Joel Parkinson Agora o ubatubense vai estrear contra dois campeões mundiais pois o norte americano C J Hobgood ocupou a vaga do sul africano Esta rodada de apresentação dos melhores surfistas do mundo não é eliminatória Os vencedores das baterias avançam direto para a terceira fase mas os perdedores têm outra chance de classificação nos duelos homem a homem da segunda fase O

    Original URL path: http://hardcore.com.br/ibelli-hermes-e-muniz-no-france-pro/ (2015-10-12)
    Open archived version from archive

  • Caio Vaz é campeão mundial - Hardcore
    o carioca Caio Vaz sagrou se campeão mundial de SUP Wave em título inédito para sua carreira O brasileiro comemorou o título antes mesmo de chegar à final do US Open of Stand Up Paddling última etapa do circuito mundial de stand up paddle realizada em Huntington Beach na Califórnia Isso por que o havaiano Zane Schweitzer único que poderia fazer frente ao brasileiro na corrida pelo título caiu na semifinal para o taitiano Poenaiki Raioha Caio barrou Sean Poynter EUA na outra semifinal e acabou perdendo para Poenaiki Raioha no confronto final pelo placar de 15 77 contra 13 5 Com o resultado o brasileiro comemora o tão sonhado título mundial após ter batido na trave duas vezes nos anos de 2013 e 2014 Com a conquista de Caio Vaz o Brasil comemora o terceiro título no Stand Up World Tour o primeiro foi com Leco Salazar em 2012 seguido pela conquista de Nicole Pacelli em 2013 JOVEM WATERMAN Nos últimos anos Caio Vaz tem atacado em diversas frentes no mar Em 2 de setembro ele ficou em terceiro na final de seis homens do Desafio Mormaii A competição na remada reuniu grandes nomes do big surf brasileiro na Praia do Cardoso Farol de Santa Marta SC Participaram do evento dos mais consagrados à nova geração como Lapo Coutinho campeão Alemão de Maresias vice Carlos Burle Rodrigo Koxa e Fábio Gouveia De volta ao SUP o carioca venceu no ano passado o Circuito Brasileiro e vice campeão mundial com vitória em duas etapas destaque para a de Sunset no North Shore do Hawaii Já no surf de pranchinha Caio é bicampeão no Rocky Man desafio de esportes outdoor da Rocky Mountain que edita a HARDCORE Em 2014 ele foi o melhor nas esquerdas do Arpoador na frente do vice

    Original URL path: http://hardcore.com.br/caio-vaz-e-conquista-titulo-mundial-assista-ao-video/ (2015-10-12)
    Open archived version from archive

  • Caio Vaz é campeão mundial - Hardcore
    surf feminino Valentin o herdeiro da Família Neves De Bico à Rabeta squash Revista Caio Vaz é campeão mundial Nesta quinta feira 1 o carioca Caio Vaz conquistou o sonhado título do Stand Up World Tour 2015 durante o US Open of Stand Up Paddling realizado em Huntington Beach na Califórnia O brasileiro comemorou o título antes mesmo de chegar à final O havaiano Zane Schweitzer único adversário que poderia fazer frente ao brasileiro na corrida pelo título caiu na semifinal diante do taitiano Poenaiki Raioha Caio barrou Sean Poynter EUA na outra semifinal e acabou perdendo para Poenaiki Raioha no confronto final pelo placar de 15 77 contra 13 5 Com o resultado o brasileiro comemora o tão sonhado título mundial após ter batido na trave duas vezes nos anos de 2013 e 2014 Com a conquista de Caio Vaz o Brasil comemora o terceiro título no Stand Up World Tour o primeiro foi com Leco Salazar em 2012 seguido pela conquista de Nicole Pacelli em 2013 Compartilhar em Tweet HOT TOPICS R I P SIDÃO TENUCCI De Bico à Rabeta squash A ILHA DE LIXO DAS MALDIVAS Lay Day Franciele Christ JOB insano no super swell no México

    Original URL path: http://hardcore.com.br/caio-vaz-conquista-titulo-mundial-de-sup-wave/ (2015-10-12)
    Open archived version from archive

  • Jack Freestone é o campeão do Sata Azores Pro - Hardcore
    67 após uma onda com três ataques verticais ao lip Freestone respondeu com um 7 17 que não foi suficiente para virar a bateria já que Dion tinha 6 10 de back up contra 5 83 de Jack A virada de Freestone veio minutos depois O surfista arrancou 8 33 a segunda melhor onda da bateria Correndo contra o tempo agora em segundo lugar o ex surfista do CT tentou desesperadamente e sem sucesso trocar sua menor nota Surfou várias ondas consecutivas mas nenhuma com potencial para os 6 83 necessários para virar a disputa Terminou com 6 33 e 8 67 contra 8 33 e 7 17 de Freestone que com a conquista somou 10 mil pontos no ranking qualificatório PUPO EM ÓTIMA FORMA Miguel Pupo único brasileiro a chegar nas semis foi consistente durante todo o evento Despachou Kolohe Andino nas quartas com um 10 e um 6 5o contra 3 83 e 5 67 do norte americano que não encontrou as ondas na bateria Na semifinal o local de São Sebastião encontrou se com o campeão do evento que nas quartas passou pelo baiano Bino Lopes por um placar apertado que não deu chances ao brasileiro Emplacou

    Original URL path: http://hardcore.com.br/miguel-pupo-na-semifinal-do-azores-pro-assista-ao-vivo/ (2015-10-12)
    Open archived version from archive