archive-br.com » BR » R » REVISTAGOOUTSIDE.COM.BR

Total: 854

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    latas velhas Continuar lendo JASON DALEY RALLY PARIS DAKAR SAARA SID HORMAN 31 12 69 Notícias Capitães de areia Um encontro de etnias mercadorias e de aventuras nos confins do Saara Continuar lendo ÁFRICA DESTINOS SAARA VIAGEM 31 12 69 Viagem Escalda pés as temperaturas escaldantes e as incríveis paisagens da ultramaratona Sahara Race Continuar lendo BELEZAS NATURAIS CORRIDA SAARA SAHARA RACE Publicidade Vídeos Surf na água fria Uma session

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/tag.php?tag=SAARA (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    do rio estiver muito baixo talvez você tenha que fazer uma aportagem num trecho particularmente estreito do abismo Esta é uma viagem de exploração então esteja preparado para atrasos e mudanças de planos Agência Bio Bio Expeditions www bbxrafting com Quando ir outubro ARGENTINA AVENTURA EM BARILOCHE Dificuldade fácil Preço US 1 348 aéreo e terrestre Se no inverno a neve é o atrativo para milhares de turistas no verão Bariloche torna se um parque de diversões para a prática de todas as atividades ao ar livre trekking escalada passeios de mountain bike rafting pesca e muito mais Isso sem contar a gastronomia da região que com certeza vai deixar saudades Essa viagem de sete dias é um convite a sentir o ar fresco da Patagônia integrando se plenamente à sua paisagem diversão alegria esportes adrenalina paz e descanso merecido Dica de viagem prepare se para desfrutar de um autêntico assado patagônico depois do rafting pelo rio Manso até a fronteira com o Chile Agência Landscape Agência de Viagens e Turismo www lanscape com br Quando ir no verão ARGETINA TREKKING NO FITZ ROY E GLACIAR PERITO MORENO Dificuldade fácil Preço US 1 430 aéreo e terrestre Nesse trekking você vai conhecer o Parque Nacional Los Glaciares se impressionar com o majestoso Monte Fitz Roy com 3 405 metros de altura um dos picos da América do Sul mais procurados por escaladores do mundo todo e conhecer o imponente Glaciar Perito Moreno que tem sua origem no gelo continental patagônico Tudo isso em meio a cadeias deslumbrantes de montanhas nevadas lagos azuis e fauna exótica em uma das regiões mais isoladas e mais preservadas do mundo Dica de viagem Grandes icebergs que se desprendem do glaciar e caem no canal Los Tempanos O barulho causado pelas colisões é uma experiência única Agência Landscape Agência de Viagens e Turismo www lanscape com br Quando ir no verão CHILE DESERTO DO ATACAMA Dificuldade moderado Preço US 2 784 aéreo e terrestre O Deserto do Atacama no Chile é o mais seco do mundo tendo 90 de seus dias ensolarados Nesse trekking você explora o Vale de la Luna e a Quebrada Del Diablo duas ascensões com desnível de 2 500 metros de altura Mesmo no verão a temperatura varia muito chegando a 22 C durante o dia e 4 C à noite Então não esqueça de levar um bom agasalho Lá você ficará hospedado na Estância Explora localizado em Ayllu de Larache próximo a San Pedro de Atacama São 50 quartos de luxo todos com hidromassagem e vistas espetaculares decorados com móveis de vime e madeira desenhados especialmente para o hotel As diferentes atividades que oferece para seus hóspedes como caminhadas cavalgadas excursões em bicicleta e subida aos vulcões lhe rendeream o prêmio de Melhor Hotel do Chile atribuído pela edição espanhola da prestigiada revista americana de viagens Travel Leisure Dica de viagem Espere e aproveite o pôr do sol na Cordilheira de la Sal Agência Interpoint Viagens e Turismo www interpoint com br Quando ir julho a dezembro CARIBE E AMÉRICA CENTRAL PANAMÁ CAIAQUE NAS ILHAS SAN BLAS PARAÍSO As ilhas San Blas no Panamá são perfeitas para serem exploradas com caiaques Dificuldade fácil Preço US 3 190 não inclui passagens Em 2001 Olaf Malver o fundador da agência de viagem Explorers Corner remou com sua família em caiaques a uma parte remota das ilhas San Blas distante alguns quilômetros da costa norte do Panamá onde ele encontrou o chefe da trio indígena Kuna Yala e pediu permissão para explorar Ele não só concordou o pedido como convidou Malver para retornar com amigos Nessa viagem de dez dias acompanhado por dois guias Kuna Yala você irá remar de 90 a 130 quilômetros ao longo da costa de uma das mais remotas ilhas do Caribe acampar em praias virgens visitar a comunidade Kuna Yala conhecida por seus trabalhos com tapeçaria e explorar florestas repletas de orquídeas Dica de viagem não toque nos cocos A permissão é somente para visitar Agência Explorers Corner www explorerscorner com Combine com Olaf o local exato onde vocês se encontrarão na Cidade do Panamá Quando ir dezembro e janeiro BELIZE CRUZEIRO DE AVENTURA Dificuldade fácil Preço US 2 095 a 2 395 não inclui passagens Passe oito dias a bordo de um iate de luxo com quatro cabines explorando pequenas baías que grandes navios não conseguem chegar perto Um naturalista abordo apontará os ninhos das tartarugas marinhas e os peixes bois marinhos enquanto você cruza o Caribe em direção à cidade de Belize na costa norte da América Central fazendo fronteira com o México ao norte Guatemala ao sul e o mar do Caribe a leste Você irá fazer um safári noturno a pé até o rio Sitte visitar vilas Garifunas como são chamados os afro caribenhos cavernas Maias e sítios arqueológicos e remar em caiaques com o fundo de acrílico sobre a segunda maior barreira de corais do mundo Dica de viagem não perca as ruínas maias de Altun Ha ao norte da Cidade de Belize Agência AdventureSmith Explorations www adventuresmithexplorations com Combine com Todd Smith o local exato onde vocês se encontrarão na Cidade de Belize Quando ir de dezembro a abril quando não chove COSTA RICA AVENTURA EM GRUPO NA PENÍNSULA OSA Dificuldade moderada Preço a partir de US 2 230 não inclui passagens Com 25 parques nacionais 1 311 quilômetros de costa e milhares de espécies de animais selvagens a Costa Rica é um paraíso para naturalistas biólogos e aventureiros Nessa viagem de nove dias pela Península Osa a Wildland Adventures levará seu grupo ao longo da costa oeste do país Lá sua turma poderá mergulhar com snorkel pelos recifes da ilha de Caño no Oceano Pacífico fazer rafting nas corredeiras nível IV do rio Pacure remar com caiaques por rios que cortam florestas fazer body board em Guanacaste e visitar inúmeros points de surf Todos os dias você terá o prazer de descansar a carcaça nas dependências de luxuosos resorts de praia Dica de viagem a península Osa é a última grande floresta tropical da América Central lar de 2 da biodiversidade da Terra Agência Wildland Adventures www wildland com Quando ir o ano todo AMÉRICA DO NORTE MÉXICO SURF MERGULHO E RELAX NA BAJA CALIFORNIA SUL Dificuldade fácil Preço quartos duplos a partir de US 575 A brisa sedosa do mar de Cortez promete derreter qualquer alma gelada que decidir se aventurar nessa luxuosa propriedade a 6 5 quilômetros do Cabo de San Lucas ao norte da costa oeste do México e extremo sul da Califórnia Fincado nas costas de Punta Ballena um ponto de observação de baleias Esperanza é um resort de 56 casitas e suítes cor de areia com terraços com vista panorâmica para duas plácidas baías Após a ioga ou pilates matinal aumente seus batimentos cardíacos nas quadras de tênis ou na trilha de três quilômetros rodeada por cactos e depois se refresque na piscina com fundo infinito que se confunde com o mar O staff do resort pode arranjar viagens a picos próximos para a prática de mergulho surf e vela Dica de viagem vá de caiaque até a baía de Santa Maria para mergulhar entre inúmeros peixes tropicais Agência o melhor a se fazer é entrar em contato direto com o resort www esperanzaresort com e perguntar pelos pacotes especiais Mas o faça com antecedência O hotel está sempre cheio Quando ir o ano todo CANADÁ EXPLORANDO NEWFOUNDLAND Dificuldade fácil Preço US 3 164 aéreo e terrestre Neste roteiro você descobrirá as belezas de Newfoundland ou Terra Nova uma magnífica ilha nas águas frias do Atlântico Norte Seus habitantes são inconfundíveis donos de uma simpatia e humor que contrastam com a severidade de sua vasta e despovoada terra a população descende em sua maioria dos colonizadores do sudoeste da Inglaterra e do sul da Irlanda que imigraram para lá no fim do século 18 e início do século 19 O Parque Nacional de Gros Morne tombado pela Unesco é um dos pontos altos desta viagem Combina fiordes abrigados pela Baía Bonne florestas e montanhas espetaculares Alguns dizem que este é o mais belo cenário do leste canadense A viagem também inclui um passeio pelo litoral rochoso de Newfoundland passando pelo Vale Codroy e Stephenville tida como uma das maiores bases militares americanas até chegar a Corner Brook a maior cidade da costa oeste Dica de viagem brasileiros que viajam para o Canadá necessitam de passaporte válido por no mínimo seis meses e visto Agência Landscape Agência de Viagens e Turismo www lanscape com br Quando ir de junho a setembro ESTADOS UNIDOS EXPEDIÇÃO NO YELLOWSTONE Dificuldade desafiante Preço US 800 por pessoa terrestre A Yellowstone Expedition é o único serviço de guias que oferece viagens de esqui fora de pista no parque nacional mais antigo dos Estados Unidos Fundada em 1983 pelo geologista Arden Bailey que ainda continua na ativa como guia principal a empresa não oferece serviços luxuosos O roteiro de quatro dias cobre investidas de 9 a 16 quilômetros diários de esqui e trekking com sapatos de neve em território remotos cheios de lobos e ursos grisalhos Você vai se exercitar muito e quase congelar mas toda noite são três em vez de ficar congelando em cavernas você será trazido de volta ao acampamento de cabanas por uma van dos anos 80 convertida em carro de neve com aquelas rodas de tanque de guerra no lugar dos pneus de trás e esquis nos da frente Lá os guias já terão preparado a sauna os aperitivos e aberto uma caixa de vinho Dica de viagem você está em território selvagem portanto as coisas podem ficar perigosas Agência Yellowstone Expeditions www yellowstoneexpeditions com Quando ir de outubro a maio ESTADOS UNIDOS AVENTURA EM KAUAI HAVAÍ Dificuldade desafiante Preço a partir de US 2 848 em quarto duplo todas as refeições incluídas mas sem as passagens Apesar da origem do nome Kauai ser confusa alguns especulam que signifique período de abundância A ilha mais antiga do arquipélago havaiano tem quilômetros de costa íngreme contornada por florestas colinas escarpadas cobertas por plantações de café abóboras e abacaxis e a mais alta taxa pluviométrica do planeta O pacote de seis dias da Austin Lehman inclui de uma dura caminhada até a cachoeira Hanakapiai com uma queda de 60 metros de altura na costa de Na Pali até um downhill de mountain bike vertiginoso de 20 quilômetros do Cânion de Waimea até o Pacífico num desnível de 1 000 metros As acomodações são no Kauai Marriott Resort Beach Club com jardins tropicais uma piscina em forma de hibisco de 2 400 metros quadrados e um spa Dica de viagem leve a prancha pois o resort dá acesso à praia de Kalapaki própria pro surf Agência Austin Lehman Adventures www austinlehman com Quando ir as viagens começam em 25 de dezembro desse ano e 1 de janeiro de 2006 EUROPA PORTUGAL CAIAQUE NO RIO DOURO AI JESUS As calmas águas do rio Douro proporcionam uma ótima maneira de conhecer Portugal Dificuldade fácil Preço US 3 590 não inclui passagens Nessa viagem de 11 dias pelas águas plácidas do rio Douro você remará de três a cinco horas diariamente com caminhadas à tarde pelos terraços dourados a beira d água Parte se da Quinta das Aveleiras e chega se ao Peso da Régua percorrendo a fértil região norte de Portugal repleta de vinhedos No outono setembro época da colheita da uva mova se com lentidão precisa para saborear a feijoada e os vinhos cor de rubi pernoitando em casas grandes e quintas do século 18 revestidas de azulejos azuis Dica de viagem em alguns trechos do rio dá para se pegar as uvas sem precisar descer do caiaque Agência Explorers Corner www explorerscorner com Quando ir junho e setembro SUÉCIA ESQUI NA TRILHA DO REI Dificuldade desafiante Preço US 2 295 não inclui passagens Se enfie de cabeça mas não esqueça o gorro nesse desafio de ski cross country um dos destinos eleitos pela Outside americana como Viagem do Ano de 2005 A Kungsladen ou Trilha do Rei que liga os parques nacionais de Abisko e Sarek acima do círculo ártico é o crème de la crème das trilhas cobertas por neve da Suécia Durante sete desafiantes dias você vai deslizar pelos 93 quilômetros de trilha entre a cadeia de montanhas Kebnekaise com mais curtição do que sofrimento No terceiro dia a equipe de apoio que usa um trenó puxado por cães estará à sua espera em uma cabana rústica com um banquete de steaks de rena e batatas Depois de bufar na subida dos 1 150 metros do monte Tjaktja Pass no sexto dia deslize para o vale Tjaktjavagge parando apenas para dar uma enganada na cabana da montanha Salka Se o cross country não te interessa você pode explorar o Kungsladen a pé durante o verão e subir até o topo da mais alta montanha da Suécia o Kebnekaise com 2 122 metros de altura de onde se avista até a Noruega Dica de viagem Fique esperto com os snowmobiles Eles são parte essencial do transporte na Lapônia e podem romper bem mais do que o seu merecido sossego Agência KE Adventure Travel www keadventure com Quando ir fevereiro a abril SUÍÇA HELI SKI NOS ALPES SUÍÇOS Dificuldade desafiante Preço US 7 900 não inclui passagens O SwisSkiSafari Ultimate Journey segue um padrão de aventura de viagens que focam o heli ski mas conta com a suntuosidade européia São quatro dias e cinco noites de pura adrenalina e muito conforto pelos 1 061 quilômetros de extensão dos picos que rodeiam a Suíça país que se gaba de ter mais helicópteros per capita do que qualquer outra nação A viagem que transporta os esquiadores para os mais luxuosos resorts em helicópteros fretados B3 e Bell 407 começa em Verbier 160 quilômetros ao leste de Genebra e depois parte para Zermatt e Saas Fee sempre na direção leste fazendo paradas entre um pico e outro dependendo de onde a neve estiver melhor De Genebra você vai ter que pegar aqueles famosos trens pontuais eles param dentro do aeroporto para uma viagem de duas horas e meia até Verbier onde o grupo se encontrará www sbb ch en Dica de viagem Despencar 1 500 metros a 2 200 metros montanha abaixo todos os dias te dará câimbras mas retornar toda noite para o quarto de um resort suíço megaluxuoso com direito a banho de ofurô e massagens vai acabar rapidinho com a sua dor Agência SwisSkiSafari www swisskisafari com Quando ir para 2006 as viagens estão marcadas para 19 a 23 de março 26 a 30 março e 1 a 5 de abril ASIA ÍNDIA RAJASTÃO A CAVALO Dificuldade extremo Preço US 4 800 não inclui passagens Quando a primeira expedição Relief Riders Alívio dos Cavaleiros do produtor de cinema Alexander Souri adentrou trotando uma remota vila indiana em outubro de 2004 com uma caravana de nove cavalos Marwari quatro camelos de carga cinqüenta cabras e 15 pessoas causou grande alvoroço Virou manchete de primeira página pela Índia toda conta Alexander 35 anos cuja viagem inaugural entregou mantimentos como antibióticos e colírios para cinco vilas no noroeste indiano e ainda trouxe médicos para atendimento imediato à população Viajantes cascas grossas podem se juntar à próxima expedição por uma jornada de 15 dias pelo deserto de Thar Você irá montar em Mukandgarh a aproximadamente seis horas de Nova Déli cavalgar 32 quilômetros por dia e acampar ou ficar hospedado em fortes de 400 anos na rota para Jaipur Dica de viagem Três a quatro horas por dia é muito tempo em cima de uma sela Tenha certeza que suas habilidades e suas costas agüentam o tranco Agência Relief Riders International www reliefridersinternational com Quando ir fevereiro e outubro TIBETE EXPLORAÇÃO FOTOGRÁFICA Dificuldade desafiante Preço US 4 695 não inclui passagens Penhascos de pedra calcária vermelha observam placidamente a superfície azul safira do lago Nam Tsho onde peregrinos tibetanos reúnem se na margem cheia de aves Qualquer amador pode produzir imagens estonteantes lá mas você terá a ajuda do expert Bill Chapman cujo livro fotográfico The Face of Tibet A Face do Tibete tem prefácio escrito pelo próprio Dalai Lama Começando na capital Lhasa a aventura de 15 dias vai te levar a um trekking desafiante sobre o Kong La Pass montanha de 5 150 metros Dica de viagem Você vai chapar nos acampamentos nômades no caminho para as competições de montaria e coloridas performances de dança no Festival de Cavalos de Nagchu Agência Myths Mountains www mythsandmountains com Quando ir agosto LAOS CAIAQUE MOUNTAIN BIKE E TREKKING Dificuldade fácil Preço Não existe um pacote fechado com hotel para de viagens de aventura no país A dica é se hospedar no Lao Spirit Eco Resort www tigertrail laos com em Lang Prabang a diária para o casal custa US 59 e contatar agências locais de eco turismo Espremido entre a Tailândia o Vietnã e o Camboja a República Democrática do Laos ainda mantém exotismo capaz de torná la sem exageros um dos pontos altos de viagens ao Sudeste Asiático Monges com vestimentas cor de açafrão vastos arrozais e o sincretismo entre a arquitetura francesa e as construções tradicionais criam um cenário único ainda praticamente intocado Com terreno montanhoso oferece pouco espaço para uma agricultura mais moderna mas um ótimo pico para a prática de mountain bike e trekking A cidade de Luang Prabang a 140 km da capital é o melhor lugar para se hospedar Considerada Patrimônio Cultural da Humanidade a cidade de 16 mil habitantes ostentou até 1975 o título de capital real Hoje ainda conserva 32 dos 66 templos existentes antes da colonização francesa Fica situada entre os rios Mekong e Khan Dica de viagem O Laos não mantém embaixada no Brasil o que torna complicada a obtenção do visto obrigatório antes da partida Quem preferir chegar com a garantia da entrada pode tentar obter o visto através de agências de turismo Como

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/3529-role-5-estrelas (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    Os tamanduás e os lobos guará são mais difíceis é preciso uma certa dose de paciência para diferenciá los no meio da vegetação do cerrado mas é provável que sejam encontrados ao longo da estrada que leva até a Casca D Anta parte alta Mas se você não quiser muito esforço o mais certo é ficar esperando na portaria de São Roque por volta das 19 horas quando alguns lobos guará vêm atrás de comida O horário de visitação do parque é das 8h às 18h e paga se uma pequena taxa de R 3 para entrar Existem quatro portarias a principal é a de São Roque que chega à parte alta do parque onde fica a nascente do São Francisco a cachoeira do Rolinho 300 metros e as primeiras quedas d água da Casca D anta cartão postal da Canastra A entrada para a parte baixa fica na cidade de Vargem Bonita Existe uma trilha que liga a parte alta à parte baixa da cachoeira A entrada via São João Batista é pouco freqüentada mas vale a pena visitar a cidade pois ela esconde cachoeiras encantadoras A entrada por Sacramento é mais utilizada por aqueles que vêm de Delfinópolis e pretendem fazer a travessia do parque de carro São 95 km de estrada de terra que atravessam o parque de Sacramento até São Roque de Minas Fique esperto pois não existe restaurante ou lanchonete dentro da área do parque De abril a outubro é a melhor época para ir à Serra O céu é sempre azul e há pouca possibilidade de chuva No verão chove praticamente todas as tardes É aconselhável se informar quanto à condição das estradas e contratar um guia local para quem não conhece as trilhas é fácil A gastronomia mineira é um capítulo à parte um festival de sabores para os corpos castigados pelas andanças Se você prefere sossego evite os feriados pois o parque costuma ficar cheio Caso não tenha outra chance a não ser nos feriados a melhor opção é conhecer os atrativos fora da área do parque que não deixam nada a dever DICAS BIKE O Professor Marcos Silveira é o canal para quem quiser fazer as melhores pedaladas pela região já que conhece a Canastra como a palma da mão São mais de 15 anos de pedal pelas trilhas locais Antes de ingressar no mundo das duas rodas ele foi professor de História e Geografia e por isso conhece bem mais que só os caminhos da Canastra Silveira tem um bom faro para previsão do tempo e aponta nomes de plantas e suas aplicações medicinais com exatidão A Multibike agência de Marcos organiza pedaladas de até vários dias e pode dar ótimas dicas para quem quiser pedalar por conta 16 3913 4505 ou www jet com br multibike PASSEIO A maior e mais conhecida gruta da Canastra a gruta do Tesouro fica numa fazenda a 18 quilômetros de São Roque de Minas próximo ao distrito de Sobradinho Tem belas formações de

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/3540-canastrices (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    esnobes Além disso quando você está na estrada suando mais do que uma top model num rodízio é impossível parecer altivo PARADA ESTRATÉGICA No banheiro de um café Dálmata lambuzou se com a pomada de vaselina e ao retornar já se perdera do grupo Sem problemas Ele libertou sua bike do poste em que estava presa e seguiu as direções de um mapa impresso dado por Jean Louis ou J Lo como o grupo começou a chamá lo já que ele não fazia idéia de quem é a cantora americana Jennifer Lopez A primeira pedalada atravessava florestas verdes oliveiras e uma plantação de maçãs até o primeiro hotel em St Rémy Haveriam muitas paradas durante o trajeto incluindo um almoço no Oustalet Maïanen em Maillane o qual como a maioria dos locais onde nos fartaríamos durante toda a semana é um dos restaurantes premiados da bíblia da cozinha francesa o guia Michelin Enquanto o Dálmata passava por Boulbon ele tentava calcular 200 metros a distância até a primeira curva desenhada no mapa Aparentemente seu odômetro estava desregulado porque ele logo se viu pedalando no acostamento de uma via de tráfego pesado que os guias tinham pedido para evitar Nem deu tempo de fazer a volta e J Lo e Libby apareceram em sua van branca da B R para socorrê lo O Dálmata teve que esperar até o jantar de confraternização no fim da semana para entender o por quê deles estarem rindo Agora na rota certa o Dálmata pegou o ritmo e um desvio para St Michel de Frigolet um mosteiro construído a mais de mil anos Pelo resto do dia ele foi mais esperto e não saiu de perto do Furacão Toscano um ortodontista californiano e sua esposa educadora Relâmpago Inglês um casal que parecia entender de navegação Nosso hotel um estabelecimento novo chamado Atelier de l Image era um lugar superlativo para matar o tempo até o jantar Dálmata relaxou seus músculos moídos numa banheira de água quente com espuma branca e sais de flor de laranja imaginando se como um suculento prato principal marinado numa enorme porcelana para sopa Embora ele achasse que seu treino para a viagem fosse suficiente tênis cavalgadas e uma hora de ergométrica por dia sua bunda dizia que ele devia ter levado a sério a sugestão do pessoal da B R de pedalar 30 quilômetros duas vezes por semana durante dois meses BATERIAS RECARREGADAS Na manhã seguinte depois de presunto omelete de queijo de cabra e croissants para começar o dia encontramos todas as bikes alinhadas no jardim com um embrulho de alumínio nos bancos contendo nacos de chocolate As caramanholas estavam cheias d água com fatias de limão Como seria comprovado mais tarde o Dálmata precisaria de cada caloria do doce e de cada gota da bebida para enfrentar o passeio da tarde que era curto mas muito puxado Pedalamos três quilômetros ociosos até St Paul de Mausolée um manicômio onde Van Gogh se internou em 1889 no ano mais

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/3558-umas-garrafas-de-vinho-e-eu- (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    da Toscana A arte de fazer os melhores vinhos na Itália Continuar lendo GORÓ ITÁLIA TOSCANA TURISMO VINHO 31 12 69 Notícias Rehab na vinícola Dicas e informações sobre os vinhos orgânicos e biodinâmicos Continuar lendo BIODINÂMICOS ORGÂNICOS SUSTENTABILIDADE VINHO 31 12 69 Notícias Umas garrafas de vinho e eu É possível unir prazer extremo e aventura numa mesma viagem Sim Continuar lendo AVENTURA DESTINOS FRANÇA GORÓ VIAGEM VINHO 24

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/tag.php?tag=VINHO (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    toda a Baía da Guanabara o Corcovado a Pedra da Gávea e o Pão de Açúcar Um pouco mais à frente através de uma trilha secundária chega se ao ponto conhecido como Portais de Hércules onde se descortinam os picos que explicam o nome da cadeia de montanhas Pontiagudos e dispostos paralelamente o Dedo de Deus o Dedo de Nossa Senhora o Cabeça de Peixe o Santo Antônio o São João o Verruga do Frade o Agulha do Diabo e o Garrafão parecem mesmo os majestosos tubos de um órgão de igreja Do Açu até o Sinos a coisa fica mais amena mas nem tanto o sobe e desce é constante E como ninguém é de ferro nada melhor do que uma bela descida da Pedra dos Sinos até Teresópolis onde termina a travessia Também é possível fazer o caminho inverso começando por Teresópolis e chegando em Petrópolis DEDO DE DEUS VIsto da Pedra dos Sinos VALE DAS ANTAS É nesse vale que a galera que faz a travessia em mais de um dia costuma acampar Não há nenhuma estrutura além de um belo gramado para esticar as pernas comer um pouco e tomar um cafezinho para aquecer o corpo Bem próximo da Pedra dos Sinos em direção a Teresópolis você encontra um refúgio uma estrutura para dormir e comer com um pouco mais de conforto IMPERDÍVEL Suba também a Pedra dos Sinos Não é uma escalada mas um belo trekking em rocha Prepare seus olhos para uma vista maravilhosa O QUE LEVAR Para fazer a travessia em um dia prepare se para no mínimo 10 horas de caminhada pesada Em sua mochila básica Helena leva kit de emergência com lanterna pilha reserva cobertor de emergência canivete medicamentos apito capa de chuva e corta vento Nunca se esqueça da água sanduíche frutas secas e frescas biscoito carboidrato em gel ou barra Já para fazer a travessia em dois ou três dias a bagagem tem de ser mais detalhada e pesadinha Além da mochila com o equipamento básico leve barraca saco de dormir isolante térmico fogareiro panelas talheres copos isqueiro comidas práticas bebidas quentes como café e chá papel higiênico sacos plásticos para levar o lixo e roupas para frio À noite a temperatura baixa muito previne Helena Um tênis especial para trilhas é fundamental pois você não quer que uma bolha chata atrapalhe sua caminhada não é verdade PARA INICIANTES Para pessoas que vão fazer a travessia pela primeira vez é ideal começá la por Teresópolis pois próximo ao portão de entrada há um refúgio com local para dormir e comer Não se esqueça de reservar antes É bom para a pessoa se acostumar com o clima ver o que realmente precisa levar para uma próxima vez poder acampar Além disso é mais próxima à Pedra dos Sinos Um bastão de caminhada também é recomendável pois o início da trilha é bem acidentado COMO CHEGAR Do centro de Petrópolis de carro vá pela Estrada União Indústria até o distrito de

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/3568-trekking-imperial (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    riscando uma superfície ainda intocada naquela temporada Mas as dores em músculos das pernas que só utilizamos no esqui e no snowboard denunciava tinha sido real Fomos fazer esse heli ski com um operador canadense chamado TLH através da operadora brasileira especializada em atividades ao ar livre a Landscape A TLH tem completamente mapeados nada menos do que x mil acres de terreno esquiável em aproximadamente y montanhas que distam um raio de z quilômetros do hotel Ou seja se estiver nevando constantemente o que é normal no inverno canadense as chances de se esquiar em uma neve não virgem é muito remota Mas acontece Esportes ao ar livre nos trazem o prazer espiritual máximo da integração do homem com a natureza mas nos deixam expostos a nossa real condição de simples personagens daquele cenário e não de agente transformador dele como estamos acostumados a ser em nossa sociedade Um surfista pode investir todas as suas economias para uma viagem à Indonésia chegar lá e o mar estar igual ou pior ao do seu quintal de sua casa um experiente escalador de alta montanha pode se preparar física e tecnicamente por um ano ou mais para atingir o cume do Everest e ao chegar lá a montanha simplesmente não permitir sua aproximação espantando o com tempestades de neve um esquiador pode ir para a montanha de maior média de acumulação anual de polegadas de neve e não encontrar neve suficiente ou boa para se esquiar Geralmente com toda a tecnologia hoje à disposição do homem já é possível prever e evitar uma série destes inconvenientes mas algumas vezes também somos surpreendidos Ainda bem ENLATADOS Brasileiros e italianos apertados mas felizes MAIS UMA VEZ JONNY GRITAVA PARA QUE ENTRÁSSEMOS NO HELICÓPTERO Já estávamos no segundo dia e como em qualquer viagem maravilhosa mesmo ainda em seu início já fazíamos sofrendo a contagem regressiva Neste dia descobrimos que o maior perigo do heli skiing não é ser soterrado por uma avalanche como se imagina mas ser esmagados por fogo amigo Explico vocês já devem ter visto fotos se não há uma nessa matéria que ilustra bem o que digo de um grupo de pessoas agachadas abraçadas com o helicóptero bem acima delas soprando alucinadamente neve de suas hélices Ficamos nessas frágeis situações todas as vezes que o helicóptero pousa e decola das montanhas para que o embarque e desembarque da aeronave seja mais rápido e teoricamente seguro para os passageiros minimizando o risco de sermos degolados urgh na aproximação ou decolagem daquela máquina Apesar de teoricamente seguro vai lá ficar agachado umas 70 vezes em uma semana esperando aquelas toneladas de aço pousarem a centímetros de seu corpo balançando como um terremoto metálico e vê se não te ocorre que o piloto pode errar um pouquinho a mira e te esmagar Mesmo com sua voz estridente o berro do Jonny já soava como música pros nossos ouvidos Neste terceiro dia nossa chata rotina diária subir no helicóptero às 09 00 da manhã

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/3599-do-mar-ao-ceu (2015-10-13)
    Open archived version from archive

  • Go Outside.com.br - Revista Go Outside : A maior revista de esportes ao ar livre e comportamento ativo do planeta.
    dias entre amigos montanhas e melhores corredores de aventura é Cruce de los Andes Continuar lendo CACO ALZUGARAY CORRIDA CRUCE DE LOS ANDES ZÉ CAPUTO 31 12 69 Notícias Do mar ao céu Uma viagem em amigos e quem disse que a vida não pode ser perfeita Continuar lendo AMIGOS CACO ALZUGARAY HELI SKIING NEVE SILRKLIN RANGE VIAGEM Publicidade Vídeos Surf na água fria Uma session geladaça em uma das

    Original URL path: http://revistagooutside.com.br/tag.php?tag=CACO%20ALZUGARAY (2015-10-13)
    Open archived version from archive