archive-br.com » BR » R » REVISTAGOOUTSIDE.COM.BR

Total: 854

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    04 05 11 Treino Nocauteador Dê um gás no seu treino com o BOXE Continuar lendo BOXE TREINAMENTO Publicidade Vídeos Surf na água fria Uma session geladaça em uma das regiões mais ao norte do planeta Publicidade Fotos Existe vida

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/tag.php?tag=BOXE (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    futuros participantes meu namorado jura que o que não posso contar é por que passei o dia inteiro fazendo sexo tântrico grupal Não foi o caso existe este tipo de treinamento mas de qualquer maneira não vou narrar aqui o que rolou naquela dependência apenas dar algumas pistas e afirmar que sim eu vi a porca torcer o rabo pra muitos participantes Pra começar nenhuma das vítimas em momento algum é tratada pelo nome Somos todos um número eu era o 15 e assim seríamos até o fim Mais ou menos a metade das atividades nos leva a sensações e emoções boas com direito a apelações do tipo uma gravação da voz do Ayrton Senna de fundo falando sobre a persistência e a outra metade a sensações ruins raiva submissão ansiedade pressão psicológica arrependimento vingança e por ai vai Parte do sucesso dos resultados vem do poder de convencimento dos facilitadores principalmente dos idealizadores do programa Orlando Pavani Júnior Márcia Colombani Pavani esposa dele e Denise Pavani Scucuglia irmã dele O trio merece um Oscar pela atuação Em nenhum momento você se dá conta que eles estão representando Eles choram olhando nos seus olhos se descabelam de forma ensandecida encarnam o Capitão Nascimento num piscar de olhos E os participantes como patinhos acreditam em tudo As dinâmicas também acontecem em uma sequência que as tornam convincentes Uma é interligada à outra e você segue acreditando que tudo é real por exemplo depois de tantas punições como não acreditar que o não cumprimento da tarefa faria você excluir do treinamento um companheiro seu mesmo que este tivesse feito a parte dele É o suficiente para causar pânico generalizado por causa da responsabilidade Cerca de 3 800 pessoas já passaram pelas mãos dos Pavani e apenas 1 abandonou o barco e eu tive a sorte de assistir a uma dessas desistências exatamente nesta prova Pra agarrar no calcanhar de Aquiles das pessoas os facilitadores se valem principalmente de três questionários preenchidos pelos participantes na semana anterior ao evento no dia tais informações um resumo de quem e como você é ficam de forma codificada no seu crachá a Janela de Johari criada por dois psicólogos e que explicita como as pessoas se relacionam com as outras o Egograma criado por um psiquiatra para analisar o ego e um questionário sobre religião mortes na família virtudes falhas e outras particularidades O que eu senti sob tamanha pressão Bem acho que eu sou mais impermeável do que imaginava Juro que fui honesta nos questionários mas na hora da berlinda não chorei nem uma única vez muito menos desmaiei vomitei gaguejei como vi muitos fazerem ou sai da sala correndo gritando e xingando pra nunca mais voltar como o desistente citado acima Confesso que tive vontade de dar risada em algumas situações mas as colegas sentadas ao me lado choravam tão copiosamente que eu em solidariedade também fiz cara de desesperada Não sei o que aconteceu Acho que não tirei a roupa de repórter Ou

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/3144-cara-a-tapa (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    69 Cara a tapa Você encara 16 horas do Olho de Tigre Continuar lendo MOTIVACIONAL OLHO DE TIGRE PSICOLÓGICO TREINAMENTO Publicidade Vídeos Surf na água fria Uma session geladaça em uma das regiões mais ao norte do planeta Publicidade Fotos

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/tag.php?tag=MOTIVACIONAL (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    Atletas convidados a fazer parte de sua equipe a TBB são alertados de que ele é mau caráter Eu fico com os rejeitados aqueles que estão desesperados diz dramaticamente Outros não se aproximam de mim pois sou manchado Obviamente atletas como Chrissie o aceitaram como ele é Tudo o que eu posso fazer é seguir o que vi e o relacionamento que estabeleci com ele num curto espaço de tempo ela me disse nas Filipinas Eu não vi nada que me causasse qualquer preocupação O que eles têm em troca é um nível de conhecimento que levará alguns ao topo Por esta razão Brett não tem carência de candidatos e tende a recusar atletas pelo menos duas vezes antes de aceitar treiná los Ele quase sempre recusa norte americanos que considera moles Na manhã seguinte à minha primeira conversa com Brett ele me dá uma carona em sua minivan para uma sessão de natação às 7 da manhã numa piscina comunitária Doze triatletas sonolentos estão sentados embaixo de uma palmeira esperando ansiosamente a abertura do portão entre eles Chrissie e Reto Hug um suíço com participação em duas Olimpíadas Alguns dos atletas estão longe do campo agora mas a equipe completa tem apenas 18 pessoas Brett prefere não trabalhar com muita gente ao mesmo tempo uma raridade nos tempos de treinamento via internet Eu sei que poderia treinar cem pessoas e ganhar mais dinheiro mas não tem a ver comigo Treinamento é algo sagrado para mim Durante a sessão de 90 minutos eles nadarão o equivalente a 4 8 quilômetros intervalados o primeiro dia de três sessões Nas próximas horas eu presenciaria poucas demonstrações do lado duro de Brett Um dos triatletas tem uma garrafa d água na borda e começa a dar goles entre os intervalos O treinador vê a cena e arremessa a garrafa por sobre uma cerca Eu nunca vi um ponto de água durante a natação no Ironman grita se você vencer um campeonato mundial aí sim poderá trazer sua bebida Entretanto seus momentos Bobby Knight treinador norte americano de basquete famoso pelos ataques de ira são poucos e o que mais chama a atenção é a habilidade de Brett de enxergar profundamente o ser humano Ele examina cada atleta e determina instruções individuais e pessoais como se estivesse criando os planos naquele exato momento Greg Bennett a quem Brett transformou de profissional mediano a estrela no final dos anos 90 me contou a respeito do olhar de Brett Ele aprendeu como ler animais fatigados disse então quando está treinando gente não são na verdade outro tipo de animal Bennett também comentou que essa capacidade permite a Brett levar os atletas ao limite mas nunca além Houve semanas e meses em que eu me esforçava mais e durante mais tempo do que eu poderia imaginar Você começa um treino pensando não há a menor chance de eu conseguir fazer o que ele pretende que eu faça Mesmo assim entra dia sai dia o corpo responde Na piscina naquela manhã Chrissie pratica sua natação com Bella Comerford uma escocesa de 31 anos Ela e Bella demonstram os tipos contrastantes que Brett procura em seus atletas Elas têm diferentes níveis de habilidades naturais mas ambas têm uma ética de trabalho estrita Chrissie que chegou a Brett após competir como amadora durante três anos era o tipo de talento inato que poderia passar despercebido para outros treinadores Mas ela tem talentos genéticos incríveis Brett diz que ela tem pedigree assim precisa de poucos meses de treino para estar em forma Bella ao contrário vence pelo trabalho duro Um cavalo de carga segundo Brett Mesmo que ela não vença no Havaí nas séries de provas que são o arroz com feijão do triathlon ela é uma estrela Na primeira metade de 2008 ela venceu o Ironman da África do Sul e o de Lanzarote este último disputado naquele que é considerado o percurso mais duro do esporte Nós a chamamos de pequena nazista diz Brett Bella é minha soldado campeã SUBIC BAY FICA A APROXIMADAMENTE 4 horas de carro a noroeste de Manila Desde que a Marinha abandonou em 1992 o governo local vem tentando transformar a área em um destino de turismo Atualmente sua maior parte é uma cidade fantasma parcialmente desenvolvida com vários cassinos e hotéis incluindo o Grand Seasons onde Brett e vários dos atletas se hospedam Eu observei a equipe treinar durante três dias Dizem as más línguas que Brett dirige uma academia de torturas há contos de atletas fazendo tiros usando roupas de neoprene e pedaladas de 9 horas Esse tipo de coisa pode acontecer mas o que eu vejo é muito simples A equipe nada durante uma hora e meia por dia pedala duas mais ou menos e corre mais de uma hora Um dia de treinamento de 5 horas com um ocasional dia de descanso é o padrão A parte difícil mesmo é fazer isso semana após semana Belinda Granger australiana de 37 anos veterana do triathlon que vem trabalhando com Brett nos últimos dois anos me conta que quando um novo atleta começa o programa o volume básico pode ser um choque Eles vão para trás antes de ir para frente ela diz Se não é longo deve ser duro é a piada de Brett a respeito dos treinos sublinhando sua crença no treinamento intervalado repetições de esforços em ritmo alto intercaladas com recuperações curtas Daí existem os infames dias negros de Brett a quarta feira negra por exemplo onde ele designa uma sucessão praticamente infinita de intervalos Durante uma sessão a equipe nada o equivalente a 10 quilômetros 100 metros cem vezes Contaram me de outro desafio no qual a equipe corre 56 quilômetros sob um calor de 38 C O que me fascina em Brett é essa ênfase no lado mental diz Chrissie O valor da quarta feira negra diz é o endurecimento psicológico Para que isso funcione os atletas têm que confiar completamente em Brett Ele exige e recebe

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/3162-salvador-ou-carrasco (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    parceiro de equipe Neil Jones ficou com o 3o lugar O segredo Menos equipamentos e mais água na mochila Outra que já chegou aclimatada ao Brasil foi a neozelandesa Robyn Benicasa ela correu em setembro uma prova de ciclismo de mais de 800 quilômetros no vale da Morte região de clima desértico na Califórnia Foram 33 horas de pedal ininterrupto com uma elevação de 11 mil metros Uma loucura descreveu Robyn Quem estava longe do calor como o neozelandês Ian Edmond e a brasileira residente na Nova Zelândia Nora Audrá ambos da equipe Sole teve que usar a criatividade O casal chegou a treinar dentro da sauna dedurou a companheira de equipe Karen Lundgren A Selva aproveitando os conhecimentos técnicos do navegador Caco que além de corredor e treinador é também doutor em fisiologia do exercício embarcou antes para o Ceará Vamos chegar cinco dias antes e treinar leve nos horários mais quentes Estudos mostram que isso é suficiente para o metabolismo se adaptar ao novo ambiente revelou Caco Camelando no nordeste Trechos longos calor infernal e pouca ou nenhuma água pelo caminho Pensando nisso teve equipe que treinou carregando mais líquidos na mochila do que o normal Queremos sempre ter uma margem maior de água para cada trecho Corremos quatro horas e meia com bastante água nas costas para simular o que teremos que fazer na prova contou a kalunguete Camila Já Shubi Guimarães da Motorola SOS Mata Atlântica revelou uma tática para encontrar água no sertão usada pela equipe para conquistar a vitória no Brasil Wild Extreme em abril Nesse tipo de local o povo tem o costume de captar água da chuva Todo ranchinho tem um tipo de calha na telha ou no pé de bananeira que escorre até uma cuia no chão contou O calor também pode trazer problemas de pele ocasionados por fungos então muitas equipes apostavam na adaptação das roupas para o clima Usaremos peças mais largas de cor clara e com costuras para o lado de fora para evitar o atrito com a pele e areia juntos contou Sarhan que desenvolve roupas esportivas No lugar das tradicionais camisetas de manga longa sob o colete de provas apenas manguitos Beduínos do nordeste Saber caminhar nas dunas também será um fator de distanciamento entre as equipes Eu particularmente andaria descalço e só usaria papete ou sandália se a areia estivesse muito quente confessou em sigilo Tiago Valois depois de fazer o mapeamento da prova A idéia de Tiago nem de longe passava pela cabeça dos atletas A principal preocupação deles era como manter a areia fina longe dos pés em imensidões de areia como a dos Lençóis Maranhenses possível ponto de passagem da prova As equipes internacionais como Merrell Orion Health e a Castilla y León és Vida partiram para o Nordeste com bons tênis e polainas para serem fixadas neles diminuindo a entrada de areia A Nike cogitava a idéia de usar uma espécie de capa de lycra por fora do tênis Mas a

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/3179-o-plano-perfeito (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    ALASCA CORRIDA DE AVENTURA JAY PETERVARY 20 03 13 Notícias Ande ou voe O X Alps completa uma década e se intitula como a corrida de aventura mais difícil do planeta Continuar lendo CORRIDA DE AVENTURA WORLD S TOUGHEST ADVENTURE RACE X ALPS 20 02 13 Notícias Desafio Aysén O fotógrafo Alírio de Castro registra as paisagens alucinantes do Desafio Aysén corrida de aventura casca grossa que rolou no Chile Continuar lendo ALÍRIO DE CASTRO CHILE CORRIDA DE AVENTURA DESAFIO AYSÉN FOTOS 28 05 12 Fotos Desafio divino O fotógrafo Alexandre Socci registra as paisagens alucinantes da Orion Health GODzone Adventure que rolou em abril na Nova Zelândia Continuar lendo ALEXANDRE SOCCI CORRIDA DE AVENTURA NOVA ZELÂNDIA ORION HEALTH GODZONE ADVENTURE 24 05 12 Fotos Elemento X Barbara Bomfim a única integrante brasileira da equipe espanhola campeã do Ecomotion Pro 2012 conta como foi a competição Continuar lendo BARBARA BOMFIM CORRIDA DE AVENTURA ECOMOTION PRO 17 05 12 Notícias Ecomotion Pro 2012 Confira algumas imagens da nona edição do Ecomotion Pro a maior corrida de aventura do Brasil Continuar lendo CORRIDA DE AVENTURA ECOMOTION PRO FOTOS 15 05 12 Fotos Ecomotion Pro últimas notícias As equipes seguem em ritmo forte e o esforço é para passar o dark zone que promete esquentar o Ecomotion Pro Continuar lendo CORRIDA DE AVENTURA DARK ZONE ECOMOTION PRO 15 05 12 Notícias ECOMOTION PRO Perdidos na serra do Paranã O segundo dia do Ecomotion 2012 foi marcado por um trekking de cmoplicado que deixou as equipes perdidas Continuar lendo CORRIDA DE AVENTURA ECOMOTION PRO SERRA DO PARANÃ 11 05 12 Notícias Ecomotion Pro 2012 está chegando Vai começar o Ecomotion Pro e a Go Outside acompanhará de perto a maior corrida de aventura do Brasil Continuar lendo BRASIL CORRIDA DE AVENTURA ECOMOTION PRO 20

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/tag.php?tag=CORRIDA%20DE%20AVENTURA (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    treinador devem estar em contato constante mesmo que virtualmente Lance e Dean possuíam a motivação e a determinação Coube a mim como couch descobrir como ativar isso Qual a próxima fronteira no treinamento A individualização de todos os aspectos que influenciam o desempenho como roupas biomecânica nutrição Alguns ciclistas apresentam um melhor desempenho numa cadência mais alta outros não Alguns atletas podem ingerir maior quantidade de carboidratos sem ter desconforto estomacal outros não conseguem Lance Armstrong por exemplo tinha uma curvatura na coluna que atrapalhava sua aerodinâmica Quando percebemos isso desenvolvemos um capacete que faz o ar passar por cima dessa corcunda melhorando o tempo dele nos contra relógios PEDALA CHRIS O norte americano na frente à esquerda dando um rolê com bikers brasileiros em trilhas perto da rodovia dos Bandeirantes em São Paulo Qual distância você acha que um corredor como Dean Karnazes pode chegar a percorrer Sem parar Duzentos quilômetros Dean é sensacional Ele não tem um organismo excepcionalmente dotado seus níveis de Vo2 máximo capacidade de absorver oxigênio são até baixos para um atleta Mas a biomecânica dele é perfeita Ele corre essas distâncias inacreditáveis há anos e nunca teve uma lesão sequer O que faz com que o homem baixe cada vez mais os recordes O desejo de fazer algo que ninguém tenha feito com certeza E daqui a 100 anos essa vontade será a mesma O treinamento continuará a ser melhorado a nutrição e a tecnologia também Atletas vão exigir cada vez mais dos seus corpos e recordes serão quebrados A tecnologia tem um papel importantíssimo nisso Usando os testes em túnel de vento descobrimos que 100 gramas de arrasto ou resistência aerodinâmica representam 15 watts a mais que o ciclista tem que produzir para pedalar a 40 km h Num pedal de 40 quilômetros isso pode representar uma economia de 20 segundos Ferramentas como o túnel de vento o medidor de potência os testes fisiológicos e as câmeras hiperbáricas que simulam altitude trarão ganhos cada vez maiores de performance Você acha que passar por problemas graves como o câncer enfrentado por Lance Armstrong faz um atleta ficar mais forte Quando Lance melhorou e voltou a competir profissionalmente acho que pensou Vou viver cada dia no seu máximo porque talvez este pode ser o meu último Nós todos vivemos com a expectativa que estaremos vivos amanhã na próxima semana e nos próximos anos Mas alguém que lutou contra o câncer compreende que não há garantia do amanhã Portanto quando supera o trauma decide viver cada dia na sua plenitude Isso é o que o guia Um programa de treinamento deve ter metas específicas ou existe espaço para imprevistos O planejamento do treinamento é feito em blocos de mais ou menos dois meses Nos treinos do Lance por exemplo em março e abril buscávamos trabalhar certo tipo de energia Em maio e junho buscávamos bater metas específicas e alcançar o pico indo para o Tour de France Programamos o treinamento mas temos de ser rápidos para

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/3217-o-especialista (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    69 O especialista Chris Carmichael é homem que mais entende de treinamento esportivo no mundo Continuar lendo CHRIS CARMICHAEL ESPECIALISTA TREINAMENTO Publicidade Vídeos Surf na água fria Uma session geladaça em uma das regiões mais ao norte do planeta Publicidade

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/tag.php?tag=CHRIS%20CARMICHAEL (2015-10-13)
    Open archived version from archive