archive-br.com » BR » P » PATRIALATINA.COM.BR

Total: 262

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • O crime de racismo na TAM - Patria Latina
    jovens Com a aeronave em solo já na chegada à SP o grupo de artistas resolveu promover uma intervenção artística ainda dentro do avião com um recital da poesia Somos de autoria de Juliana Rodrigues a Afro Ju uma das jovens agredidas durante o vôo Eis que parte dos passageiros incomodados com o conteúdo dos versos passaram a hostilizar o grupo Vitimistas Mini Marxistas Viva Bolsonaro 2018 gritaram alguns passageiros segundo relatos dos jovens Cobertura parcial da mídia G1 mente e reafirma discriminação Como é de se esperar a cobertura jornalística feita pela grande mídia brasileira tende a reafirmar condutas discriminatórias e a criminalizar as vítimas em tais situações Apesar de terem gravado o relato de uma das jovens negras agredidas no vôo ao fazer o registro escrito a matéria do G1 caracteriza o acontecido como tumulto e afirma que os jovens teriam agredido passageiros versão contestada pelos jovens e devidamente registrada no Boletim de Ocorrência E que culpa tem a TAM Racismo é um crime praticado por pessoas e por empresas corporações Mas mesmo nos raros casos em que as investigações são levadas a sério são ainda mais raros os casos em que as instituições são responsabilizadas O despreparo dos funcionários no trato da violação de direitos e especificamente quanto à falta de sensibilidade em perceber a prática de racismo o tratamento privilegiado dado aos agressores bem como o clima habitual de comportamento padronizado higienista e eurocêntrico natural do ambiente em aeroportos e em vôos configuram espaços de opressão à corpos negros à cabelos crespos à vozes altas à indumentárias afros e à tudo que contraponha a leveza e a conduta comportamental nórdica Um ambiente corporativamente racista logo de responsabilidade da empresa Injúria racial versus crime de racismo O agressor é sempre beneficiado Embora seja crime inafiançável desde 1988 uma das coisas mais difíceis é justamente a caracterização do crime de racismo A maior parte dos casos de racismo explícito são registrados como injuria racial crime potencialmente mais leve A injúria racial está prevista no artigo 140 parágrafo 3º do Código Penal que estabelece a pena de reclusão de um a três anos e multa além da pena correspondente à violência para quem cometê la De acordo com o dispositivo injuriar seria ofender a dignidade ou o decoro utilizando elementos de raça cor etnia religião origem ou condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência Em geral o crime de injúria está associado ao uso de palavras depreciativas referentes à raça ou cor com a intenção de ofender a honra da vítima Já o crime de racismo previsto na Lei n 7 716 1989 implica conduta discriminatória dirigida a determinado grupo ou coletividade e geralmente refere se a crimes mais amplos Nesses casos cabe ao Ministério Público a legitimidade para processar o ofensor E aí está o problema da interpretação dos fatos Para negras e negros ser chamada de feinha por ser negra não se trata apenas de injúria ou ofensa pessoal Trata se de um crime contra todo

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/o-crime-de-racismo-na-tam/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive


  • Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico - Patria Latina
    e a defesa dos mais ricos em um país à beira de inadimplência e uma crise econômica sem precedentes na última década Representantes da oposição na Rada questionaram o fato de que os deputados não tiveram acesso à leitura detalhada do projeto do plano fiscal para 2016 que contempla um déficit de 3 5 bilhões de dólares 3 7 por cento do Produto Interno Bruto A deputada pelo Bloco Opositor Natalia Korolevskaya denunciou que o texto foi concluído no gabinete de ministros nesta madrugada e nem um só parlamentar pôde o ler Entre os pontos mais criticados fez alusão ao aumento projetado do salário mínimo a cinco dólares e as pensões em US 6 insuficientes no contexto de encarecimento dos serviços comunais e as tarifas de gás e a eletricidade expôs De acordo com a exigência do FMI o plano fiscal da Ucrânia descansa sobre o controvertido novo Código Tributário aprovado na semana passada que recusam as frações da oposição na Rada por impopular Pátria Latina Veja também O crime de racismo na TAM Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment Polícia Civil do DF desmente Revista VEJA A polêmica receita da Bancada do Medicamento no Congresso Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com Nome Email Site Comentário Current ye r Leave this field empty TV Pátria Latina Putin explica como os Estados Unidos criaram o ISIS Últimas Notícias O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment Polícia Civil do DF desmente Revista VEJA Sim precisamos falar sobre capitalismo Ministério boliviano de Educação graduou mais de 37 mil professores Neta de Lula despreza a Globo Contra golpe Frente

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/parlamento-ucraniano-aprova-orcamento-polemico/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Lewandowski: não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment - Patria Latina
    como eu instalo a comissão e elejo a comissão Nós não podemos começar o processo reiniciar o processo e ele vir parar aqui no Supremo e ser interrompido por outra liminar disse Cunha Após a reunião o presidente da Câmara disse que vai aguardar decisão do Supremo sobre as suas dúvidas para prosseguir com o processo de impeachment O presidente também confirmou que vai entrar com recurso na Corte para esclarecer a decisão do plenário Durante a audiência os assessores de Lewandowski entregaram a Cunha cópia da ata do julgamento na qual constam os termos da decisão do plenário e do voto do ministro Luís Roberto Barroso que abriu divergência e foi vencedor Para o presidente do STF as decisões foram explícitas e não há margem para dúvidas No entanto o ministro se comprometeu a colocar em julgamento o mais rápido possível um futuro recurso da Câmara O presidente do STF também informou que a Corte está em recesso e o prazo para publicação do acórdão do julgamento está previsto para o dia 19 de feveireiro 20 dias após o retorno aos trabalhos Durante o encontro Lewandowski lembrou a Cunha que não há entendimento entre os demais ministros sobre a aceitação de recurso contra uma decisão antes da publicação do acórdão Para Lewandowski membros da Corte entendem que a antecipação dos embargos é exercício de futurologia Na semana passada por 6 votos a 5 a Corte entendeu que a comissão deve ser formada por representantes indicados pelos líderes dos partidos escolhidos por meio de chapa única e não por meio de chapa avulsa Pátria Latina Veja também O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Polícia Civil do DF desmente Revista VEJA A polêmica receita da Bancada do Medicamento no Congresso Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/lewandowski-nao-ha-margem-para-duvidas-em-decisao-do-stf-sobre-impeachment/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Polícia Civil do DF desmente Revista VEJA - Patria Latina
    poucos de cima que descessem para a reunião que terminou sendo feita no saguão do hotel que os mesmo ocupam até hoje Ao começar a reunião com o pátio cercado pela polícia e microfones espalhados por todo o lugar lhe foi dito pelos próprios sem tetos que no local tinha escuta e microfones Que eles estavam sendo monitorado e seus telefones grampeados Acilino lhes disse que acreditava no que estavam falando mas que isso não era de sua alçada e que portanto lhe fizessem uma denuncia por escrito que mandaria apurar Logo ao começar a reunião Acilino disse que já que tinha microfones eles poderiam falar tudo que quisessem pois assim todos ficariam sabendo Fato este que terminou gerando o mal entendido que a Revista VEJA transformou em matéria uma vez que a militante do MRP Ilka Conceição reproduziu a história afirmando que Acilino teria dito que havia microfones no local e que foi reproduzida pelos adversários políticos de dele e do GDF para gerar a campanha de calunia e difamação que na semana seguinte viu se nas redes sociais e agora e desmentida Os movimentos sociais do DF através de suas principais lideranças em Brasília manifestaram total solidariedade a Acilino Ribeiro e repúdio a Revista Veja quando mais de quinhentas entidades sindicais comunitárias estudantis movimentos de juventude mulheres ambientalistas culturais LGBTs e outras entidades nas últimas manifestações que aconteceram em Brasília como nas manifestações contra o Impeachmam na passeata do Mané Garrinha ao Congresso da Conferencia Livre de Cultura Política na Conferencia Nacional da Juventude assim como no Encontro do Fórum Distrital de Movimentos Sociais do DF este último com a presença de mais de trezentas entidades manifestou total solidariedade ao subsecretário Acilino Ribeiro E segundo a professora Eunice Távora palestrante do Fórum de Movimentos Sociais primeiro temos que ver o que está por trás dessa matéria da Veja pois é uma Revista desacreditada e que nem o papel da publicação serve para levar para o banheiro segundo que mesmo que ninguém acredite na Veja e isso é uma realidade no Brasil mas os ingênuos que lerem vão achar que o Acilino estaria envolvido em alguma coisa errada Portanto nosso repúdio a mais essa cretinice da Veja O militante Adriano Sepúlveda mostrou sua indignação afirmando que isso é coisa de revista bandida e que portanto a nota da polícia além de desmentir a revista deveria apurar porque ela faz isso com lideranças como Acilino e com os movimentos sociais querendo criminalizar a luta E por Acilino ser um homem sério que os movimentos acreditam e confia ela agora quer criminaliza lo também A socióloga Julyana Reys da Conferencia Livre de Cultura Política afirmou que quem deveria ser suspeito da polícia é o repórter que escreveu a matéria por crime de omissão de informação pois segundo a polícia o professor Acilino disse a verdade ao repórter e ele não publicou como também quem deveria ser condenada era a Veja que com certeza não vai publicar a nota da Polícia que

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/policia-civil-do-df-demente-revista-veja/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Sim, precisamos falar sobre capitalismo - Patria Latina
    a estrutura genética do que ele chama de patrimonialismo Não conseguem desenvolver as virtudes burguesas quais sejam empreendedorismo parcimônia iniciativa e integridade Ficam reféns das conexões com o governo imprevidência reservas de mercado e malandragem A fábula de Franco pretende salvaguardar a sua cria imaculada o Plano Real e jogar a culpa da crise atual no capitalismo companheiro Fica evidente o tom político ideológico do seu método teórico Enquanto a economia crescia nos anos 2000 o governo Lula não havia feito nada colhendo apenas os louros do Plano Real e das suas reformas Quando o barco começa a afundar a culpa é do capitalismo companheiro Algo parecido com o que fazem com sinal invertido alguns economistas do PT tão criticados por Franco Mas em um ponto ele está correto Sim precisamos falar sobre capitalismo Para tanto uma interpretação histórica sobre o capitalismo realmente existente no Brasil e de como ele se insere no contexto das transformações da economia mundial capitalista faz se necessária Sobre esse capitalismo que se irradiou a partir do Sudeste de maneira seletiva logrando níveis de acumulação de capital vultosos no período de 1930 a 1980 e gerando uma estrutura social diferenciada e profundamente desigual Os anos 1980 no rastro da crise da dívida externa dilapidaram o potencial de atuação do Estado que passou a funcionar como guichê de remuneração do capital por meio da expansão da dívida interna Tal processo continuou com o Plano Real em virtude da elevação dos juros além de ter dado um tranco na capacidade de expansão via mercado interno Desorganizou se a pregressa estrutura de relações entre Estado as frações do capital privado nacional e estrangeiro e a sociedade organizada esta desalojada em 1964 e de volta ao final dos anos 1970 sem colocar nada no lugar O ciclo expansivo da Era Lula procurou recompor essas relações A aliança multiclassista abarcando da grande finança ao MST sustentou se por meio da combinação de valorização cambial com boom de commodities e medidas de ativação à demanda interna O capitalismo que correra sérios riscos de involução voltou a se desenvolver mas sem que fossem explicitadas as suas relações de poder ou que se procedesse à sua reorganização de modo a ampliar o horizonte de possibilidades A crise financeira de 2008 provocou reações em cadeia dos centros dinâmicos da economia mundial capitalista Estados Unidos União Européia e China desestruturando os novos laços que se estavam forjando internamente A crise alterou substancialmente a posição do Brasil no sistema internacional e os mecanismos de política econômica deixaram de ser eficazes Os governos Lula e Dilma que não possuíam um projeto de nação consistente de longo prazo nem antes e nem depois de 2008 viram o coreto paulatinamente se desarrumar Foram surpreendidos pela crise política que aguçou as contradições do capitalismo realmente existente no Brasil Um capitalismo que remunera de maneira excessiva a grande finança constrangendo a expansão da infraestrutura e da indústria Que se ressente de uma integração passiva no sistema internacional E que possui dificuldades

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/sim-precisamos-falar-sobre-capitalismo/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Ministério boliviano de Educação graduou mais de 37 mil professores - Patria Latina
    de Santa Cruz e contará com a participação do presidente Evo Morales Um ano antes este Modelo Educativo Sociocomunitário Produtivo no marco da primeira fase do Profocom graduou aproximadamente 34 mil professores Neste ano receberão exatamente o certificado de licenciados 37 mil 130 professores ainda que o plano é culminar em janeiro com a titulação de outros 15 mil educadores De maneira geral o projeto preparou em menos de dois anos 71 686 licenciados em educação O Profocom possibilita ao Ministério da Educação empreender um projeto de transformação curricular com o aplicativo do Modelo Educativo Sociocomunitario Produtivo Pátria Latina Veja também O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment Polícia Civil do DF desmente Revista VEJA Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com Nome Email Site Comentário Current ye r Leave this field empty TV Pátria Latina Putin explica como os Estados Unidos criaram o ISIS Últimas Notícias O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment Polícia Civil do DF desmente Revista VEJA Sim precisamos falar sobre capitalismo Ministério boliviano de Educação graduou mais de 37 mil professores Neta de Lula despreza a Globo Contra golpe Frente Brasil Popular conclama ato para dia 16 Dilma Vou lutar com toda força contra a interrupção do meu mandato Colunistas Adriano Benayon Perspectivas da Economia para 2016 Altamiro Borges ForaCunha Veja e Época discordam Careciane Almeida Queremos isso para o Brasil Cesar Fonseca Corrupção paralisa democracia representativa Emir Sader A restauração conservadora na Argentina Freddy J Melo Por Bolívar Frei Betto Retrocessos na América Latina José Ribamar Bessa Freire Das cinzas

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/ministerio-boliviano-de-educacao-graduou-mais-de-37-mil-professores/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Neta de Lula despreza a Globo - Patria Latina
    neta do ex presidente Venho publicamente relatar o que vem acontecendo comigo nos últimos dias e de tão indignada resolvi compartilhar com vocês que venho sendo incomodada da maneira inconveniente e porque não dizer assediada pela repórter Fernanda Krakovics do Jornal O Globo que diz que irá publicar uma matéria a meu respeito eu querendo ou não Quero deixar claro que o Grupo Globo não me pauta e que não vai fazer comigo o que tem feito com minha mãe desde as eleições de 89 e com os meus tios diariamente difamados e caluniados pela imprensa golpista Sem contar o que fazem com o maior amor da minha vida e o melhor Presidente que este País já teve meu avô Luiz Inácio Lula da Silva Sim meu nome é Bia Lula e tenho SIM o maior orgulho de toda sua trajetória de vida Meu avô minha liderança tirou milhões de brasileiros do mapa da FOME e da MISÉRIA e milita em nível mundial na erradicação da FOME e da POBREZA Mas ok na verdade o que incomoda essa gente é o fato dele ser um retirante nordestino que sobreviveu à fome uma liderança que surgiu do chão da fábrica um verdadeiro BRASILEIRO Não me venham com este procedimento baixo e truculento Não devo satisfações da minha vida e não devo nada a ninguém quem deve é o Grupo Globo que nada mais é que uma concessão pública que subestima e tenta manipular a inteligência do nosso povo Sei me defender esta prática mesquinha de terrorismo midiático não me mete medo se querem conhecer minha militância ai vai FORAGLOBO FORACUNHA DILMAFICA Pátria Latina Veja também O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment Polícia Civil do

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/neta-de-lula-despreza-a-globo/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Contra golpe, Frente Brasil Popular conclama ato para dia 16 - Patria Latina
    pastorais das igrejas da intelectualidade democrática bem como através da opinião de cada cidadão e cidadã está se pronunciando contra o impeachment Somam se amplos setores democráticos da sociedade civil do mundo religioso jurídico intelectual e cultural do país Somos contra o impeachment porque sobre a presidenta Dilma Rousseff não paira nenhuma acusação ou suspeita de crime desonestidade ou ilegalidade Não há qualquer fato ou decisão da presidenta que possa ser considerado crime de responsabilidade E sem crime de responsabilidade não existe motivo para o impeachment Somos contra o impeachment porque pretendem afastar a presidenta Dilma para revogar as conquistas e os direitos do povo brasileiro para destruir e privatizar a Petrobras para submeter o Brasil aos interesses imperialistas Somos contrários ao impeachment porque sabemos das motivações criminosas do deputado Eduardo Cunha Dono de contas bancárias na Suíça onde estão depositados vários milhões de reais dinheiro de origem ilícita Cunha quer que a oposição o proteja da cassação em troca do que promete manipular o processo de impeachment e cassar o mandato legítimo da presidenta Dilma Entendemos que se trata de um verdadeiro que afronta a democracia a legalidade e a soberania do voto popular Os que pretendem substituir Dilma Rousseff devem disputar as próximas eleições presidenciais em 2018 É isto que pensam aqueles setores da oposição que também são contrários ao impeachment Queremos uma política econômica que retome e aprofunde o legado de conquistas sociais promova a retomada do desenvolvimento da distribuição de renda da geração de emprego e da inclusão social Este é um momento de unidade de todo o povo das forças democráticas progressistas na intransigente luta pelas conquistas democráticas Conclamamos a presidenta Dilma a convocar o povo brasileiro a defender seu mandato com este objetivo retomar o programa vitorioso nas eleições presidenciais de 2014 A decisão sobre o impeachment será tomada ao longo das próximas semanas pelo plenário da Câmara dos Deputados Para derrotar os golpistas apoiar os democratas convictos e convencer os indecisos a Frente Brasil Popular conclama cada brasileiro e cada brasileira a se engajar na jornada nacional de lutas Em defesa da democracia Não vai ter golpe Contra o golpe em defesa da democracia Fora Cunha Por uma nova política econômica São paulo 7 de dezembro de 2015 Coletivo nacional dos 66 movimentos populares pastorais e partidos politicos que conformam a FRENTE BRASIL POPULAR Do portal Vermelho Pátria Latina Veja também O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment Polícia Civil do DF desmente Revista VEJA Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com Nome Email Site Comentário Current ye r Leave this field empty TV Pátria Latina Putin explica como os Estados Unidos criaram o ISIS Últimas Notícias O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment Polícia Civil do DF desmente

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/contra-golpe-frente-brasil-popular-conclama-ato-para-dia-16/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive