archive-br.com » BR » P » PATRIALATINA.COM.BR

Total: 262

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Ollanta Humala traiu projeto nacionalista, diz candidata de esquerda à Presidência do Peru - Patria Latina
    Ampla demonstrando que nos mantemos na mesma linha política Sua candidatura começa com apenas 2 das intenções de voto segundo recente pesquisa Keiko Fujimori tem 35 Como pensa reverter esta desvantagem A senhora Fujimori tem 8 ou 10 anos fazendo campanha e nós acabamos de começar Temos convicção de que podemos crescer porque ao lado do sentimento de resignação também existe um grande desejo de mudança Com base em propostas concretas podemos despertar novamente a esperança Temos consciência de que vai ser difícil o tempo está contra nós os meios de comunicação estão contra não temos os recursos materiais que os outros têm mas temos a vontade Vamos nos dirigir às pessoas cara a cara com propostas concretas e podemos olhar nos olhos das pessoas porque não temos rabo de palha como Keiko Fujimori que não consegue se desembaraçar da corrupção e das violações dos direitos humanos do nefasto regime fujimorista de seu pai como Alan García que indultou narcotraficantes às centenas como Kuczynski que é um lobista que sempre privilegiou os interesses de seus clientes e não o interesse nacional como Toledo que explica com meias verdades e mentiras inteiras o aumento de seu patrimônio pessoal Aprovados por esquerda e direita programas sociais não estão ameaçados pelo resultado das eleições argentinas avaliam analistas Análise a herança dos 12 anos de kirchnerismo na política econômica argentina Novo premiê do Canadá promete retirar caças da coalizão liderada pelos EUA contra Estado Islâmico PUBLICIDADE presidenciamx Flickr CC O presidente peruano Ollanta Humala governo Humala acabou sendo mais um dos seguidos governos neoliberais do país diz Verónika Quais são as propostas da Frente Ampla para mudar o atual modelo econômico neoliberal O Estado tem de recuperar sua capacidade de planificar o desenvolvimento em função do interesse nacional dialogando com os distintos setores Propomos recuperar os recursos naturais para que estejam a serviço do desenvolvimento nacional e não em função de critérios e interesses de empresas transnacionais como ocorre agora Há que diversificar a economia e potencializar outros setores econômicos para não depender do setor extrativista especialmente da mineração e dos hidrocarbonetos como acontece hoje Vamos mudar esta dependência com um Estado que identifique as potencialidades de cada território e promova outros setores produtivos com capacitação acesso a créditos promoção da pesquisa e inovação científica e tecnológica e agregar valor ao que temos A melhor maneira de distribuir renda é gerar emprego de qualidade e para tanto há que se potencializar distintos setores econômicos Por uma questão de princípios de dignidade nacional acreditamos que a atual Constituição tem de ser mudada uma vez que é fruto do golpe de 1992 do regime autoritário e arbitrário do fujimorismo Merecemos uma nova Constituição que seja fruto de um debate plural de um consenso nacional de um novo pacto social Se queremos evitar que o Estado continue sendo relegado a um papel meramente subsidiário se desejamos que volte a ter um papel mais proativo no desenvolvimento econômico nacional um papel de planificador e articulador devemos mudar a

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/ollanta-humala-traiu-projeto-nacionalista-diz-candidata-de-esquerda-a-presidencia-do-peru/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive


  • ONU: Apenas EUA e Israel votam contra fim do bloqueio a Cuba - Patria Latina
    e Israel votaram pelo fim do bloqueio da ilha Esta foi a 24ª votação consecutiva que a maioria dos países se pronunciou favorável ao projeto intitulado Necessidade de pôr fim ao bloqueio econômico comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos a Cuba Desde que Cuba e EUA iniciaram o processo de restabelecer relações diplomáticas e abriram novamente as embaixadas em 20 de julho foi a primeira vez que os países membros da ONU se pronunciaram A expectativa de muitos analistas políticos era que os Estados Unidos se abstivessem da votação porém Washington optou por manter seu voto favorável à ingerência Leia também Há 24 anos Cuba espera que todos os países repudiem o bloqueio na ONU Do Portal Vermelho com Telesur Pátria Latina Veja também Mídia esconde regressões na Argentina Novo governo argentino tira do ar TV Senado daquele país Congresso chileno aprova universidade gratuita Tucano Beto Richa demite 30 mil professores às vésperas do Natal Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com Nome Email Site Comentário Current ye r Leave this field empty TV Pátria Latina Putin explica como os Estados Unidos criaram o ISIS Últimas Notícias O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment Polícia Civil do DF desmente Revista VEJA Sim precisamos falar sobre capitalismo Ministério boliviano de Educação graduou mais de 37 mil professores Neta de Lula despreza a Globo Contra golpe Frente Brasil Popular conclama ato para dia 16 Dilma Vou lutar com toda força contra a interrupção do meu mandato Colunistas Adriano Benayon Perspectivas da Economia para 2016 Altamiro Borges ForaCunha Veja e Época discordam Careciane Almeida Queremos isso para o Brasil Cesar Fonseca Corrupção paralisa democracia

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/onu-apenas-eua-e-israel-votam-contra-fim-do-bloqueio-a-cuba/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Cuba recebe da Rússia empréstimo de US$ 1,3 bi para obras de termoelétrica - Patria Latina
    a economia do processo e temos toda a certeza de que o lado cubano poderá garantir o uso correto dos fundos russos acrescentou Também foi assinado um acordo de empréstimo para a modernização e desenvolvimento da usina metalúrgica José Martí conhecida como Antillana de Acero Os acordos assinados hoje representam um avanço significativo A Rússia participará da construção de quatro unidades de energia das usinas termoelétricas Maximo Gomez e East of Havana informou Rogózin ressaltando o consenso integral entre as partes A implementação desses projetos vai aumentar o potencial energético da ilha em 20 É uma grande oportunidade para reintroduzir tecnologias russas em Cuba arrematou o vice premiê Glonass Entre os planos russos em Cuba está a construção de estações de correção diferencial e monitoramento do sistema de navegação por satélite Glonass Os Estados Unidos não querem construir estações do Glonass em seu território mas a Cuba nos ajudará a melhorar a precisão do sinal do sistema de navegação adiantou Rogózin Os centros também permitirá aos especialistas russos observar asteroides e cometas que representem ameaça à Terra http gazetarussa com br politica 2015 10 26 pais empresta us 13 bi para obras de termoeletrica em cuba 533969 Pátria Latina Veja também A guerra invisível da diplomacia russa Um físico britânico desafiou o Talibã para educar jovens no Paquistão Crise geopolítica reaproxima Rússia e América Latina Muro de Hormigón Símbolo da divisão e do confronto na península coreana Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com Nome Email Site Comentário Current ye r Leave this field empty TV Pátria Latina Putin explica como os Estados Unidos criaram o ISIS Últimas Notícias O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/cuba-recebe-da-russia-emprestimo-de-us-13-bi-para-obras-de-termoeletrica/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Segundo turno indigesto na Argentina - Patria Latina
    sua votação e portanto não foi o voto útil o que impulsionou a subida de Macri Para completar o quadro embora houvesse divergências nas pesquisas várias davam oito pontos a favor de Anibal Fernandes quadro de combate da primeira linha do kirchnerismo para dar continuidade à já histórica direção da província de Buenos Aires pelo kirchnerismo Aqui a derrota eleição em um único turno foi mais dolorida ainda para uma jovem candidata do partido de Macri A derrota na província dirigida por Scioli que respondia por grande parte da sua popularidade nas pesquisas ao longo dos anos pode apontar para um governo com problemas mas também o candidato kirchnerista suscita rejeições Mas é uma derrota grave qualquer que seja o resultado do segundo turno nacional e mesmo para este um ponto de apoio forte para Macri No interior também houve outras derrotas dos candidatos ligados a presidenta Cristina consolidando um quadro político de fortalecimento da direita argentina em suas várias facções É cedo ainda para uma análise mais de fundo dos fatores desse surpreendente resultado mas se pode prever que a projeção para o segundo turno muda Antes ainda que Scioli não ganhasse no primeiro turno sairia como favorito para o segundo Partiria de uma boa diferença em relação a Macri fator que desapareceu Em segundo lugar os votos de Massa sendo ele peronista não se transfeririam com facilidade para Macri Agora porém com o novo clima político é preciso ver como isso se dará A oposição sai muito animada para derrotar o kirchnerismo pode favorecer um apoio aberto ou implícito de Massa a Macri Por outro lado podem começar cedo os acertos de conta dentro da candidatura de Scioli Ele nunca contou com a simpatia da esquerda do kirchnerismo em especial do seu setor mais dinâmico o camporismo dirigido por Massimo o filho de Cristina Outros dirigentes tampouco o viam com bons olhos considerando o um oportunista que tomaria caminhos distintos depois da vitória A derrota de Anibal Fernandes na província de Buenos Aires também pode fortalecer suspeitas de que adeptos de Scioli não fizeram campanha por ele para não ter no segundo cargo mais importante da nação um kirchnerista fiel além do vice presidente da República O ânimo da militância kirchnerista também vai ficar muito afetado desconcertado com um resultado para o qual não estavam preparados A conhecida tendência dos hermanos de passar da euforia à depressão pode ter um efeito negativo ainda mais que são apenas quatro semanas até o segundo turno em 22 de novembro tempo curto para curar feridas e recobrar ânimos Um balanço mais preciso necessita esperar os resultados deste que é o mês mais nervoso e tenso da história argentina recente Pátria Latina Veja também A restauração conservadora na Argentina Os desafios do Podemos nas eleições espanholas Deputados apontam golpe na instalação de comissão do impeachment Ocupação da Palestina por Israel é condenada na ONU Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/segundo-turno-indigesto-na-argentina/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • "Sem o Irã não é possível uma solução razoável para a Síria" - Patria Latina
    Kerry para discutir também temas como o acordo nuclear alcançado com Teerã no passado mês de julho Kerry por seu turno reuniu se ainda com os seus homólogos russo saudita e turco Hoje juntar se ão à mesa das negociações representantes diplomáticos vindos do Reino Unido do Egito de França da Alemanha da Itália do Líbano da União Europeia e de alguns Estados árabes A única solução para encontrar um fim para a crise síria é sentar à mesa o maior número possível de participantes Ao fazer isso a abertura de negociações mesmo que seja apenas um princípio é uma coisa boa disse ontem à AFP um diplomata europeu O ministro dos Negócios Estrangeiros alemão minimizou ontem as expectativas de um acordo na reunião internacional que se realiza hoje em Viena sobre o conflito na Síria Amanhã não haverá ainda um avanço declarou ontem Frank Walter Steinmeier http portuguese irib ir index php noticias iran1 item 228895 sem o ira nao e possivel uma solucao razoavel para a siria Pátria Latina Veja também Síria destroça o sonho do Pentágono Conversa a portas fechadas entre Pútin e Kerry durou mais de três horas Especialista Ocidente está se rendendo às posições de Bashar Assad contra o terrorism Síria A vontade persistente de vencer o terrorismo Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com Nome Email Site Comentário Current ye r Leave this field empty TV Pátria Latina Putin explica como os Estados Unidos criaram o ISIS Últimas Notícias O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não há margem para dúvidas em decisão do STF sobre impeachment Polícia Civil do DF desmente Revista VEJA Sim precisamos falar sobre capitalismo Ministério boliviano de Educação graduou mais de 37

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/sem-o-ira-nao-e-possivel-uma-solucao-razoavel-para-a-siria/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Paul Craig Roberts: EUA criou Estado Islâmico para destruir Síria - Patria Latina
    o Iraque peça apoio militar à Rússia a exemplo da Síria isso naturalmente excluirá os EUA da operação Portanto na sua opinião Washington está simplesmente tentando dizer Escutem nós vamos cuidar mais seriamente do EI no Iraque É muito difícil de fazer com que EUA se oponham ao EI já que os EUA criaram o EI e tentam usá lo contra Assad Mas eu acredito que a política da Rússia na Síria obrigará os EUA a se opor ao seu próprio pessoal o EI E caso os EUA não se oponham ao EI no Iraque de forma mais decisiva então haverá chance de o Iraque pedir à Rússia para fazê lo concluiu o ex assessor de Reagan No início desta semana o chefe da Comissão do Parlamento iraquiano para a Segurança Nacional e Defesa informou à agência de notícias Fars que Bagdá deu luz verde a Moscou para realizar ataques aéreos contra EI no Iraque pelo fato de a operação russa na Síria ter provocado o deslocamento dos terroristas do grupo para o território iraquiano Ainda nesta quarta feira 28 o governo do Iraque declarou que não precisa de operações terrestres das tropas norte americanas em seu território e que não solicitou a sua realização junto às autoridades dos EUA Fonte Sputnik Pátria Latina Veja também Síria destroça o sonho do Pentágono Conversa a portas fechadas entre Pútin e Kerry durou mais de três horas Especialista Ocidente está se rendendo às posições de Bashar Assad contra o terrorism Síria A vontade persistente de vencer o terrorismo Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com Nome Email Site Comentário Current ye r Leave this field empty TV Pátria Latina Putin explica como os Estados Unidos criaram o ISIS Últimas Notícias

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/paul-craig-roberts-eua-criou-estado-islamico-para-destruir-siria/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • Aviões de guerra israelense bombardeia a Faixa de Gaza - Patria Latina
    oficiales gazatíes El ejército israelí lanza con frecuencia ataques aéreos contra la Franja de Gaza bajo el pretexto de que desde este lugar lanzan cohetes a los territorios palestinos que mantiene bajo ocupación A principios de octubre una mujer embarazada y su hija de dos años perdieron la vida en un bombardeo de la aviación del régimen israelí contra su casa ubicada en la parte sureña del enclave costero Desde 2007 el régimen israelí mantiene un bloqueo contra la Franja de Gaza impidiendo a los ciudadanos de esta región ejercer sus principales derechos entre ellos al trabajo la salud la educación y la libertad de circulación La situación económica del territorio cercado se ha deteriorado El Fondo Monetario Internacional FMI informó en enero que la ofensiva del régimen israelí contra Franja de Gaza entre julio y agosto de 2014 hizo que la economía palestina cayera en recesión por primera vez desde 2006 Niños asesinados durante la masacre israelí contra Gaza en 2014 Como consecuencia de los 51 días de ataques militares contra la Franja de Gaza más de dos mil palestinos perdieron la vida y otros 11 000 resultaron heridos Además unas 108 000 casas fueron destruidas Hispan TV Pátria Latina Veja também Síria destroça o sonho do Pentágono Conversa a portas fechadas entre Pútin e Kerry durou mais de três horas Especialista Ocidente está se rendendo às posições de Bashar Assad contra o terrorism Síria A vontade persistente de vencer o terrorismo Comentários Deixe uma resposta Cancelar resposta O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com Nome Email Site Comentário Current ye r Leave this field empty TV Pátria Latina Putin explica como os Estados Unidos criaram o ISIS Últimas Notícias O crime de racismo na TAM Parlamento ucraniano aprova orçamento polêmico Lewandowski não

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/avioes-de-guerra-israelense-bombardeia-a-faixa-de-gaza/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive

  • A ditadura internacional dos EUA: - Patria Latina
    de Cuba de traçar o próprio caminho na direção de alcançar os próprios ideais cubanos de igualdade e justiça 2 comentário em tudo semelhante ao de Nasrallah para quem Washington não admite que o Irã seja país livre e independente que comanda e controla a própria economia e preserva a dignidade do próprio povo e pune países que buscam ser independentes e fortes IMAGEM Ana Montes Prisioneira de consciência da qual você nunca ouviu falar e para cuja libertação a ONG Anistia Internacional jamais moveu uma palha Montes lutou sem sucesso para compreender por que Washington continuava a ditar como os cubanos deveriam eleger os próprios governantes quem poderia e quem não poderia governar os cubanos e que leis seriam mais apropriados para os cubanos em sua própria terra assim como muitos sírios devem estar lutando para compreender a insistência de Washington para que o presidente que os sírios elegeram saia do governo por que os EUA tanto insistem em ditar aos sírios quem devem eleger e como devem ser eleitos e principalmente quem os sírios não podem eleger de modo algum Por que Montes indagou não podemos deixar que Cuba siga a própria jornada exatamente como os EUA vimos fazendo já há dois séculos E por que Washington não pode deixar Síria e Irã viverem como prefiram Pela análise de Nasrallah essa resposta é clara Nem a Síria nem o Irã como tampouco Cuba podem controlar as respectivas economias por que isso conflita com aspirações da elite oligárquica empresarial que é quem não os cidadãos nem os eleitores nem sequer os eleitos domina a política nos EUA Indignada ante a total ausência de tolerância e compreensão em Washington quanto aos modos e vias que outros escolham para si Montes fez o que lhe ordenou sua consciência e forneceu a autoridades cubanas a inteligência reunida em plataformas de escutas clandestinas que espiões norte americanos haviam implantado em Cuba para dificultar ainda mais o exercício legítimo da autodeterminação dos cubanos Por esse seu trabalho para impedir que se consumassem uma injustiça e um crime a Dra Montes foi condenada a quase 25 anos de prisão por espionagem Foi chamada de a mais importante espiã de que vocês jamais ouviram falar 3 mas está também entre as mais importantes prisioneiras de consciência em todo o mundo mas com a qual a Anistia Internacional nunca se preocupou É mais um caso da lista enorme de casos em que o imperialismo dos EUA agiu com violência mas cuja vítima as muito falhadas e comprometidas ONGs de direitos humanos não ajudaram nem jamais ajudarão Mais uma prática infame dessas ONGs dentre muitas outras que se podem listar como Ter criticado Wikleaks por vazar segredos dos EUA 4 Ter propagandeado sem qualquer evidência ou prova que o Irã teria um programa de armas nucleares 5 Ter feito sumir no relatório que a ONG Anistia Internacional publicou sobre o sistema de saúde pública em ruínas da Coreia do Norte as sanções que os EUA impuseram e mantêm contra a Coreia do Norte o mais amplo e longevo programa de guerra econômica jamais imposto em toda a história da humanidade Em vez de apontar causas reais e demonstráveis a ONG Anistia Internacional atribuiu as dificuldades que a saúde pública enfrenta na Coreia do Norte a decisões tomadas por Piongueangue praticamente o mesmo que atribuir a morte de incontáveis crianças iraquianas durante os anos 1990s a Saddam Hussein não ao regime de sanções imposto pelos EUA 6 Ter nomeado a funcionária do Departamento de Estado dos EUA Suzanne Nossel para o cargo de diretora executiva da Anistia Internacional EUA Nossel apoiou a ilegal invasão dos EUA ao Iraque além de também ter apoiado opção militar para coagir o Irã a desistir de seu pleno direito nos termos da lei internacional de processar urânio para finalidades pacíficas 7 Ter sempre limitado suas denúncias e diagnósticos no caso de agressões militares cometidas pelos EUA à questão de se as agressões respeitaram regras da guerra nunca de se configuraram violação da lei internacional 8 A ONG Anistia Internacional prioriza o conceito de jus in bello justiça dos atos pelos critérios da guerra e jamais considera ou reconhece o conceito de jus ad bellum justiça das causas da guerra Com essa estratégia golpe a ONG livra se de ter de denunciar todos os mais terríveis crimes cometidos por EUA e aliados porque as guerras de Washington e de seus subalternos quase invariavelmente agridem todas as linhas e alíneas de qualquer padrão de jus ad bellum Ter exigido embargo internacional de armas para o governo sírio mas não para os terroristas aliados dos EUA que continuam a receber armas dos EUA e aliados dentro os quais a Arábia Saudita abominação universal em matéria de direitos humanos 9 Apesar de a Anistia Internacional ter criticado o dossiê de atentados contra direitos humanos na África do Sul do apartheid foi a única ONG dentre todas as organizações de direitos humanos que jamais denunciou o próprio apartheid 10 A ONG também se recusou a condenar o bombardeio pela OTAN em 1999 contra a Iugoslávia 11 apesar de ter sido ato de predação imperial que renegou todos os direitos de muitos iugoslavos inocentes à vida à segurança da pessoa e ao trabalho A Anistia Internacional costuma justificar sua omissão pelo argumento de que não é organização antiguerra Como se guerra e direitos humanos não andassem sempre tão íntima e desgraçadamente intrincados Mas o mais importante serviço que a ONG Anistia Internacional jamais prestou à propaganda da política externa dos EUA aconteceu em 1991 quando a ONG emitiu um relatório sobre o andamento da Guerra do Golfo no qual disseram que soldados iraquianos teriam arrancado bebês kuwaitianos de incubadoras Foi mentira cerebrada pela filha do embaixador do Kuwait nos EUA e divulgada pela empresa Hill Knowlton de Relações Públicas que havia sido contratada para lançar campanha de propaganda que galvanizasse o apoio da opinião pública a uma guerra dos EUA contra o Iraque Quando o presidente George H W

    Original URL path: http://www.patrialatina.com.br/a-ditadura-internacional-dos-eua/ (2015-12-28)
    Open archived version from archive