archive-br.com » BR » P » PATRIALATINA.COM.BR

Total: 262

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • R$15.206,43: Sem trabalhar há 16 anos, mulher do tucano Marconi Perillo ganha aposentadoria - Patria Latina
    a Organização das Voluntárias de Goiás tem caráter social e sempre foi presidido por outras primeiras damas sem nenhuma remuneração MARCONI CRITICA APOSENTADORIA AOS 50 ANOS SÓ VALÉRIA PODE Via Goiás Real em 16 12 2015 Em entrevista recente o governador Marconi Perillo PSDB gabou se de ter coragem para enfrentar determinados desafios Um deles seria o de propor mudança nas regras de aposentadoria para os servidores públicos de Goiás O tucano afirmou que não concordava com uma pessoa aposentar se aos 45 ou 50 anos Ao comentar e defender a aposentadoria de sua mulher a primeira dama Valéria Perillo o governador mudou repentinamente de pensamento Eu acho que não é certo que uma pessoa que ganha um salário alto se aposente com 50 anos de idade com 45 anos de idade e vai levar essa aposentadoria por mais 40 anos para a frente questionou Marconi em coletiva de imprensa dia 30 de novembro Quem paga isso é o povo emendou Com a declaração Marconi chamava a atenção para a discussão de novas regras de aposentadoria que passaria a tramitar na Assembleia A mudança prevê que o funcionário que quiser se aposentar com salário integral terá de arcar com a contribuição complementar Ao comentar e reclamar da repercussão pela aposentadoria da primeira dama aprovada pelo TCE o governador mudou completamente de pensamento sobre o direito à aposentadoria Ela trabalha há mais de 35 anos Começou muito cedo a trabalhar requereu o pedido de aposentadoria porque já tem idade e tempo de serviço O engraçado é que eu nunca vi qualquer pessoa perguntar pela aposentadoria de um desembargador um juiz um promotor um delegado de Polícia um professor um procurador do Estado um fiscal É a primeira vez que vejo alguém suscitar um tipo de discussão como essa Será que minha mulher não tem direitos como os outros declarou o tucano Marconi disse que a mulher dele trabalha desde os 16 anos e que ela havia chegado a conclusão de que poderia se aposentar O governador ainda reclamou acreditem de sofrer discriminação Ela trabalhou o tempo inteiro Aliás ela começou a trabalhar no Bradesco com 16 anos de idade Ela chegou à conclusão de que tinha os requisitos para se aposentar entrou com pedido e é algo muito natural Agora será que todos vão perguntar por todas as aposentadorias que chegam ao Tribunal de Contas Ou será que é uma discriminação apenas pelo fato de ela ser minha esposa questionou Marconi Perillo é contra aposentadoria integral para servidores públicos que tenham entre 45 e 50 anos Avalia ser oneroso para o Estado bancar mais 30 40 anos de salários a essas pessoas A exceção para ele reside em sua própria casa sua mulher Valéria Perillo Mesmo sem exercer suas funções há quase três décadas ela sim merece a aposentadoria integral E quem questiona o faz por discriminação Sim esse é o mundo em que Marconi Perillo vive Pátria Latina Veja também Tucano Beto Richa demite 30 mil professores às vésperas do

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/r15-20643-sem-trabalhar-ha-16-anos-mulher-do-tucano-marconi-perillo-ganha-aposentadoria/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive


  • Ciro Gomes: "Temer é o homem do Cunha, e não o inverso" - Patria Latina
    fulano demitiu meu amigo foi ver não sei quem e não me levou E faz parte de um enredo golpista Surge exatamente na ocasião em que houve o golpe na formação da comissão do impeachment e faz parte da movimentação que destituiu Leonardo Picciani da liderança do PMDB na Câmara a quem Temer cita nominalmente na carta Quem vazou o texto para a mídia foi ele Leonel Brizola Em 1961 via rádio o então governador do RS garantiu a posse de João Goulart e adiou o golpe Reprodução CC Por que o impeachment deve ser tratado como um golpe CG O impeachment não é como o recall previsto na Constituição de alguns países como remédio para um governo ruim O Brasil não dispõe desse dispositivo Vivemos em um regime presidencialista que não permite a dissolução do Congresso e a convocação de novas eleições O impeachment é um julgamento político mas na sua origem é jurídico A peça contra Dilma é inepta pois escora se nas pedaladas fiscais Na medida em que o Congresso sancionou a nova meta de superávit esse argumento se perde A única possibilidade de se afastar um presidente da República é por crime de responsabilidade doloso e não há nenhum ato de Dilma que se enquadre nessa situação Além disso se pedalada for motivo Temer também precisa ser afastado pois assinou alguns desses decretos Aliás praticamente todos os governadores e prefeitos de capitais Outro absurdo é reavivar o voto secreto na Comissão Especial da Câmara algo que o Supremo Tribunal Federal certamente vai anular CC O STF vai realmente colocar um freio às manobras de Cunha CG Vai sem dúvida Não há a menor chance de uma comissão constituída para avaliar um impeachment ter qualquer votação secreta CC Como o senhor avalia o atual cenário político CG Muito ruim O povo acha o governo um desastre com boa dose de razão Espera mudança mas Brasília está mergulhada nessa crônica odienta golpista de delegacia de polícia Para o bem e para o mal estamos na mão do povo Se ele sair às ruas pelo impeachment Dilma está no chão Ela é uma mulher decente bem intencionada comprometida com o País Mas o governo precisa mudar A gestão da economia é ruinosa O balé que Dilma faz com chantagistas passa um sinal contraditório do compromisso real dela com a decência Durante 12 anos o povo viu sua vida melhorar estava seguro de que seria para sempre Mas agora vê tudo regredir o salário as políticas de proteção social os investimentos de infraestrutura os serviços públicos Temos uma epidemia de 1 7 mil casos de microcefalia e vemos o governo entregando 380 bilhões de reais para bancos mas alega estar sem dinheiro para combater o mosquito que transmite o vírus responsável pela doença CC Vende se o impeachment como a solução para esses males CG Sim mas em nenhuma hipótese a solução é um golpe Não vai resolver nada além de introduzir um elemento de instabilidade política que pode perdurar

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/ciro-gomes-temer-e-o-homem-do-cunha-e-nao-o-inverso/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Mídia esconde regressões na Argentina - Patria Latina
    ministro das Comunicações Oscar Aguad tem como missão enterrar a Ley de Medios aprovada pelo parlamento e sacramentada pela Suprema Corte Macri já foi apelidado de presidente do Clarín o império midiático da Argentina Uma semana após a posse do presidente do Clarín cerca de 15 mil argentinos já realizaram um ato em Buenos Aires contra o golpismo macrista e em defesa da democratização das comunicações Os manifestantes carregaram cartazes com os dizeres Na lei de meios não se toca Macri censura e nem decretos nem repressão Eles também protestaram contra a intenção do governo de extinguir o programa televisivo 678 na TV Pública uma das poucas vozes críticas da televisão argentina Nós lutamos contra Videla Jorge Videla o sanguinário ditador da argentina e vamos continuar lutando pela democracia afirmou Estela de Carloto líder do movimento Avós e Mães da Praça de Maio Repressão violenta aos trabalhadores No que se refere à proibição de piquetes o primeiro confronto já ocorreu Segundo a agência Reuters as forças de segurança argentinas enfrentaram trabalhadores que protestavam no acesso ao principal aeroporto do país nesta terça feira 21 depois do novo governo de Mauricio Macri ter advertido que não toleraria bloqueio de rodovias prática que costuma ser usada como forma de protesto A TV argentina mostrou embates violentos entre funcionários da empresa avícola Cresta Roja e os soldados que lançaram água e dispararam balas de borracha para dispersar os manifestantes Vários trabalhadores ficaram feridos Imagens de enfrentamentos entre forças de segurança e manifestantes haviam praticamente desaparecido nos últimos 12 anos durante os governos de Néstor Kirchner e Cristina Kirchner que haviam orientado policiais e soldados a não reprimir os protestos Golpe na Suprema Corte Já a imposição de dois juízes da Suprema Corte gerou críticas até entre apoiadores do novo ditador A Folha tucana que festejou a derrota do kirchnerismo relatou cautelosa Mauricio Macri já entrou em sua primeira polêmica ao nomear por decreto dois juízes da Suprema Corte O dispositivo embora previsto na Constituição foi usado uma única vez segundo disse à Folha o constitucionalista Daniel Sabsay professor da Universidade de Buenos Aires A iniciativa gerou rejeição no próprio bloco que apoiou a eleição de Macri entre juristas e na opinião pública A indicação de Horacio Rosatti e Carlos Rosencrantz para a Suprema Corte deveria por tradição ser aprovada por dois terços do Senado Mas o PRO sigla de Mauricio Macri não tem maioria na Casa que é hegemonizada por peronistas e kirchneristas É uma medida autoritária inédita na democracia e deve ser anulada protestou no Twitter o Nobel da Paz Adolfo Pérez Esquivel Apesar da postura autoritária a mídia venal da Argentina e também a do Brasil evita criticar o novo ditador Agora que Cristina Kirchner se foi não há mais crítica afirma a professora Libertad Mariana Strazzeri que condena a descarada campanha midiática em favor de Macri Macri faz xixi e a TN canal do Grupo Clarín diz que chove dizia um cartaz na manifestação em defesa da Ley de Medios

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/midia-esconde-regressoes-na-argentina/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Novo governo argentino tira do ar TV Senado daquele país - Patria Latina
    la casa cierra administrativamente El canal fue creado por Daniel Scioli durante su gestión como presidente de la Cámara y se basó en uno del mismo nombre que opera en el Senado de Brasil El canal emitía una programación variada que iba desde entrevistas a los legisladores hasta una tira semanal de cocina pasando por un noticiero central Suspensión de Senado TV en Argentina afecta al Parlatino La interrupción de la señal de Senado TV por orden del Gobierno de Mauricio Macri en Argentina lesiona un convenio con el Parlamento Latinoamericano Parlatino mediante el cual se creó Parlatino Web TV cuyo servidor se encuentra en la plataforma del canal sacado del aire Así lo denunció el diputado y expresidente del ente capítulo Venezuela Carolus Wimmer quien insistió en que la medida ordenada por el recién electo Presidente afecta a los 23 países integrantes del organismo Se hace necesario en realidad un pronunciamiento de las bancadas progresistas sobre el peligro que se cierne sobre el derecho a la información veraz y oportuna que tienen los pueblos de América Latina y el Caribe además es muy grave si la pretensión de la ultraderecha es cercenar el acceso a la comunicación indicó el diputado del Partido Comunista de Venezuela PCV Agregó que esto echaría por tierra años de trabajo y esfuerzos que se hicieron desde el Parlatino para democratizar el acceso a los medios y a la población a las sesiones del Parlamento por tanto lesiona el derecho a la información oportuna y veraz de los pueblos de América Latina y el Caribe destacó Wimmer Y es que en 2014 con ocasión de cumplirse el 50 aniversario del Parlatino se suscribió un Acuerdo Bilateral de Cooperación entre el Parlatino y el Congreso de la Nación Argentina en la que el Senado de ese país se comprometió a proveer herramienta y personal para la puesta en marcha implementación y consolidación de la primera etapa de la Red Latinoamericana de Comunicación Parlamentaria denominada Parlatino Web TV Para Wimmer sacar del aire a Senado TV constituye un retroceso pues el objetivo de la Red es permitir que los pueblos puedan ver qué hacen y cómo votan sus diputados en las distintas comisiones a fin de ejercer también la contraloría social necesaria sobre la actividad parlamentaria nacional e internacional de quienes los representan como legisladores dentro y fuera del país Se hace necesario en realidad un pronunciamiento de las bancadas progresistas sobre el peligro que se cierne sobre el derecho a la información veraz y oportuna que tienen los pueblos de América Latina y el Caribe además es muy grave si la pretensión de la ultraderecha es cercenar el acceso a la comunicación indicó el diputado del Partido Comunista de Venezuela PCV Añadió que parece que es un plan político internacional porque aquí en Venezuela lo primero que anunció la coalición derechista de la autoproclamada Mesa de la Unidad Democrática MUD fue la suspensión de ANTV televisora de la Asamblea Nacional cuando se instalaran como mayoría en

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/novo-governo-argentino-tira-do-ar-tv-senado-daquele-pais/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Congresso chileno aprova universidade gratuita - Patria Latina
    com a educação superior gratuita universal segundo as metas assumidas pelo atual Executivo Quando o mandato de Bachelet terminar em março de 2018 70 dos estudantes mais vulneráveis poderão estudar sem pagar O debate no Parlamento foi complexo e o Executivo teve de negociar com a oposição até o último minuto na quarta feira quando o Congresso aprovou a legislação Embora a medida rompa com o modelo de ensino vigente no Chile nos últimos 35 anos regido pelas leis do mercado foi finalmente aprovada por um amplo espectro do mapa político chileno Apesar das tentativas por parte da direita para impedir o avanço da gratuidade ganhamos uma batalha importante tuitou a deputada comunista Camila Vallejo ex líder do movimento estudantil que agora faz parte do Governo A lei que garante a universidade gratuita foi aprovada quatro dias antes da divulgação dos resultados do vestibular para o ensino superior no próximo domingo dia 27 e início do período de atribuição das vagas A medida vai beneficiar estudantes matriculados em qualquer uma das 25 universidades que pertencem ao Conselho de Reitores CRUCH que reúne as 16 universidades públicas e nove particulares de maior tradição no país Além das universidades os jovens estudam em institutos de profissionalização e centros de formação técnica todos gerenciados por entidades privadas Nesses centros estão matriculados estudantes dos segmentos mais pobres da população Embora a lei não inclua a gratuidade para essas instituições o Governo vai financiar alunos de 14 escolas técnicas através das bolsas Milênio Endividamento elevado O poder aquisitivo dos estudantes das universidades chilenas está entre os mais altos do mundo e o principal canal de financiamento é de fonte privada vem das próprias famílias Os níveis de endividamento são muito altos a qualidade da educação não é garantida e além de tudo o sacrifício não é recompensado no mercado de trabalho Até agora nenhuma universidade no Chile era gratuita O Estado financiava diretamente uma porcentagem muito baixa do orçamento das instituições de ensino superior incluindo as universidades controladas pelo Governo Tinham de se financiar como se fossem privadas destaca Ennio Vivaldi reitor da Universidade do Chile O Tesouro utilizava uma fórmula indireta liberava fundos através de bolsas de estudo e empréstimos aos estudantes independentemente de onde estudavam Um dos métodos mais usados era o Crédito com Aval do Estado CAE que em última análise é um empréstimo bancário Fonte El País Pátria Latina Veja também Governo chileno continua sem explicar supostos benefícios do Acordo Transpacífico Jovens anticapitalistas ganham eleições na única universidade jesuíta do Chile Um Chile em problemas com todos os vizinhos Chile reconhece que Pablo Neruda teria sido assassina Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com Nome Email Site Comentário Current ye r Leave this field empty TV Pátria Latina Putin explica como os Estados Unidos criaram o ISIS Últimas Notícias O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/congresso-chileno-aprova-universidade-gratuita/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Tucano Beto Richa demite 30 mil professores às vésperas do Natal - Patria Latina
    no início desta semana pela Paraná Pesquisas onde o tucano tem 71 de rejeição Estamos mobilizando a categoria PSS para não repor as aulas se não houver prorrogação Não vamos trabalhar sem contrato avisou o professor Eduardo Strada do Colégio Marcilio Dias município de Bandeirantes no Norte do Paraná De acordo com informações preliminares os atuais contratos PSS serão encerrados no dia 31 de dezembro os professores demitidos não serão aproveitados na reposição de 2016 O acerto rescisório deverá ser realizado em janeiro contemplando proporcional de 1 3 de férias e 13º salário Fonte Agência PT de Notícias Pátria Latina Veja também Dilma afirma ter coragem para enfrentar quem quer atropelar democracia R 15 206 43 Sem trabalhar há 16 anos mulher do tucano Marconi Perillo ganha aposentador A história do avô do rapaz que ofendeu Chico Aécio emprestou o helicóptero de Minas para Gilmar Mendes Comentários 2 opiniões sobre Tucano Beto Richa demite 30 mil professores às vésperas do Natal DINO DANTAS disse 24 de dezembro de 2015 às 04 25 xxxxxx Responder Marcos PintoBasto disse 27 de dezembro de 2015 às 23 13 grande pilantra esse Richa Responder Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com Nome Email Site Comentário Current ye r Leave this field empty TV Pátria Latina Putin explica como os Estados Unidos criaram o ISIS Últimas Notícias O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment Polícia Civil do DF desmente Revista VEJA Sim precisamos falar sobre capitalismo Ministério boliviano de Educação graduou mais de 37 mil professores Neta de Lula despreza a Globo Contra golpe Frente Brasil Popular conclama ato para dia 16 Dilma Vou lutar com toda força

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/tucano-beto-richa-demite-30-mil-professores-as-vesperas-do-natal/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Colômbia regulamenta uso medicinal de maconha - Patria Latina
    internacional em matéria de controle das drogas e muito menos da nossa política de luta contra o narcotráfico Santos destacou o fomento da produção de remédios elaborados a partir da cannabis como se faz com qualquer elemento natural que pode dar alívio a doenças e dor O presidente lembrou que muitos estados dos EUA e países como Canadá Holanda Argentina Peru e Chile já permitem o uso da maconha para efeitos medicinais Santos acrescentou que a fabricação exportação comércio e uso medicinal e científico deste e outros entorpecentes estavam permitidos há várias décadas na Colômbia mas não havia regulamentação O que buscamos é que os pacientes possam ter acesso a fármacos de produção nacional que sejam seguros de qualidade e acessíveis Esta também é uma oportunidade para incentivar a pesquisa científica no país disse Fonte Opera Mundi Pátria Latina Veja também FARC EP e governo colombiano assinarão acordo sobre Vítimas Em meio ao diálogo de paz indígenas da Colômbia têm direitos violados FARC EP denuncia postura do Governo de desacelerar processo de paz Presos políticos em mais de 10 penitenciárias colombianas entram em greve de fome Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com Nome Email Site Comentário Current ye r Leave this field empty TV Pátria Latina Putin explica como os Estados Unidos criaram o ISIS Últimas Notícias O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment Polícia Civil do DF desmente Revista VEJA Sim precisamos falar sobre capitalismo Ministério boliviano de Educação graduou mais de 37 mil professores Neta de Lula despreza a Globo Contra golpe Frente Brasil Popular conclama ato para dia 16 Dilma Vou lutar com toda força contra a interrupção

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/colombia-regulamenta-uso-medicinal-de-maconha/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Peru: Acordo Transpacífico impactará no preço dos medicamentos - Patria Latina
    projetos da Aislac não acredita quando Humala diz que o tratado comercial trará grandes benefícios para o setor de saúde Ao contrário o especialista considera que a assinatura do pacto é prejudicial para o Peru pois existe o risco de que as grandes indústrias farmacêuticas adquiram um maior monopólio ao ponto em que possam impor os preços dos medicamentos no mercado Para Llamoza seria muito grave para o Peru que as indústrias farmacêuticas formem grandes monopólios já que obrigaria a adquirir um produto somente em um determinado laboratório e ao preço que este o determine E os mais prejudicados sustenta Llamoza serão aqueles pacientes que necessitam terem acesso a medicamentos de alto custo como os que requerem as pessoas que padecem de câncer leucemia e outras patologias raras Por exemplo a fabricação de uma ampola de Trastuzumab que serve para o tratamento do câncer de mama custa em torno de 97 soles equivalente a US 30 Mas no mercado se vende a mesma ampola por mais de 5 500 soles E o tratamento completo necessita de uma média de 30 doses pelo qual o preço por paciente supera os 150 000 soles explica Llamoza às Noticias Aliadas Outra no entanto é a posição de Carlos Fernández Dávilla assessor jurídico da Associação Nacional de Laboratórios Farmacêuticos Alafarpe que agrupa empresas farmacêuticas estrangeiras Ele diz que os preços dos medicamentos no Peru não têm por que subirem Pelo contrario considerou que os custos deverão baixar porque o Tratado vai permitir o ingresso de novos fármacos no mercado Não é de todo certo isso de os preços dos medicamentos vão aumentar A dinâmica do mercado não se dita no Peru e sim no mercado internacional Por isso não é responsável que alguns setores façam predições cataclísmicas antes do tempo e sem nenhum argumento científico assinalou Fernández Dávila à Noticias Aliadas Segredo Para Fernández Dávila a discussão sobre um possível aumento dos medicamentos no Peru não passa de um tema intuitivo e até primitivo levando em conta que existem outros problemas chave para serem atacados Considera que o Estado deveria centrar seus esforços em alcançar o acesso de medicamentos a alguns setores isolados do país Ativistas denunciam no Peru impactos nocivos do TPP na saúde A primeira coisa que deveria fazer o Peru é atacar o verdadeiro problema da cobertura em saúde afirmou Somos um país em desenvolvimento médio que em termos relativos deveria ter acesso universal à saúde e não temos Ao contrário Somos o penúltimo país em nível de América Latina em investimento em saúde As gestões a respeito são simplesmente paupérrimas Outro tema questionado dentro do TPP é o ambiente de segredo com o qual se conduziu o processo de negociação Para Llamoza o Estado não realizou os esforços necessários para informar adequadamente a população A mensagem televisada do presidente Humala no início de outubro não foi suficiente para dissipar as dúvidas sobre as implicações do acordo A assinatura do documento final do TPP está prevista para 04 de fevereiro de

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/peru-acordo-transpacifico-impactara-no-preco-dos-medicamentos/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive