archive-br.com » BR » M » MERCHANT.COM.BR

Total: 441

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Merchant Cobranças, Recuperação de créditos e recuperação judicial, São Paulo, Brasil
    que estão sujeitas Isso porque o cálculo da tributação sobre o lucro presumido regime tributário comum entre elas parte de 16 33 fora as contribuições patronais A exceção são advogados que foram beneficiados por emenda e poderão pagar impostos com taxas entre 4 5 e 16 85 fora encargos previdenciários Corretores de seguros e de imóveis e fisioterapeutas também foram beneficiados e poderão pagar alíquotas entre 6 e 17 42 Segundo o governo mesmo que não haja redução de impostos a vantagem de aderir à nova tributação é a desburocratização do processo de abertura e fechamento de empresas além do formulário único de pagamento de impostos que aglutinará oito tributos em uma única guia de pagamento Outras mudanças A lei modifica também a cobrança da chamada substituição tributária e garante o direito a alíquota mais baixa de IPTU Imposto Predial Territorial Urbano para microempreendedores individuais categoria que fatura até R 60 mil por ano O texto prevê a adoção do cadastro único por CNPJ dispensando os demais cadastros estaduais e municipais Segundo o Sebrae Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas as mudanças na Lei Geral poderá beneficiar até 450 mil empresas O que é o Simples Nacional Criado em 2007 o Simples Nacional ou Supersimples é um regime tributário especial que reúne o pagamento de seis tributos federais o ICMS imposto sobre mercadorias e serviços e ISS Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza Em vez de pagar uma alíquota para cada tributo o micro e pequeno empresário recolhe em uma única guia um percentual sobre o faturamento Fonte Uol Economia 06 08 2014 Brasil perde US 1 8 bi em julho mas na semana passada fluxo foi positivo em US 3 bi diz BC O fluxo cambial entrada e saída de moeda estrangeira do país fechou julho com saldo negativo de 1 791 bilhão de dólares o segundo pior do ano e o resultado só não ficou ainda mais no vermelho pelas fortes entradas de recursos via balança comercial nos últimos dias do mês Só entre os dias 28 e 31 passado o fluxo cambial ficou positivo em 2 889 bilhões de dólares informou o Banco Central nesta quarta feira Somando o superávit de 62 milhões de dólares visto na sexta feira dia 1º de agosto a semana passada fechou com entradas líquidas de 2 951 bilhões de dólares revertendo boa parte do saldo negativo de mais de 4 5 bilhões de dólares que o mês acumulava até o dia 25 O desempenho de julho veio da conta financeira por onde passam os investimentos estrangeiros direito em portfólio entre outros com déficit de 3 408 bilhões de dólares o maior rombo no ano Só na semana passada no entanto houve superávit de 697 milhões de dólares Ainda segundo o BC a conta comercial fechou julho com saldo positivo de 1 617 bilhão de dólares na semana passada o superávit ficou em 2 255 bilhões de dólares No acumulado do ano informou o BC o fluxo cambial estava

    Original URL path: http://www.merchant.com.br/site/index.php?_op=noticias&_PAGE=22&EMERCHSID=e64f60e8e01356bfe2d0cd69c201ea9d (2015-10-13)
    Open archived version from archive


  • Merchant Cobranças, Recuperação de créditos e recuperação judicial, São Paulo, Brasil
    entre pessoas estava limitado a 15 a a e o financiamento de negócios tinha o juro limitado a 60 a a ou o dobro se a transação envolvesse viagem através de florestas e o quádruplo 240 a a se a viagem envolvesse transporte marítimo Explícito reconhecimento do risco como um dos elementos formadores da taxa de juro Com a crescente internacionalização das relações econômicas a Reforma protestante e o advento do liberalismo político e econômico essas posições foram reinterpretadas Vista com olhar moderno o viés antijuro da antiguidade que ainda não desapareceu completamente pode parecer preconceituosa Mas é preciso considerar que durante quase toda a história humana a sociedade e a economia pouco mudavam justificando uma visão de mundo estacionário Aristóteles se opunha ao juro porque via o dinheiro como incapaz de gerar riqueza sendo improdutivo não devia ser remunerado A ideia de progresso continuado de crescimento geométrico da riqueza material de horizontes novos continuamente surgindo na espécie humana data de pouco mais de 500 anos segundo Nisbet As navegações de longo curso em mar aberto a invenção da imprensa a rápida sucessão de descobertas científicas o desenvolvimento de mercados de mercadorias e de capitais os projetos com maturação além do ciclo anual tornaram obsoletas as concepções antigas sobre juros Juro remuneratório é distinto de juro moratório Em matéria de juros há muitos conceitos redundantes e confusos Não se pode dizer isso da classificação de juros pela doutrina e jurisprudência pátrias em remuneratórios e moratório Por juro remuneratório se entende aquele acordado ab initio entre credor e devedor Já o juro moratório surge do inadimplemento da obrigação de pagar sua taxa pode diferir substancialmente do juro remuneratório do mesmo contrato A distinção é importante para a figura da capitalização de juros O juro remuneratório é estipulado no momento de contratar durante a implementação do contrato não faz sentido alterar a taxa de juros avençada O juro moratório é muito mais regulado e codificado Em todo o que se segue discutem se apenas juros do tipo remuneratórios Juro simples não é preferível ao juro composto Um dos mitos que perduram envolve a existência de um juro bonzinho o juro simples e um juro perverso o juro composto A fórmula de juros simples é linear M C 1 in em que C é o capital aplicado i a taxa de juros de uma unidade de capital em um período n o número de períodos e M o montante final que inclui capital e juros Assim um capital de 100 aplicado à taxa mensal de 0 5 isto é i 0 005 durante doze meses resulta um valor de 106 Se os juros de nossa caderneta de poupança fossem calculados dessa forma R 100 aplicados em 24 de julho de 2014 se tornariam R 106 em 24 de julho de 2015 mais ajuste monetário aqui ignorado A fórmula de juros compostos é exponencial ou geométrica M C 1 i n em que as letras têm o mesmo significado que na fórmula anterior Em sua simplicidade essa é a fórmula fundamental da matemática financeira Um exemplo de aplicação R 100 aplicados em 24 de julho de 2014 sob as regras atuais em caderneta de poupança tornar se iam R 106 17 em 24 de julho de 2015 Ou seja em cada ano por cada 100 reais depositados a poupança paga 17 centavos a mais do que pagaria sem capitalizar os juros E se com a mesma taxa de juros a capitalização fosse diária Nesse caso pagaria um pouquinho mais E se a capitalização se fizesse em cada minuto em cada segundo em cada milionésimo de segundo Se a capitalização fosse instantânea em intervalo de tempo infinitamente pequeno R 100 aplicados na poupança resultariam no fim do ano no montante máximo de R 106 48 Capitalização de juros não faz explodir a soma de capital e juros Se a poupança pagasse juros mensais de 0 58 sem capitalização renderia 7 reais no ano portanto mais do que os 0 5 mensais que paga capitalizados 12 vezes ao ano Do exposto resulta que é irracional o temor dos juros compostos o juro dos juros no linguajar dos detratores o que importa é a taxa mesma de juros Juros simples isto é sem capitalização são usados apenas em transações simples de período curto e sem pagamentos ou desembolsos intermediários O juro composto é muito mais versátil e prático e é por isso que a poupança que recebe pagamentos e saques o tempo todo utiliza juros compostos E não é só a poupança que utiliza juros compostos mas a imensa maioria das operações financeiras No dizer de renomado matemático financeiro Caso por absurdo fosse proibido pela Justiça brasileira o uso de juros compostos colocaríamos na marginalidade todos os planos de aplicação de recursos em cadernetas de poupança fundos de investimentos em renda fixa fundos de previdência títulos de capitalização fundo de garantia por tempo de serviço FGTS e também todos os contratos de empréstimos ou financiamentos em prestações iguais ou diferentes Quase sempre os juros compostos estão a serviço do consumidor O poupador se beneficia da capitalização de juros As cadernetas de poupança o FGTS o Tesouro Direto e outras formas de acumulação de poupanças capitalizam os juros e assim aumentam o cabedal de recursos dos beneficiários Os juros obtidos em um período se agregam ao principal e o montante assim acrescido constitui base maior para produção de rendimentos no período seguinte A capitalização ajuda a prosperar as economias de longo prazo Quando recebe financiamento de longo prazo não paga juros compostos A pessoa que toma emprestado para aquisição por exemplo de residência ou de veículo para pagamento em prestações ao longo do contrato desembolsa normalmente em cada mês prestação calculada por tabela Price ou outro método que satisfaz os juros incorridos no período e amortiza uma parcela do principal Se a prestação paga mensalmente não cobrisse os juros a dívida cresceria indefinidamente e nunca se extinguiria Portanto nesses casos os juros mensais são pagos na sua totalidade

    Original URL path: http://www.merchant.com.br/site/index.php?_op=noticias&_PAGE=23&EMERCHSID=e64f60e8e01356bfe2d0cd69c201ea9d (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Merchant Cobranças, Recuperação de créditos e recuperação judicial, São Paulo, Brasil
    IG Economia 16 07 2014 Vendas do comércio subiram em maio após três meses de queda As vendas do comércio varejista no Brasil subiram 0 5 em volume em maio em relação a abril após três meses consecutivos de queda informou nesta quarta feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística O crescimento das vendas impulsionado principalmente pelas compras para o Dia das Mães surpreendeu os economistas que esperavam uma nova redução da atividade que tinha caído 0 4 em abril 0 4 em março e 0 1 em fevereiro O volume de vendas aumentou 4 8 em maio em comparação com o mesmo mês do ano passado Essa reação na comparação com o mesmo mês do ano anterior permitiu que as vendas acumulassem nos primeiros cinco meses do ano um crescimento de 5 em relação ao mesmo período de 2013 Da mesma forma o aumento das vendas nos últimos doze meses até maio subiu 4 9 na comparação o período entre junho de 2012 e maio de 2013 O consumo das famílias vem registrando resultados negativos desde o começo do ano que os especialistas atribuem tanto à inflação como ao encarecimento do crédito já que o Banco Central vem elevando os juros para tentar frear a alta dos preços A queda do consumo das famílias que foi o motor da economia brasileira nos últimos anos pode provocar uma desaceleração no crescimento neste ano quando os analistas esperam uma alta de 1 05 frente à expansão de 2 3 do ano passado Entre os setores que lideraram o aumento das vendas em maio destaca se o de equipamento e material para escritório e informática com um crescimento de 2 4 frente a abril artigos de uso pessoal e doméstico 2 4 livros jornais e revistas 1 9 e móveis e eletrodomésticos 1 8 Segundo o IBGE as vendas de eletrodomésticos foram impulsionadas pelas promoções de televisores oferecidas por algumas para a Copa O setor com pior desempenho foi de veículos motocicletas e peças cujas vendas caíram 1 9 em maio frente a abril e 6 3 na comparação com o mesmo mês do ano passado Fonte Uol Economia 15 07 2014 Inadimplência com cheques fica estável no 1o semestre diz Boa Vista A proporção de cheques devolvidos por falta de fundos ficou estável em 2 04 no primeiro semestre deste ano mesma taxa do mesmo período do ano passado de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC A quantidade de cheques movimentados caiu 9 1 no período enquanto a de cheques devolvidos recuou praticamente na mesma proporção 9 2 Separando se os cheques devolvidos de pessoas físicas e jurídicas na mesma base de comparação a devolução foi 11 6 menor para as pessoas físicas e 2 7 inferior para as pessoas jurídicas Tomando se apenas o mês de junho o percentual de cheques devolvidos de 1 85 apresentando forte queda ante maio quando a proporção foi de 2 07 Os cheques devolvidos recuaram assim como os cheques movimentados exibindo

    Original URL path: http://www.merchant.com.br/site/index.php?_op=noticias&_PAGE=24&EMERCHSID=e64f60e8e01356bfe2d0cd69c201ea9d (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Merchant Cobranças, Recuperação de créditos e recuperação judicial, São Paulo, Brasil
    Severstal foi declarada insolvente em 2012 e mais tarde colocada sob administração especial procedimento designado para salvar grandes companhias e evitar pesadas perdas de empregos Ela foi vítima da recessão de 2008 que cortou a demanda por aço na Europa ao longo de cerca de um trimestre Não houve uma expressão formal de interesse até o momento mas nos últimos dias a ArcelorMittal tem executado uma espécie de due diligence no Piombino disse Gianni Venturi coordenador nacional do sindicato italiano FIOM CGIL Também na disputa pela Lucchini estão as indianas Jindal Steel and Power e JSW Steel embora não estejam interessadas no alto forno da companhia em Piombino que emprega cerca de 4 mil pessoas direta e indiretamente Fonte Uol Economia A Arcelor Mittal é cliente Merchant 02 07 2014 Merchant 33 anos Ao completarmos 33 anos olho para trás e vejo como começamos e onde estamos hoje Sinto orgulho de poder dizer que somos a Família Merchant Foram anos de luta que nos mostraram que uma empresa se faz com gente com pessoas que acreditam no mesmo sonho no mesmo ideal e se empenham para que o sucesso seja alcançado Cada um faz parte do todo participa ajuda corre luta e assim nos tornamos grandes Crescemos mas fazemos questão de manter a essência da pequena empresa onde conhecemos todos sabemos como cada um é e onde todos tem acesso a todos sem distinção A Família Merchant jamais será formada por números mas sempre será composta de pessoas de gente E a participação dos Clientes neste crescimento é muito importante pois foi através do acreditar destas empresas que a Merchant pode expandir seus horizontes Aos nossos Empregados e aos nossos Clientes neste momento eu digo MUITO OBRIGADO E continuamos seguindo o nosso lema muito simples Se é ético fazemos Walter Schütz 01 07 2014 Em cinco anos Brasil registra 4 2 milhões de microempreendedores Cinco anos após entrar em vigor a figura jurídica do microempreendedor individual 4 154 514 brasileiros já formalizaram seu trabalho segundo dados do Portal do Empreendedor até o dia 28 de junho Valendo desde 1 de julho de 2009 a figura foi criada com o objetivo de regularizar a situação de microempresas e trabalhadores autônomos que ganham até R 60 mil por ano e têm no máximo um empregado A formalização dá benefícios previdenciários como licença maternidade e aposentadoria aos microempreendedores Vendedores de roupas cabeleireiros e pedreiros são as três atividades que mais atraem os microempreendedores De acordo com levantamento feito pelo Sebrae essas três atividades juntas somam quase 900 mil formalizações ou 22 do total O Estado com maior número de microempreendedores cadastrados é São Paulo com 1 04 milhão de trabalhadores autônomos 25 Seguido pelo Rio de Janeiro 493 3 mil e Minas Gerais 444 4 mil A maior parte dos profissionais cadastrados como microempreendedores individuais tem entre 31 e 40 anos de idade 1 37 milhão Trabalhadores entre 21 e 30 anos são mais de um milhão entre os MEIs Pessoas entre 41

    Original URL path: http://www.merchant.com.br/site/index.php?_op=noticias&_PAGE=25&EMERCHSID=e64f60e8e01356bfe2d0cd69c201ea9d (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Merchant Cobranças, Recuperação de créditos e recuperação judicial, São Paulo, Brasil
    nos segmentos do varejo e imobiliário a partir de julho e manteremos a previsão de crescimento de 3 no ano Faremos uma nova reavaliação em agosto complementa Cover Os números do estudo da ABRAMAT apontam também que os empregos na indústria tiveram um crescimento de 3 8 em relação a maio de 2013 Já em relação ao mês anterior houve queda de 1 9 Fonte Uol Economia 18 06 2014 Serasa Atividade econômica cresce no mês em abril A atividade econômica brasileira aumentou 0 3 em abril na comparação com março feitos os ajustes sazonais de acordo com indicador calculado pela Serasa Experian Na comparação com o mesmo mês de 2013 houve porém contração de 0 5 a primeira nesse tipo de confronto desde outubro de 2009 No acumulado do ano a atividade econômica desacelerou de uma alta de 1 9 em março para 1 3 em abril e em 12 meses saiu de 2 5 em março para 2 em abril De acordo com a Serasa o fraco desempenho neste início de segundo trimestre reflete o aumento dos juros a inflação ainda elevada a queda na confiança dos consumidores e do setor privado Na área externa a empresa de análise de crédito cita a fraca economia europeia e os sinais de desaceleração do crescimento da economia chinesa Pelo lado da oferta agregada o melhor resultado em abril ocorreu no setor agropecuário que cresceu 2 ante março e 1 9 em relação a abril do ano passado Por outro lado a indústria avançou apenas 0 5 ante o mês anterior e caiu 4 5 frente a abril de 2013 Por fim o setor de serviços teve expansão nula frente a março e cresceu 0 8 ante abril do ano passado Do ponto de vista da demanda agregada o consumo das famílias cresceu 1 8 em abril sobre março e 2 1 contra abril de 2013 Também as exportações cresceram 3 3 e 1 0 nesses respectivos períodos O consumo do governo recuou 1 5 em abril contra março e avançou apenas 0 5 frente ao quarto mês do ano passado Os investimentos subiram apenas 0 3 no confronto mensal mas recuaram 10 2 ante abril de 2013 Por fim as importações avançaram 6 4 ante março mas recuaram 4 3 contra a abril do calendário anterior Fonte Uol Economia 17 06 2014 Venda de material de construção sobe 5 de abril para maio vê Abramat Depois de registrar retração significativa em abril as vendas de materiais de construção no país mostraram recuperação em maio Segundo levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção Abramat houve crescimento de 5 nas vendas entre abril e maio Frente ao verificado em maio de 2013 contudo houve queda de 5 8 No acumulado dos cinco primeiros meses do ano a venda de material de construção teve queda de 2 8 em 12 meses porém o crescimento foi de 0 4 A Abramat já reduziu sua previsão para a expansão das vendas em

    Original URL path: http://www.merchant.com.br/site/index.php?_op=noticias&_PAGE=26&EMERCHSID=e64f60e8e01356bfe2d0cd69c201ea9d (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Merchant Cobranças, Recuperação de créditos e recuperação judicial, São Paulo, Brasil
    qualquer maneira Depois da Copa as empresas vão correr atrás do prejuízo para suprir os clientes diz o professor De acordo com Pacheco apenas se os portos brasileiros parassem durante a Copa haveria prejuízo imediato Não tenho informações de que nenhum porto vá parar em dias de jogos do Brasil Talvez operem com escala reduzida mas não podem parar porque uma paralisação significaria prejuízos para os navios e para os armazenadores que pagariam mais taxas explica Embora o impacto nos embarques seja momentâneo o professor adverte que existe outro efeito negativo da Copa do Mundo sobre as vendas para o exterior Por causa do número menor de dias úteis o torneio fará a produção industrial cair neste e no próximo mês reduzindo o excedente a ser exportado Para o secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior Daniel Godinho o impacto da Copa do Mundo sobre a balança comercial diferença entre exportações e importações é imprevisível O país vai exportar menos por causa dos dias parados mas também vai importar menos Então não dá para fazer nenhuma estimativa sobre o saldo comercial alega Fonte Ig Economia 05 06 2014 Inflação resiste mas efeitos de alta dos juros ainda vão aparecer prevê Copom O Comitê de Política Monetária Copom do Banco Central BC considera que a inflação ainda mostra resistência mas avalia que os efeitos da elevação da taxa básica de juros a Selic ainda vão se materializar O Copom aumentou a Selic por nove vezes seguidas até a reunião de abril e no mês passado optou por manter a taxa em 11 ao ano O índice é usado nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia Selic e serve de referência para as demais taxas de juros da economia Quando o Copom aumenta a Selic o objetivo é conter a demanda aquecida e isso gera reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança Quando o Copom reduz os juros básicos a tendência é que o crédito fique mais barato com incentivo à produção e ao consumo mas a medida alivia o controle sobre a inflação Ao manter a Selic o comitê indica que considera que as elevações anteriores foram suficientes para gerar os efeitos esperados sobre a inflação O BC tem que encontrar equilíbrio ao tomar decisões sobre a taxa básica de juros de modo a fazer com que a inflação fique dentro da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional Essa meta tem como centro 4 5 e limite superior em 6 5 Pelas projeções de instituições financeiras a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo IPCA deve fechar este ano em 6 47 bem próxima do teto da meta Na ata o Copom diz que a elevada variação dos índices de preços ao consumidor nos últimos 12 meses contribui para que a inflação ainda mostre resistência Segundo o comitê isso ocorre porque há atualmente dois importantes processos de ajustes de preços

    Original URL path: http://www.merchant.com.br/site/index.php?_op=noticias&_PAGE=27&EMERCHSID=e64f60e8e01356bfe2d0cd69c201ea9d (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Merchant Cobranças, Recuperação de créditos e recuperação judicial, São Paulo, Brasil
    afirmou ainda a jornalistas que os setores beneficiados pela desoneração da folha elevaram o nível de emprego enquanto áreas não contempladas reduziram a quantidade de trabalhadores de maneira geral Atualmente 56 setores contam com a desoneração da folha de pagamento que até a decisão desta terça feira teria validade até o fim de 2014 Mantega disse que o benefício não será estendido a novos setores neste ano mas que isso ocorrerá ao longo do tempo Fonte Uol Economia 26 05 2014 Movimento no comércio aumenta 7 8 diz Boa Vista O movimento do comércio registrou de 7 8 em abril sobre o mesmo período de 2013 de acordo com a Boa Vista SCPC No primeiro quadrimestre o aumento é de 7 2 sobre o período de janeiro a abril do ano passado Na comparação com março contudo houve queda de 1 3 Em 12 meses acumulados em abril o crescimento foi de 3 7 Para a Boa Vista o comparativo mensal e acumulado com o ano passado corrobora o resultado do primeiro trimestre que sugeriu um crescimento mais intenso do que o esperado No primeiro trimestre o movimento do varejo teve alta de 7 e em 12 meses a alta era de 3 SETORES O dados de abril mostram portanto avanço sobre esses números No quadrimestre o melhor desempenho ficou com móveis e eletrodomésticos segmento em que o movimento aumentou 11 7 sobre o mesmo período do ano passado Em seguida veio combustíveis e lubrificantes com alta de 8 9 tecidos vestuário e calçados 5 5 e supermercados alimentos e bebidas 2 9 Mas na comparação com março móveis e eletrodomésticos lideram a queda com 3 7 seguida pelos supermercados com queda de 0 7 Tecidos vestuários e calçados tiveram aumento de 2 6 e combustíveis e lubrificantes alta de 0 8 Fonte Folha de São Paulo 22 05 2014 Desemprego no Brasil cai a 4 9 recorde para abril com menor procura A taxa de desemprego do Brasil recuou a 4 9 por cento em abril recorde para esses meses devido à menor procura por vagas ao mesmo tempo em que a renda média da população caiu O número divulgado nesta quinta feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE ficou abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters cuja mediana apontava 5 2 por cento A Pesquisa Mensal de Emprego PME mostrou aumento do desemprego brasileiro em janeiro e fevereiro depois de atingir a mínima histórica de 4 3 por cento em dezembro de 2013 Mas em março interrompeu essa tendência ao cair a 5 por cento num movimento que já mostrava menos pessoas saindo em busca de colocação Percebemos que o que vem trazendo para baixo a taxa de desemprego é a população desocupada que expressa a menor procura destacou a técnica do IBGE Adriana Beringuy Segundo o IBGE a população desocupada caiu 3 3 por cento ante março chegando a 1 173 milhão de pessoas com queda de 17 por cento sobre um ano antes Os

    Original URL path: http://www.merchant.com.br/site/index.php?_op=noticias&_PAGE=28&EMERCHSID=e64f60e8e01356bfe2d0cd69c201ea9d (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Merchant Cobranças, Recuperação de créditos e recuperação judicial, São Paulo, Brasil
    taxa básica de referência Apesar disso a Boa Vista afirma que a inadimplência deve crescer porque responde mais à oferta de crédito do que ao mercado de trabalho ou aos juros A pesquisa da Boa Vista registrou o maior aumento das dívidas em atraso na região centro oeste do país com alta de 8 9 No sul o número de calotes avançou 8 3 no norte subiu 7 1 Na região nordeste a alta foi de 7 3 O sudeste teve o menor avanço de 3 8 O indicador de registro de inadimplência é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas informados à Boa Vista pelas empresas credoras Fonte Uol Economia 12 05 2014 Juros têm ligeira alta em dia de ajustes e baixo volume de negócios Em uma sessão de baixo volume de negócios os juros futuros tiveram uma ligeira alta em um movimento de ajustes sustentado pelo comportamento do mercado externo Após a firme queda das taxas observada na semana passada a remuneração dos Treasuries títulos do Tesouro americano passa por um processo de correção assim como os contratos de Depósito Interbancário DIs Os juros caíram muito na semana passada e agora falta fôlego para movimentos adicionais explica um operador Na semana passada o retorno da T note de 10 anos caiu abaixo do piso de 2 60 o que na visão de especialistas ampliou o apetite pelo risco de países emergentes E abriu espaço para que investidores reagissem a notícias locais como o fortalecimento da oposição nas pesquisas eleitorais Hoje entretanto há um movimento de realização de lucros segundo dizem operadores É um movimento puramente técnico que encontra respaldo no cenário externo diz um profissional No noticiário local a pesquisa Focus não acrescentou razões de preocupação desta vez A projeção para o IPCA em 2014 cedeu de 6 50 para 6 39 enquanto a estimativa para 2015 segue em 6 Na BM F DI janeiro 2017 subiu de 12 12 no ajuste para 12 16 DI janeiro 2016 fechou a 11 85 11 83 no ajuste de sexta feira DI janeiro 2015 encerrou a sessão a 11 10 98 na sexta feira Fonte Uol Economia 09 05 2014 Inflação desacelera para 0 67 em abril alta em um ano chega a 6 28 A inflação oficial IPCA foi de 0 67 em abril de acordo com dados divulgados nesta sexta feira 9 pelo IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Houve uma desaceleração em relação a março quando a inflação atingiu 0 92 Em comparação com abril do ano passado quando os preços tinham subido 0 55 a inflação agora foi maior Com isso nos quatro primeiros meses do ano os preços subiram 2 86 em 2013 no mesmo período a inflação era de 2 5 No acumulado em 12 meses o IPCA Índice de Preços ao Consumidor Amplo atingiu 6 28 aproximando se do limite máximo do objetivo do governo 6 5 Em janeiro deste ano a inflação acumulada

    Original URL path: http://www.merchant.com.br/site/index.php?_op=noticias&_PAGE=29&EMERCHSID=e64f60e8e01356bfe2d0cd69c201ea9d (2015-10-13)
    Open archived version from archive